Loading
 
 
 
Loading
 
Memorial de Aparecida é um “sinal do nosso amor a Nossa Senhora”, diz presidente da CNBB
Loading
 
28 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Aparecida - São Paulo (Sexta-feira, 28-10-2016, Gaudium Press) Inaugurada nesta quinta-feira, 27 de outubro, na sede da CNBB em Brasília, o memorial em homenagem a Nossa Senhora Aparecida foi abençoado pelo Cardeal Arcebispo Raymundo Damasceno Assis.

Memorial de Aparecida é um sinal do nosso amor a Nossa Senhora, diz presidente da CNBB.jpg

A inauguração da obra no jardim do organismo da Igreja no Brasil ocorreu durante celebração que reuniu os bispos do Conselho Permanente, colaboradores do secretariado geral da Conferência, representantes do Santuário Nacional de Aparecida e o Núncio Apostólico Dom Giovanni D'Aniello.

"Para nós é um momento grato de abençoar e inaugurar essa escultura dedicada a Nossa Senhora Aparecida", afirmou Dom Damasceno. O Cardeal, aliás, recordou que o memorial representa o acontecimento do encontro da Imagem, em 1717, em sintonia com o Jubileu dos 300 anos promovido pelo Santuário.

Após a motivação inicial, no hall de entrada da sede da Conferência, os participantes seguiram em procissão, cantado a ladainha de Nossa Senhora com destino ao jardim, local onde foi abençoada a obra.

Memorial de Aparecida é um sinal do nosso amor a Nossa Senhora, diz presidente da CNBB.jpg

"Que bom que esse monumento tão belo em homenagem a Nossa Senhora Aparecida esteja no coração do Brasil e na CNBB, como sinal do nosso amor a Nossa Senhora, a nossa devoção, mas também como sinal da comunhão. E nós nos unimos porque nos sentimos uma grande família que tem como mãe Nossa Senhora Aparecida", comentou o Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Dom Sergio da Rocha.


Segundo Dom Sergio, a homenagem a Virgem Santíssima abençoada nesta quinta-feira é um marco no Ano Nacional Mariano, que vai perdurar além do ano jubilar. "O Ano Mariano quer ser um ano em que nós voltamos o nosso coração para Nossa Senhora, na oração, na reflexão, nas peregrinações, mas depois para continuar com o coração voltado para Ela, para, junto com dela, seguir Jesus Cristo, participar da igreja", disse.

"O ano Mariano, nos anima a vivenciar ainda mais esse coração filial que traz o amor, a gratidão, a confirmação nessa mãe querida, mas contando com Ela crescer no seguimento de Jesus Cristo e na participação da igreja", resumiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB

Loading
Memorial de Aparecida é um “sinal do nosso amor a Nossa Senhora”, diz presidente da CNBB

Aparecida - São Paulo (Sexta-feira, 28-10-2016, Gaudium Press) Inaugurada nesta quinta-feira, 27 de outubro, na sede da CNBB em Brasília, o memorial em homenagem a Nossa Senhora Aparecida foi abençoado pelo Cardeal Arcebispo Raymundo Damasceno Assis.

Memorial de Aparecida é um sinal do nosso amor a Nossa Senhora, diz presidente da CNBB.jpg

A inauguração da obra no jardim do organismo da Igreja no Brasil ocorreu durante celebração que reuniu os bispos do Conselho Permanente, colaboradores do secretariado geral da Conferência, representantes do Santuário Nacional de Aparecida e o Núncio Apostólico Dom Giovanni D'Aniello.

"Para nós é um momento grato de abençoar e inaugurar essa escultura dedicada a Nossa Senhora Aparecida", afirmou Dom Damasceno. O Cardeal, aliás, recordou que o memorial representa o acontecimento do encontro da Imagem, em 1717, em sintonia com o Jubileu dos 300 anos promovido pelo Santuário.

Após a motivação inicial, no hall de entrada da sede da Conferência, os participantes seguiram em procissão, cantado a ladainha de Nossa Senhora com destino ao jardim, local onde foi abençoada a obra.

Memorial de Aparecida é um sinal do nosso amor a Nossa Senhora, diz presidente da CNBB.jpg

"Que bom que esse monumento tão belo em homenagem a Nossa Senhora Aparecida esteja no coração do Brasil e na CNBB, como sinal do nosso amor a Nossa Senhora, a nossa devoção, mas também como sinal da comunhão. E nós nos unimos porque nos sentimos uma grande família que tem como mãe Nossa Senhora Aparecida", comentou o Arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Dom Sergio da Rocha.


Segundo Dom Sergio, a homenagem a Virgem Santíssima abençoada nesta quinta-feira é um marco no Ano Nacional Mariano, que vai perdurar além do ano jubilar. "O Ano Mariano quer ser um ano em que nós voltamos o nosso coração para Nossa Senhora, na oração, na reflexão, nas peregrinações, mas depois para continuar com o coração voltado para Ela, para, junto com dela, seguir Jesus Cristo, participar da igreja", disse.

"O ano Mariano, nos anima a vivenciar ainda mais esse coração filial que traz o amor, a gratidão, a confirmação nessa mãe querida, mas contando com Ela crescer no seguimento de Jesus Cristo e na participação da igreja", resumiu. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações CNBB


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading