Loading
 
 
 
Loading
 
Porta Santa da Basílica de S. Pedro será encerrada no próximo domingo
Loading
 
16 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 16-11-2016, Gaudium Press) O Ano Santo da Misericórdia será encerrado pelo Papa Francisco no domingo dia 20 de novembro fechando a Porta Santa da Basílica de S. Pedro depois de por ali terem passado mais de 20 milhões de peregrinos.

Desde o dia 13 último, as Portas Santas das catedrais, santuários e igrejas do mundo inteiro foram fechadas.
Agora, no dia 20, será o encerramento oficial do Ano Santo da Misericórdia com o Papa Francisco na Praça de S. Pedro numa Eucaristia que terá início pelas 10 horas de Roma. O Jubileu termina na Solenidade de Cristo Rei.

Consistório

Outro importante acontecimento do próximo fim-de-semana, será a realização do Consistório no sábado, 19 de novembro.
O consistório foi convocado pelo Papa Francisco para a criação de novos cardeais.

Francisco vai criar 17 cardeais, 13 eleitores deles serão eleitores em um possível Conclave. Este será o terceiro consistório deste pontificado.

A celebração com início marcado para as 11h00, será na Basílica de São Pedro.

A lista de cardeais inclui nomes de países que ainda não eram representados no Colégio Cardinalício. Entre eles Bangladesh, Maurícia ou Papua Nova-Guiné.

Entre os cardeais com mais de 80 anos está o padre Ernest Simoni - que fez Francisco chorar ao abraçá-lo, na Albânia, evocando a perseguição do regime comunista.

O Papa, os novos cardeais e todo o Colégio Cardinalício concelebrarão a Missa de 20 de novembro, na solenidade litúrgica de Cristo-Rei, que marcará o final do Jubileu da Misericórdia.

Jubileu da Misericórdia

O Papa Francisco iniciou a 8 de dezembro de 2015 o 29.º jubileu na história da Igreja Católica, um Ano Santo extraordinário centrado no tema da Misericórdia.

O jubileu, com raízes no ano sabático dos hebreus, explica o Vaticano, "consiste num perdão geral, uma indulgência aberta a todos, e na possibilidade de renovar a relação com Deus e o próximo".

A Igreja Católica iniciou a tradição do Ano Santo com o Papa Bonifácio VIII, em 1300, e a partir de 1475 determinou-se um jubileu ordinário a cada 25 anos.

Ao longo da história da Igreja, foram vários os anos jubilares, 26 ordinários e três extraordinários.

A mídia do Vaticano e encerramento do Ano Santo da Misericórdia

Em comunicação feita para a imprensa, o Prefeito da Secretaria para a Comunicação, Dom Dario Viganò, informou que será realizada uma cobertura especial do encerramento da Porta Santa na Basílica de S. Pedro, no domingo, dia 20 e também do Consistório de sábado 19, através do Centro Televisivo Vaticano e da Rádio Vaticano.

As mídias do Vaticano terão a colaboração de três grupos de excelência em tecnologia.

Dom Viganò sublinhou, durante a conferência de imprensa realizada na terça-feira, 15/11, que a cobertura jornalística será algo "realmente inovador":

"Vamos assistir as primeiras cerimónias papais da história, transmitidas ao vivo, em Ultra HD com a performance do HDR (High Dynamic Range), padrão tecnológico que consente o nível máximo de qualidade das imagens disponível atualmente", revelou o Prefeito da Secretaria para a Comunicação do Vaticano.

Dom Dario Viganò revelou que este evento permitirá o desenvolvimento de mais uma fase da integração e unificação das diferentes media do Vaticano, em particular a Rádio Vaticano e o Centro Televisivo Vaticano: Já não será um conjunto de media "mas iniciamos a produzir em maneira multimédia", informou o Prefeito. (JSG)

Loading
Porta Santa da Basílica de S. Pedro será encerrada no próximo domingo

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 16-11-2016, Gaudium Press) O Ano Santo da Misericórdia será encerrado pelo Papa Francisco no domingo dia 20 de novembro fechando a Porta Santa da Basílica de S. Pedro depois de por ali terem passado mais de 20 milhões de peregrinos.

Desde o dia 13 último, as Portas Santas das catedrais, santuários e igrejas do mundo inteiro foram fechadas.
Agora, no dia 20, será o encerramento oficial do Ano Santo da Misericórdia com o Papa Francisco na Praça de S. Pedro numa Eucaristia que terá início pelas 10 horas de Roma. O Jubileu termina na Solenidade de Cristo Rei.

Consistório

Outro importante acontecimento do próximo fim-de-semana, será a realização do Consistório no sábado, 19 de novembro.
O consistório foi convocado pelo Papa Francisco para a criação de novos cardeais.

Francisco vai criar 17 cardeais, 13 eleitores deles serão eleitores em um possível Conclave. Este será o terceiro consistório deste pontificado.

A celebração com início marcado para as 11h00, será na Basílica de São Pedro.

A lista de cardeais inclui nomes de países que ainda não eram representados no Colégio Cardinalício. Entre eles Bangladesh, Maurícia ou Papua Nova-Guiné.

Entre os cardeais com mais de 80 anos está o padre Ernest Simoni - que fez Francisco chorar ao abraçá-lo, na Albânia, evocando a perseguição do regime comunista.

O Papa, os novos cardeais e todo o Colégio Cardinalício concelebrarão a Missa de 20 de novembro, na solenidade litúrgica de Cristo-Rei, que marcará o final do Jubileu da Misericórdia.

Jubileu da Misericórdia

O Papa Francisco iniciou a 8 de dezembro de 2015 o 29.º jubileu na história da Igreja Católica, um Ano Santo extraordinário centrado no tema da Misericórdia.

O jubileu, com raízes no ano sabático dos hebreus, explica o Vaticano, "consiste num perdão geral, uma indulgência aberta a todos, e na possibilidade de renovar a relação com Deus e o próximo".

A Igreja Católica iniciou a tradição do Ano Santo com o Papa Bonifácio VIII, em 1300, e a partir de 1475 determinou-se um jubileu ordinário a cada 25 anos.

Ao longo da história da Igreja, foram vários os anos jubilares, 26 ordinários e três extraordinários.

A mídia do Vaticano e encerramento do Ano Santo da Misericórdia

Em comunicação feita para a imprensa, o Prefeito da Secretaria para a Comunicação, Dom Dario Viganò, informou que será realizada uma cobertura especial do encerramento da Porta Santa na Basílica de S. Pedro, no domingo, dia 20 e também do Consistório de sábado 19, através do Centro Televisivo Vaticano e da Rádio Vaticano.

As mídias do Vaticano terão a colaboração de três grupos de excelência em tecnologia.

Dom Viganò sublinhou, durante a conferência de imprensa realizada na terça-feira, 15/11, que a cobertura jornalística será algo "realmente inovador":

"Vamos assistir as primeiras cerimónias papais da história, transmitidas ao vivo, em Ultra HD com a performance do HDR (High Dynamic Range), padrão tecnológico que consente o nível máximo de qualidade das imagens disponível atualmente", revelou o Prefeito da Secretaria para a Comunicação do Vaticano.

Dom Dario Viganò revelou que este evento permitirá o desenvolvimento de mais uma fase da integração e unificação das diferentes media do Vaticano, em particular a Rádio Vaticano e o Centro Televisivo Vaticano: Já não será um conjunto de media "mas iniciamos a produzir em maneira multimédia", informou o Prefeito. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83575-Porta-Santa-da-Basilica-de-S--Pedro-sera-encerrada-no-proximo-domingo--. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading