Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal pede à Birmânia reabilitar escolas católicas para recuperar qualidade de educação
Loading
 
11 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rangum - Birmânia (Sexta-feira, 11-11-2016, Gaudium Press) O Cardeal Charles Maung Bo, Arcebispo de Rangum, Birmânia, ofereceu o apoio da Igreja na recuperação da qualidade da educação do país através da restituição das escolas católicas nacionalizadas em 1965. Na década de 1950 o país tinha as normas educativas mais altas do continente graças à qualidade das escolas de inspiração cristã. "A Igreja está pronta para contribuir mais uma vez", afirmou o purpurado segundo informou UCANews.

Cardeal pede à Birmânia reabilitar escolas católicas para recuperar qualidade de educação.jpg

"A educação é chave. É vital para qualquer país", declarou o Cardeal em uma visita recente ao Reino Unido. "E é particularmente vital para meu país da Birmânia quando começamos um caminho para um sistema mais democrático, uma sociedade mais aberta". Birmânia celebrou em novembro de 2015 as primeiras eleições livres desde 1990, sendo instalado um novo Parlamento no dia 1º de fevereiro de 2016 e chegando ao poder o primeiro Presidente não militar desde 1962, Htin Kyaw.

Apesar de ser uma pequena minoria em um país majoritariamente budista, a Igreja Católica desenvolve um intenso trabalho. Os membros da Igreja estão "onde não está o governo. Estamos oferecendo educação, saúde e meios de vida (...), mas também enfrentamos limitações". O Cardeal recordou que há 50 anos fecharam as escolas católicas, expulsaram os missionários e o estado se apropriou de bens da Igreja.

"Eu digo ao Governo da Birmânia: devolva-nos nossas escolas, e permita-nos voltar a educar o nosso povo", expressou o Cardeal Bo. A ajuda da Igreja à povoação da Birmânia não se limita ao território nacional, mas se estende a países como Tailândia, onde mais de 1.600 imigrantes legais e ilegais da Birmânia recebem formação técnica, ensinamento do idioma local e assessoria legal para regularizar sua situação migratória por parte da Comissão Nacional Católica sobre os Migrantes. (GPE/EPC)

Loading
Cardeal pede à Birmânia reabilitar escolas católicas para recuperar qualidade de educação

Rangum - Birmânia (Sexta-feira, 11-11-2016, Gaudium Press) O Cardeal Charles Maung Bo, Arcebispo de Rangum, Birmânia, ofereceu o apoio da Igreja na recuperação da qualidade da educação do país através da restituição das escolas católicas nacionalizadas em 1965. Na década de 1950 o país tinha as normas educativas mais altas do continente graças à qualidade das escolas de inspiração cristã. "A Igreja está pronta para contribuir mais uma vez", afirmou o purpurado segundo informou UCANews.

Cardeal pede à Birmânia reabilitar escolas católicas para recuperar qualidade de educação.jpg

"A educação é chave. É vital para qualquer país", declarou o Cardeal em uma visita recente ao Reino Unido. "E é particularmente vital para meu país da Birmânia quando começamos um caminho para um sistema mais democrático, uma sociedade mais aberta". Birmânia celebrou em novembro de 2015 as primeiras eleições livres desde 1990, sendo instalado um novo Parlamento no dia 1º de fevereiro de 2016 e chegando ao poder o primeiro Presidente não militar desde 1962, Htin Kyaw.

Apesar de ser uma pequena minoria em um país majoritariamente budista, a Igreja Católica desenvolve um intenso trabalho. Os membros da Igreja estão "onde não está o governo. Estamos oferecendo educação, saúde e meios de vida (...), mas também enfrentamos limitações". O Cardeal recordou que há 50 anos fecharam as escolas católicas, expulsaram os missionários e o estado se apropriou de bens da Igreja.

"Eu digo ao Governo da Birmânia: devolva-nos nossas escolas, e permita-nos voltar a educar o nosso povo", expressou o Cardeal Bo. A ajuda da Igreja à povoação da Birmânia não se limita ao território nacional, mas se estende a países como Tailândia, onde mais de 1.600 imigrantes legais e ilegais da Birmânia recebem formação técnica, ensinamento do idioma local e assessoria legal para regularizar sua situação migratória por parte da Comissão Nacional Católica sobre os Migrantes. (GPE/EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading