Loading
 
 
 
Loading
 
Jubileu do Ano Santo da Misericórdia – Fechamento das Portas Santas nas Basílicas Papais
Loading
 
9 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 09-11-2016, Gaudium Press) No domingo, 20 de novembro, solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, -informa o Vaticano- o Papa Francisco deverá presidir, na Basílica de São Pedro, a Missa de conclusão do Ano Santo da Misericórdia.

Na semana que antecede esta data, as Portas Santas de todas as dioceses do mundo serão fechadas. Este ritual de fechamento das Portas Santas será celebrado em Roma, sábado, dia 12 de novembro, às 11horas, no Albergue "Don Luigi Di Liegro", e às 18horas, no "Santuário Nossa Senhora do Amor Divino em Castel di Leva".


Basílicas Papais

Nas três basílicas papais, o rito de "fechar as Portas Santas "será no dia 13 de novembro, um domingo.

Os legados pontifícios para o fechamento das Portas Santas em São Paulo Fora dos Muros e Santa Maria Maior, serão os seus respectivos arciprestes: o Cardeal James Michael Harvey, que às 17h locais celebrará a missa e presidirá ao rito em São Paulo Fora dos Muros, e o Cardeal Santos Abril y Castelló, às 18h, em Santa Maria Maior.

A missa e o rito de fechamento da Porta Santa na Basílica de São João de Latrão, a Catedral de Roma, serão presididos, pelo cardeal vigário Agostino Vallini, às 17:30 horas locais do domingo, dia 13,

A cerimônia prevê o fechamento do batente da Porta Santa, já a reposição da coiceira será feita posteriormente: na parede, na parte interna da nave, a ser depois coberta por uma lápide, será murada a ‘capsa', a caixa de zinco contendo a notificação de fechamento da Porta, a chave e, segundo a tradição, algumas medalhas e moedas do ano corrente.

Porta Santa da Caridade do Albergue "Don Luigi Di Liegro" e no Santuário do Amor Divino

Será também o vigário do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, quem presidirá, no sábado, dia 12, à missa de conclusão do Jubileu no Albergue da Caritas diocesana e no Santuário do Amor Divino.

No que tange à Porta Santa da Caridade do Albergue "Don Luigi Di Liegro", próximo da Termini, estação ferroviária da capital, a liturgia terá início às 11h locais, com a participação dos assistidos pelo centro caritativo, de voluntários e dos agentes de todos os centros de acolhimento da Caritas Roma.

Esta porta foi aberta em 18 de dezembro de 2015 pelo Papa Francisco e é a primeira na história dos Jubileus não sendo de basílicas, catedrais ou igrejas.

A Porta Santa da Caridade encontra-se na entrada principal do refeitório, tendo acima um mosaico realizado pelo jesuíta Pe. Marko Ivan Rupnik, representando o ícone do Ano Santo da Misericórdia.

Durante estes 11 meses, mais de 12 mil peregrinos a atravessaram após ter rezado e realizado um serviço de voluntariado: pessoas provenientes não somente de paróquias, associações e movimentos eclesiais, mas também de Igrejas distantes como Cingapura, Índia, Taiwan, EUA, Chile, Peru, Canadá, Bolívia, Geórgia, França, Grã-Bretanha e Suíça.

Ainda no sábado, às 18h locais, o Cardeal Vallini presidirá à missa na paróquia "Santuário de Nossa Senhora do Amor Divino em Castel di Leva".
(JSG)

(Da Redação Gaudium Press- Com informações RV)

Loading
Jubileu do Ano Santo da Misericórdia – Fechamento das Portas Santas nas Basílicas Papais

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 09-11-2016, Gaudium Press) No domingo, 20 de novembro, solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo, -informa o Vaticano- o Papa Francisco deverá presidir, na Basílica de São Pedro, a Missa de conclusão do Ano Santo da Misericórdia.

Na semana que antecede esta data, as Portas Santas de todas as dioceses do mundo serão fechadas. Este ritual de fechamento das Portas Santas será celebrado em Roma, sábado, dia 12 de novembro, às 11horas, no Albergue "Don Luigi Di Liegro", e às 18horas, no "Santuário Nossa Senhora do Amor Divino em Castel di Leva".


Basílicas Papais

Nas três basílicas papais, o rito de "fechar as Portas Santas "será no dia 13 de novembro, um domingo.

Os legados pontifícios para o fechamento das Portas Santas em São Paulo Fora dos Muros e Santa Maria Maior, serão os seus respectivos arciprestes: o Cardeal James Michael Harvey, que às 17h locais celebrará a missa e presidirá ao rito em São Paulo Fora dos Muros, e o Cardeal Santos Abril y Castelló, às 18h, em Santa Maria Maior.

A missa e o rito de fechamento da Porta Santa na Basílica de São João de Latrão, a Catedral de Roma, serão presididos, pelo cardeal vigário Agostino Vallini, às 17:30 horas locais do domingo, dia 13,

A cerimônia prevê o fechamento do batente da Porta Santa, já a reposição da coiceira será feita posteriormente: na parede, na parte interna da nave, a ser depois coberta por uma lápide, será murada a ‘capsa', a caixa de zinco contendo a notificação de fechamento da Porta, a chave e, segundo a tradição, algumas medalhas e moedas do ano corrente.

Porta Santa da Caridade do Albergue "Don Luigi Di Liegro" e no Santuário do Amor Divino

Será também o vigário do Papa para a Diocese de Roma, Cardeal Agostino Vallini, quem presidirá, no sábado, dia 12, à missa de conclusão do Jubileu no Albergue da Caritas diocesana e no Santuário do Amor Divino.

No que tange à Porta Santa da Caridade do Albergue "Don Luigi Di Liegro", próximo da Termini, estação ferroviária da capital, a liturgia terá início às 11h locais, com a participação dos assistidos pelo centro caritativo, de voluntários e dos agentes de todos os centros de acolhimento da Caritas Roma.

Esta porta foi aberta em 18 de dezembro de 2015 pelo Papa Francisco e é a primeira na história dos Jubileus não sendo de basílicas, catedrais ou igrejas.

A Porta Santa da Caridade encontra-se na entrada principal do refeitório, tendo acima um mosaico realizado pelo jesuíta Pe. Marko Ivan Rupnik, representando o ícone do Ano Santo da Misericórdia.

Durante estes 11 meses, mais de 12 mil peregrinos a atravessaram após ter rezado e realizado um serviço de voluntariado: pessoas provenientes não somente de paróquias, associações e movimentos eclesiais, mas também de Igrejas distantes como Cingapura, Índia, Taiwan, EUA, Chile, Peru, Canadá, Bolívia, Geórgia, França, Grã-Bretanha e Suíça.

Ainda no sábado, às 18h locais, o Cardeal Vallini presidirá à missa na paróquia "Santuário de Nossa Senhora do Amor Divino em Castel di Leva".
(JSG)

(Da Redação Gaudium Press- Com informações RV)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading