Loading
 
 
 
Loading
 
Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida
Loading
 
16 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Quarta-feira, 16-11-2016, Gaudium Press) Após a renúncia do Cardeal Raymundo Damasceno Assis do ofício de Arcebispo de Aparecida, devido à elevada idade, o Papa Francisco anunciou nesta quarta-feira, 16 de novembro, o seu substituto. Trata-se de Dom Orlando Brantes, que será transferido da Arquidiocese de Londrina, no Paraná.

Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida.jpg

Dom Damasceno havia apresentado renúncia em fevereiro de 2012, quando havia completado 75 anos, conforme previsto Código de Direito Canônico. Até a posse do novo arcebispo, marcada para 21 de janeiro de 2017, o purpurado ficará à frente na Arquidiocese de Aparecida como Administrador Apostólico.

Durante 12 anos, o Dom Raymundo Damasceno guiou a Arquidiocese de Aparecida. Neste período, foi Presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), participou de quatro Sínodos no Vaticano e foi criado Cardeal pelo Papa Emérito Bento XVI em 20 de novembro de 2010.

Além disso, esteve presente no conclave que elegeu Jorge Mario Bergóglio, o Papa Francisco, sendo seu anfitrião por ocasião da visita do Pontífice a Aparecida em 2013.

Entrevistado pela Rádio Aparecida, na manhã desta quarta-feira, Dom Orlando Brantes comentou sua transferência para Aparecida. "Quero acolher essa nova missão que me foi confiada pelo Papa Francisco. O primeiro objetivo é conhecer o rosto da Arquidiocese de Aparecida", disse.

Em seguida, Dom Damasceno dirigiu algumas palavras ao novo Arcebispo de Aparecida: "me sinto muito feliz por tê-lo por sucessor. Terá uma especial proteção de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Lhe desejo que tenha um ministério muito frutuoso em Aparecida".

Dom Orlando Brandes

Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida.jpgNascido em 13 de abril de 1946 em Urubici, Santa Catarina, ingressou no Seminário João Vianney, de Lages. Em 1968, concluiu Filosofia na UCP, em Curitiba. Depois, fez seus estudos teológicos na Universidade Gregoriana e na Academia Alfonsiana (Roma) especializando-se em Teologia Moral em 1973.

Mais tarde, recebeu a ordenação sacerdotal em Francisco Beltrão (PR) em 6 de julho de 1974. Foi professor de Teologia Moral e Dogmática no Instituto Teológico de Santa Catarina (Itesc) de 1974 a 1994.

Durante sua caminhada, Dom Orlando exerceu outros cargos, como os de vice-diretor do Itesc (1974-1982) e diretor (1982-1984), diretor do Seminário Teológico (1987-1987), orientador do Seminário Dom Honorato Piazera (1990-1994) e presidente, vice-presidente e juiz do Tribunal Eclesiástico Regional de Florianópolis.


Foi eleito pelo Papa João Paulo II no dia 9 de março de 1994 como o terceiro bispo diocesano de Joinville (SC) e escolheu como lema "Somos operários de Deus" (1 Cor 3,9). A ordenação episcopal e posse ocorreu no dia 5 de junho de 1994, na Catedral São Francisco Xavier, na cidade catarinense.

No dia 10 de maio de 2006, o então Papa Bento XVI o nomeou como Arcebispo de Londrina. A tomada de posse aconteceu em 23 de julho daquele mesmo ano. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Londrina e Rádio Aparecida

Loading
Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida

Redação (Quarta-feira, 16-11-2016, Gaudium Press) Após a renúncia do Cardeal Raymundo Damasceno Assis do ofício de Arcebispo de Aparecida, devido à elevada idade, o Papa Francisco anunciou nesta quarta-feira, 16 de novembro, o seu substituto. Trata-se de Dom Orlando Brantes, que será transferido da Arquidiocese de Londrina, no Paraná.

Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida.jpg

Dom Damasceno havia apresentado renúncia em fevereiro de 2012, quando havia completado 75 anos, conforme previsto Código de Direito Canônico. Até a posse do novo arcebispo, marcada para 21 de janeiro de 2017, o purpurado ficará à frente na Arquidiocese de Aparecida como Administrador Apostólico.

Durante 12 anos, o Dom Raymundo Damasceno guiou a Arquidiocese de Aparecida. Neste período, foi Presidente do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), participou de quatro Sínodos no Vaticano e foi criado Cardeal pelo Papa Emérito Bento XVI em 20 de novembro de 2010.

Além disso, esteve presente no conclave que elegeu Jorge Mario Bergóglio, o Papa Francisco, sendo seu anfitrião por ocasião da visita do Pontífice a Aparecida em 2013.

Entrevistado pela Rádio Aparecida, na manhã desta quarta-feira, Dom Orlando Brantes comentou sua transferência para Aparecida. "Quero acolher essa nova missão que me foi confiada pelo Papa Francisco. O primeiro objetivo é conhecer o rosto da Arquidiocese de Aparecida", disse.

Em seguida, Dom Damasceno dirigiu algumas palavras ao novo Arcebispo de Aparecida: "me sinto muito feliz por tê-lo por sucessor. Terá uma especial proteção de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil. Lhe desejo que tenha um ministério muito frutuoso em Aparecida".

Dom Orlando Brandes

Dom Orlando Brandes é anunciado como novo arcebispo de Aparecida.jpgNascido em 13 de abril de 1946 em Urubici, Santa Catarina, ingressou no Seminário João Vianney, de Lages. Em 1968, concluiu Filosofia na UCP, em Curitiba. Depois, fez seus estudos teológicos na Universidade Gregoriana e na Academia Alfonsiana (Roma) especializando-se em Teologia Moral em 1973.

Mais tarde, recebeu a ordenação sacerdotal em Francisco Beltrão (PR) em 6 de julho de 1974. Foi professor de Teologia Moral e Dogmática no Instituto Teológico de Santa Catarina (Itesc) de 1974 a 1994.

Durante sua caminhada, Dom Orlando exerceu outros cargos, como os de vice-diretor do Itesc (1974-1982) e diretor (1982-1984), diretor do Seminário Teológico (1987-1987), orientador do Seminário Dom Honorato Piazera (1990-1994) e presidente, vice-presidente e juiz do Tribunal Eclesiástico Regional de Florianópolis.


Foi eleito pelo Papa João Paulo II no dia 9 de março de 1994 como o terceiro bispo diocesano de Joinville (SC) e escolheu como lema "Somos operários de Deus" (1 Cor 3,9). A ordenação episcopal e posse ocorreu no dia 5 de junho de 1994, na Catedral São Francisco Xavier, na cidade catarinense.

No dia 10 de maio de 2006, o então Papa Bento XVI o nomeou como Arcebispo de Londrina. A tomada de posse aconteceu em 23 de julho daquele mesmo ano. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Londrina e Rádio Aparecida

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83556-Dom-Orlando-Brandes-e-anunciado-como-novo-arcebispo-de-Aparecida-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading