Loading
 
 
 
Loading
 
Polônia celebra o dia da independência com abertura de Templo da Divina Providência
Loading
 
14 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Varsóvia - Polônia (Segunda-feira, 14-11-2016, Gaudium Press) O Cardeal Kazimierz Nycz, Arcebispo Metropolitano de Varsóvia, Polônia, dirigiu uma mensagem de agradecimento da Primeira Eucaristia no Templo da Divina Misericórdia no distrito Wilanow de Varsóvia, no dia 11 de novembro, dia da independência desse país. "Estamos esperando este momento há 225 anos", afirmou o purpurado no início da Eucaristia, quando rendeu uma homenagem a todos aqueles que contribuíram na construção do templo, em especial o Cardeal Jozef Glemp, que retomou o projeto. "Desejaria que ele tivesse vivido para ver este dia", manifestou o Cardeal.

Polônia celebra o dia da independência com abertura de Templo da Divina Providência.jpg

A Missa foi presidida pelo Primaz da Polônia, Arcebispo Wojciech Polak, e a homilia foi pregada pelo Presidente da Conferência Episcopal da Polônia, Dom Stanislaw Gadecki. A celebração foi assistida pelo Núncio Apostólico para a Polônia e os representantes das mais altas autoridades do país, incluindo o Presidente Andrzej Duda, os porta-vozes do Parlamento e o Senado e o Primeiro Ministro.

"Podemos dar graças a Deus e a essa geração pela liberdade e a independência que desfrutamos hoje", indicou Dom Gadecki, recordando o longo caminho da edificação. Inicialmente a construção do templo se viu detida pelo ataque das tropas russas no final do século XVIII. Em 1921 se retomou o projeto após recobrar a independência em 1918, mas teve que ser adiada até 1939 quando se reuniram os recursos mas nesse ano Alemanha e Rússia invadiram o país dando início à Segunda Guerra Mundial, após a qual o país ficou sobre o domínio do comunismo soviético. "Recordamos hoje a oração e o trabalho físico dessas gerações, transmitindo fielmente a tradição das mães polonesas e, finalmente o sacrifício do sangue de nossos pais, sem o qual não haveria independência".

O prelado recordou que o voto de construir um templo, como o fez o Rei Davi em Jerusalém, é um juramento e que a resposta de Deus foi e continua sendo a promessa da vida eterna. O templo é "o fruto do trabalho humano realizado para este fim: a que a realidade do invisível possa perceber-se inclusive de forma atrativa; é um sinal de nosso desejo de chegar, através das coisas visíveis, as coisas que não se veem", explicou.

A abertura do Templo da Divina Providência aos fiéis se celebrou 225 anos depois do anúncio da promessa de sua construção feita em Sejm dos quatro anos, onde se elaborou a Constituição da Polônia, a primeira da Europa e a segunda no mundo. O Primaz da Polônia, Dom Wojciech Polak, ao final da Eucaristia afirmou que, além de um "tempo especial de graça, gratidão e esperança", a ocasião é uma oportunidade de recordar a necessidade de obrar com sabedoria, empregando a liberdade com responsabilidade, "encarnando a verdade e a bondade, por uma preocupação comum pelo bem comum de todos os poloneses". (GPE/EPC)

Loading
Polônia celebra o dia da independência com abertura de Templo da Divina Providência

Varsóvia - Polônia (Segunda-feira, 14-11-2016, Gaudium Press) O Cardeal Kazimierz Nycz, Arcebispo Metropolitano de Varsóvia, Polônia, dirigiu uma mensagem de agradecimento da Primeira Eucaristia no Templo da Divina Misericórdia no distrito Wilanow de Varsóvia, no dia 11 de novembro, dia da independência desse país. "Estamos esperando este momento há 225 anos", afirmou o purpurado no início da Eucaristia, quando rendeu uma homenagem a todos aqueles que contribuíram na construção do templo, em especial o Cardeal Jozef Glemp, que retomou o projeto. "Desejaria que ele tivesse vivido para ver este dia", manifestou o Cardeal.

Polônia celebra o dia da independência com abertura de Templo da Divina Providência.jpg

A Missa foi presidida pelo Primaz da Polônia, Arcebispo Wojciech Polak, e a homilia foi pregada pelo Presidente da Conferência Episcopal da Polônia, Dom Stanislaw Gadecki. A celebração foi assistida pelo Núncio Apostólico para a Polônia e os representantes das mais altas autoridades do país, incluindo o Presidente Andrzej Duda, os porta-vozes do Parlamento e o Senado e o Primeiro Ministro.

"Podemos dar graças a Deus e a essa geração pela liberdade e a independência que desfrutamos hoje", indicou Dom Gadecki, recordando o longo caminho da edificação. Inicialmente a construção do templo se viu detida pelo ataque das tropas russas no final do século XVIII. Em 1921 se retomou o projeto após recobrar a independência em 1918, mas teve que ser adiada até 1939 quando se reuniram os recursos mas nesse ano Alemanha e Rússia invadiram o país dando início à Segunda Guerra Mundial, após a qual o país ficou sobre o domínio do comunismo soviético. "Recordamos hoje a oração e o trabalho físico dessas gerações, transmitindo fielmente a tradição das mães polonesas e, finalmente o sacrifício do sangue de nossos pais, sem o qual não haveria independência".

O prelado recordou que o voto de construir um templo, como o fez o Rei Davi em Jerusalém, é um juramento e que a resposta de Deus foi e continua sendo a promessa da vida eterna. O templo é "o fruto do trabalho humano realizado para este fim: a que a realidade do invisível possa perceber-se inclusive de forma atrativa; é um sinal de nosso desejo de chegar, através das coisas visíveis, as coisas que não se veem", explicou.

A abertura do Templo da Divina Providência aos fiéis se celebrou 225 anos depois do anúncio da promessa de sua construção feita em Sejm dos quatro anos, onde se elaborou a Constituição da Polônia, a primeira da Europa e a segunda no mundo. O Primaz da Polônia, Dom Wojciech Polak, ao final da Eucaristia afirmou que, além de um "tempo especial de graça, gratidão e esperança", a ocasião é uma oportunidade de recordar a necessidade de obrar com sabedoria, empregando a liberdade com responsabilidade, "encarnando a verdade e a bondade, por uma preocupação comum pelo bem comum de todos os poloneses". (GPE/EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83530-Polonia-celebra-o-dia-da-independencia-com-abertura-de-Templo-da-Divina-Providencia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading