Loading
 
 
 
Loading
 
Rio sedia a 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica da Penha
Loading
 
10 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rio de Janeiro (Quinta-feira, 10-11-2016, Gaudium Press) A 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica Santuário de Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro, será realizada no próximo dia 15 de novembro, a partir das 8h, no Largo da Penha.

Rio sedia a 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica da Penha.jpg

Nesta ocasião, a peregrinação terá concentração dos fiéis no portal de subida para o Santuário, seguida de Via-Sacra.

Na Concha Acústica do templo, haverá uma Santa Missa presidida por Dom Edson de Castro Homem, bispo da Diocese de Iguatu, no Ceará, e referencial da Legião de Maria na CNBB, e concelebrada pelo diretor espiritual do Senatus Assumpta do Rio de Janeiro, Padre Fábio Siqueira, e pelo reitor da Basílica Santuário de Nossa Senhora da Penha, Thiago Sardinha de Jesus.

A Legião de Maria foi reconhecida como associação internacional de fiéis após a entrega de um decreto em 27 de março de 2014 pelo Secretário do Pontifício Conselho para os Leigos, Dom Josef Clemens.

No documento, constavam aprovados os estatutos desta realidade eclesial.

Na época, Dom Clemens destacou em sua mensagem que a "Legio Mariae" é um sinal de como o espírito missionário dos leigos, "pode caminhar junto com uma profunda compreensão do chamado à santidade recebido por meio do Batismo".

"Toda a história da Legião de Maria é um maravilhoso testemunho de Fé na onipotência de Deus, Fé na força da oração a Maria", afirmou.

Para o prelado, desde seu início, a Legião de Maria "foi um vivo testemunho do quanto Deus pode operar através de corações humildes".

Criada através de uma iniciativa de um grupo de pessoas guiadas pelo então funcionário do Ministério das Finanças, Frank Duff, no ano de 1921, em Dublin, na Irlanda, a Legião de Maria celebra neste dia 7 de setembro seus 95 anos de história missionária pelo mundo, "levando Maria ao mundo e, por meio dela, o mundo a Jesus", segundo Dom Clemens.

A instituição, direcionada à formação de milhares de grupos em todos os continentes, propõe aos seus membros a santificação, bem como a participação na missão evangelizadora da Igreja por meio do apostolado social para com os mais necessitados e os que se encontram afastados da Fé. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Loading
Rio sedia a 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica da Penha

Rio de Janeiro (Quinta-feira, 10-11-2016, Gaudium Press) A 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica Santuário de Nossa Senhora da Penha, no Rio de Janeiro, será realizada no próximo dia 15 de novembro, a partir das 8h, no Largo da Penha.

Rio sedia a 24ª peregrinação da Legião de Maria até a Basílica da Penha.jpg

Nesta ocasião, a peregrinação terá concentração dos fiéis no portal de subida para o Santuário, seguida de Via-Sacra.

Na Concha Acústica do templo, haverá uma Santa Missa presidida por Dom Edson de Castro Homem, bispo da Diocese de Iguatu, no Ceará, e referencial da Legião de Maria na CNBB, e concelebrada pelo diretor espiritual do Senatus Assumpta do Rio de Janeiro, Padre Fábio Siqueira, e pelo reitor da Basílica Santuário de Nossa Senhora da Penha, Thiago Sardinha de Jesus.

A Legião de Maria foi reconhecida como associação internacional de fiéis após a entrega de um decreto em 27 de março de 2014 pelo Secretário do Pontifício Conselho para os Leigos, Dom Josef Clemens.

No documento, constavam aprovados os estatutos desta realidade eclesial.

Na época, Dom Clemens destacou em sua mensagem que a "Legio Mariae" é um sinal de como o espírito missionário dos leigos, "pode caminhar junto com uma profunda compreensão do chamado à santidade recebido por meio do Batismo".

"Toda a história da Legião de Maria é um maravilhoso testemunho de Fé na onipotência de Deus, Fé na força da oração a Maria", afirmou.

Para o prelado, desde seu início, a Legião de Maria "foi um vivo testemunho do quanto Deus pode operar através de corações humildes".

Criada através de uma iniciativa de um grupo de pessoas guiadas pelo então funcionário do Ministério das Finanças, Frank Duff, no ano de 1921, em Dublin, na Irlanda, a Legião de Maria celebra neste dia 7 de setembro seus 95 anos de história missionária pelo mundo, "levando Maria ao mundo e, por meio dela, o mundo a Jesus", segundo Dom Clemens.

A instituição, direcionada à formação de milhares de grupos em todos os continentes, propõe aos seus membros a santificação, bem como a participação na missão evangelizadora da Igreja por meio do apostolado social para com os mais necessitados e os que se encontram afastados da Fé. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83462-Rio-sedia-a-24a--peregrinacao-da-Legiao-de-Maria-ate-a-Basilica-da-Penha. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading