Loading
 
 
 
Loading
 
Voluntários realizam a colheita anual no Horto das Oliveiras em Jerusalém
Loading
 
25 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Jerusalém - Israel (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) O Horto das Oliveiras, ou o Jardim do Getsemani, é um dos Santos Lugares mais visitados de Jerusalém e dos mais recordados ao redor do mundo. O lugar onde Cristo orou durante sua agonia ao preparar-se para seu sacrifício na Cruz conserva sua identidade com o cultivo das oliveiras e os frutos deste horto continuam sendo colhidos. Neste ano, no dia 15 de outubro um grupo de 60 voluntários de várias idades e nacionalidades fez a colheita anual.

Sob o comando do Frei Diego, membro da Ordem Franciscana que custodia os Santos Lugares, e depois de recitarem uma oração pela paz, os voluntários realizaram a colheita manual nas árvores ligadas às que acolheram a presença do Senhor. Estudos realizados com as plantas identificaram três exemplares que datam dos séculos XII e XIII, dos quais ainda se comprovou que provêm da mesma planta mãe. Este encontro ratifica a possibilidade de que as plantas continuem sendo parentes das que habitaram no lugar nos tempos de Cristo.

Em quatro horas de trabalho, segundo informou o Patriarcado latino de Jerusalém, se coletaram 10 sacos de azeitona, as quais foram enviadas à Latroun. Neste lugar serão submetidas à pressão para extrair azeite que será usado pelas comunidades religiosas da Terra Santa. Os azeites obtidos destas plantas são abençoados e enviados a paróquias e mosteiros ao redor do mundo.

Mais frutos poderão ser colhidos durante a temporada de colheita. Por este motivo, os peregrinos podem participar também em suas visitas entre a semana ou aos sábados, combinando esta atividade com a Custódia da Terra Santa. (GPE/EPC)

Com informações do Patriarcado Latino de Jerusalém.

Loading
Voluntários realizam a colheita anual no Horto das Oliveiras em Jerusalém

Jerusalém - Israel (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) O Horto das Oliveiras, ou o Jardim do Getsemani, é um dos Santos Lugares mais visitados de Jerusalém e dos mais recordados ao redor do mundo. O lugar onde Cristo orou durante sua agonia ao preparar-se para seu sacrifício na Cruz conserva sua identidade com o cultivo das oliveiras e os frutos deste horto continuam sendo colhidos. Neste ano, no dia 15 de outubro um grupo de 60 voluntários de várias idades e nacionalidades fez a colheita anual.

Sob o comando do Frei Diego, membro da Ordem Franciscana que custodia os Santos Lugares, e depois de recitarem uma oração pela paz, os voluntários realizaram a colheita manual nas árvores ligadas às que acolheram a presença do Senhor. Estudos realizados com as plantas identificaram três exemplares que datam dos séculos XII e XIII, dos quais ainda se comprovou que provêm da mesma planta mãe. Este encontro ratifica a possibilidade de que as plantas continuem sendo parentes das que habitaram no lugar nos tempos de Cristo.

Em quatro horas de trabalho, segundo informou o Patriarcado latino de Jerusalém, se coletaram 10 sacos de azeitona, as quais foram enviadas à Latroun. Neste lugar serão submetidas à pressão para extrair azeite que será usado pelas comunidades religiosas da Terra Santa. Os azeites obtidos destas plantas são abençoados e enviados a paróquias e mosteiros ao redor do mundo.

Mais frutos poderão ser colhidos durante a temporada de colheita. Por este motivo, os peregrinos podem participar também em suas visitas entre a semana ou aos sábados, combinando esta atividade com a Custódia da Terra Santa. (GPE/EPC)

Com informações do Patriarcado Latino de Jerusalém.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83088-Voluntarios-realizam-a-colheita-anual-no-Horto-das-Oliveiras-em-Jerusalem. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading