Loading
 
 
 
Loading
 
Exposição sobre o Santo Sudário, no Rio, se despede do Brasil
Loading
 
18 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rio de Janeiro (Sexta-feira, 18-11-2016, Gaudium Press) Inaugurada há quatro anos pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, no dia de Corpus Christi, a exposição internacional "Quem é o Homem do Sudário?", encerrará logo mais sua estada no Brasil.

Exposição sobre o Santo Sudário, no Rio, encerra-se neste final de semana.jpg

Até este próximo sábado, 19 novembro, os fiéis cariocas e turistas poderão acompanhar a reconstituição da trajetória do Sudário de Turim, o pano que supostamente teria envolvido Nosso Senhor Jesus Cristo, por meio de réplicas de elementos datados da antiguidade.

A mostra é aberta ao público diariamente, das 9h às 17h, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, local onde permaneceu por quase seis meses.

A exposição

Encontrada fixa em vários países do mundo inteiro, a exposição no Brasil foi criada a partir de uma graça recebida na mostra do Santo Sudário em Jerusalém.

Em um sinal de agradecimento, a exposição foi reproduzida no território brasileiro, sendo Curitiba a primeira cidade que a recebeu, em 2010. Mais tarde, foi levada a Brasília e esteve no Rio de Janeiro de 2012 a 2013.

Durante o período da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio, em 2013, permaneceu no Jardim Botânico.

Entre os anos de 2013 e 2016, foi exposta nas cidades de São Paulo, Bauru, Blumenau, Florianópolis, Feira de Santana, Salvador, Maceió, Belém, Fortaleza e Belo Horizonte.

Atualmente, a exposição "Quem é o Homem do Sudário?" é dividida em cinco fases e contém uma réplica do Sudário de Turim, em tamanho original de 4,41m x 1,13m, assim como as réplicas da tumba, dos pregos, flagelos e da coroa de espinhos. As moedas, que tem suas impressões encontradas sobre os olhos do Homem do Sudário, são originais da época da Palestina.

Na Catedral do Rio de Janeiro, o visitante ou interessado tem a oportunidade de ver mais de 30 painéis, que incluem estudos sobre o lençol sepulcral, a desmistificação do teste do Carbono 14 e o percurso histórico.

Neste espaço onde está localizada a mostra, uma escultura em bronze, em tamanho real, feita por Luigi Enzo Mattei a partir do biotipo reconstituído pelos cientistas, também pode ser observada.

Oportunidade para aprofundar a Fé

Para o organizador da exposição, Padre Alexandre Paciolli, os visitantes, além de ter a experiência de conhecer a história do Santo Sudário, podem aprofundar a Fé.

"Eles podem encontrar todos os estudos científicos, aprovados pelas grandes universidades do mundo, sobre o Santo Sudário de Turim. Podem encontrar também uma estátua em bronze feita por um dos escultores da Porta Santa, que está na Basílica de São Pedro, e outras peças que vão levando as pessoas a descobrir quem é o Homem do Sudário, quem é aquele que foi colocado sobre o Sudário que está guardado em Turim", disse Padre Alexandre Paciolli. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Loading
Exposição sobre o Santo Sudário, no Rio, se despede do Brasil

Rio de Janeiro (Sexta-feira, 18-11-2016, Gaudium Press) Inaugurada há quatro anos pelo Arcebispo do Rio de Janeiro, Cardeal Orani João Tempesta, no dia de Corpus Christi, a exposição internacional "Quem é o Homem do Sudário?", encerrará logo mais sua estada no Brasil.

Exposição sobre o Santo Sudário, no Rio, encerra-se neste final de semana.jpg

Até este próximo sábado, 19 novembro, os fiéis cariocas e turistas poderão acompanhar a reconstituição da trajetória do Sudário de Turim, o pano que supostamente teria envolvido Nosso Senhor Jesus Cristo, por meio de réplicas de elementos datados da antiguidade.

A mostra é aberta ao público diariamente, das 9h às 17h, na Catedral Metropolitana de São Sebastião, local onde permaneceu por quase seis meses.

A exposição

Encontrada fixa em vários países do mundo inteiro, a exposição no Brasil foi criada a partir de uma graça recebida na mostra do Santo Sudário em Jerusalém.

Em um sinal de agradecimento, a exposição foi reproduzida no território brasileiro, sendo Curitiba a primeira cidade que a recebeu, em 2010. Mais tarde, foi levada a Brasília e esteve no Rio de Janeiro de 2012 a 2013.

Durante o período da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio, em 2013, permaneceu no Jardim Botânico.

Entre os anos de 2013 e 2016, foi exposta nas cidades de São Paulo, Bauru, Blumenau, Florianópolis, Feira de Santana, Salvador, Maceió, Belém, Fortaleza e Belo Horizonte.

Atualmente, a exposição "Quem é o Homem do Sudário?" é dividida em cinco fases e contém uma réplica do Sudário de Turim, em tamanho original de 4,41m x 1,13m, assim como as réplicas da tumba, dos pregos, flagelos e da coroa de espinhos. As moedas, que tem suas impressões encontradas sobre os olhos do Homem do Sudário, são originais da época da Palestina.

Na Catedral do Rio de Janeiro, o visitante ou interessado tem a oportunidade de ver mais de 30 painéis, que incluem estudos sobre o lençol sepulcral, a desmistificação do teste do Carbono 14 e o percurso histórico.

Neste espaço onde está localizada a mostra, uma escultura em bronze, em tamanho real, feita por Luigi Enzo Mattei a partir do biotipo reconstituído pelos cientistas, também pode ser observada.

Oportunidade para aprofundar a Fé

Para o organizador da exposição, Padre Alexandre Paciolli, os visitantes, além de ter a experiência de conhecer a história do Santo Sudário, podem aprofundar a Fé.

"Eles podem encontrar todos os estudos científicos, aprovados pelas grandes universidades do mundo, sobre o Santo Sudário de Turim. Podem encontrar também uma estátua em bronze feita por um dos escultores da Porta Santa, que está na Basílica de São Pedro, e outras peças que vão levando as pessoas a descobrir quem é o Homem do Sudário, quem é aquele que foi colocado sobre o Sudário que está guardado em Turim", disse Padre Alexandre Paciolli. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83633-Exposicao-sobre-o-Santo-Sudario--no-Rio--se-despede-do-Brasil. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading