Loading
 
 
 
Loading
 
Diácono tem que ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, diz bispo amazonense
Loading
 
1 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Manaus - Amazonas (Terça-feira, 01-11-2016, Gaudium Press) Dom Mário Pasqualotto, bispo Emérito de Manaus, presidiu a solenidade de ordenação diaconal de Ruzeval Rodrigues Cardoso, o mais novo diácono permanente da Arquidiocese.

Diácono tem que ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, diz bispo amazonense.jpg

A cerimônia aconteceu no último domingo, 30 de outubro, na Catedral Nossa Senhora da Conceição (Igreja da Matriz) e contou com a presença de familiares e amigos de Ruzeval que vieram participar deste momento importante na caminhada religiosa do novo diácono.

Logo no início da celebração, houve a entrada da Imagem de Nossa Senhora do Carmo, Padroeira da paróquia onde o novo diácono possui uma caminhada pastoral.

Após a procissão da entrada da Imagem da Virgem Santíssima, a missa prosseguiu normalmente. O Padre Sadi Cordeiro, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, apresentou Ruzeval à ordem do diaconato e à Dom Mário Pasqualotto para iniciar o rito de ordenação diaconal, que é marcado pela prostração do candidato.

Em seguida, ocorreu a oração consagratória de ordenação, realizada com a imposição de mãos do bispo; a entrega das vestes diaconais, realizada pelos membros da família; do livro do Evangelho; e a acolhida no presbitério, com o ósculo (abraço) da paz, gesto com o qual o bispo emérito e o clero presente acolheram o novo diácono.

"Diácono tem que ser missionário, ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, ajudar a comunidade, cativar os irmãos e viver uma vida de comunhão, pois só Jesus pode transformar a nossa vida e nos levar à conversão. Hoje nós queremos pedir pelo nosso irmão Ruzeval e todos os demais que estão aqui presentes que possamos experimentar a alegria de estar com o Senhor e ter uma fé igual a de Zaqueu, que fez todo o sacrifício e tudo que esteve ao seu alcance, para ter um encontro verdadeiro com Jesus", comentou Dom Mário Pasqualotto, em sua homilia.

Ao final da celebração, Ruzeval apresentou a sua família à comunidade e fez seus agradecimentos. "Agradeço a todos os irmãos e irmãs que estão aqui hoje e aos que intercederam por mim durante toda a minha caminhada. Peço a oração de vocês para que todos nós possamos sempre ser conduzidos e orientados pela mão de Deus. Agradeço também a minha família, minha mãe, minha esposa e meus filhos que sempre me apoiaram", disse. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Manaus

Loading
Diácono tem que ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, diz bispo amazonense

Manaus - Amazonas (Terça-feira, 01-11-2016, Gaudium Press) Dom Mário Pasqualotto, bispo Emérito de Manaus, presidiu a solenidade de ordenação diaconal de Ruzeval Rodrigues Cardoso, o mais novo diácono permanente da Arquidiocese.

Diácono tem que ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, diz bispo amazonense.jpg

A cerimônia aconteceu no último domingo, 30 de outubro, na Catedral Nossa Senhora da Conceição (Igreja da Matriz) e contou com a presença de familiares e amigos de Ruzeval que vieram participar deste momento importante na caminhada religiosa do novo diácono.

Logo no início da celebração, houve a entrada da Imagem de Nossa Senhora do Carmo, Padroeira da paróquia onde o novo diácono possui uma caminhada pastoral.

Após a procissão da entrada da Imagem da Virgem Santíssima, a missa prosseguiu normalmente. O Padre Sadi Cordeiro, pároco da Paróquia Nossa Senhora do Carmo, apresentou Ruzeval à ordem do diaconato e à Dom Mário Pasqualotto para iniciar o rito de ordenação diaconal, que é marcado pela prostração do candidato.

Em seguida, ocorreu a oração consagratória de ordenação, realizada com a imposição de mãos do bispo; a entrega das vestes diaconais, realizada pelos membros da família; do livro do Evangelho; e a acolhida no presbitério, com o ósculo (abraço) da paz, gesto com o qual o bispo emérito e o clero presente acolheram o novo diácono.

"Diácono tem que ser missionário, ajudar as pessoas a se aproximarem de Jesus, ajudar a comunidade, cativar os irmãos e viver uma vida de comunhão, pois só Jesus pode transformar a nossa vida e nos levar à conversão. Hoje nós queremos pedir pelo nosso irmão Ruzeval e todos os demais que estão aqui presentes que possamos experimentar a alegria de estar com o Senhor e ter uma fé igual a de Zaqueu, que fez todo o sacrifício e tudo que esteve ao seu alcance, para ter um encontro verdadeiro com Jesus", comentou Dom Mário Pasqualotto, em sua homilia.

Ao final da celebração, Ruzeval apresentou a sua família à comunidade e fez seus agradecimentos. "Agradeço a todos os irmãos e irmãs que estão aqui hoje e aos que intercederam por mim durante toda a minha caminhada. Peço a oração de vocês para que todos nós possamos sempre ser conduzidos e orientados pela mão de Deus. Agradeço também a minha família, minha mãe, minha esposa e meus filhos que sempre me apoiaram", disse. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Manaus

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83261-Diacono-tem-que-ajudar-as-pessoas-a-se-aproximarem-de-Jesus--diz-bispo-amazonense. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Matriz da Boa Vista acolherá grupos das paróquias que vão se revezar nas Adorações ao Santís ...
 
...
 
Mais de 8 mil católicos, 100 sacerdotes, 120 religiosas e 10 Bispos de todo o país, participaram d ...
 
Segundo o diretor da Rede do Apostolado da Oração do Papa, elas são fruto de um longo processo de ...
 
Desde a infância, ela tinha uma piedade intensa. Aos dez anos dedicou sua virgindade a Deus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading