Loading
 
 
 
Loading
 
Cardeal Amato: com respeito recíproco, o debate teológico faz bem
Loading
 
25 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 25-11-2016, Gaudium Press) Continua ainda hoje e prossegue até o sábado, dia 26, o Simpósio internacional promovido pela Fundação vaticana Joseph Ratzinger-Bento XVI.

O Simpósio foi aberto na quinta-feira, em Roma, na Pontifícia Universidade da Santa Cruz, e desenvolve-se dentro do tema: "A escatologia, análises e perspectivas".

O encerramento dos trabalhos está previsto para o sábado, dia 26, no Palácio Apostólico. Na ocasião, será realizada a cerimônia de entrega do "Prêmio Ratzinger", outorgado a teólogos que têm se distinguido dentro de diferentes seguimentos do estudo da Teologia.

O "Prêmio Ratzinger" será entregue aos laureados pelo Papa Francisco.

Cardeal Ângelo Amato

O Cardeal Ângelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, abriu os trabalhos do Seminário deste ano. A conferência do Cardeal foi sobre "Os Santos e a escatologia".

O Cardeal Amato que é ex-colaborador de Joseph Ratzinger na Congregação para a Doutrina da Fé, concedeu uma entrevista à Rádio Vaticano quando teve oportunidade de falar sobre o pensamento teológico do Papa emérito, sobre o amor de Francisco pela teologia dos Santos e sobre o debate entre teólogos acerca de alguns pontos do Magistério do Papa Francisco:

"O Cardeal Ratzinger, que foi também um grande pastor, é alguém que refletiu muito sobre as realidades fundamentais da fé e não somente sobre a escatologia, mas também sobre realidade a realidade cristológica, sobre a Trindade, sobre a Sacramentária...
Portanto, o Cardeal Ratzinger, como teólogo profissional, muito aprofundou estes aspectos e muito valorizou a teologia dos Santos, porque ele cita - em suas obras - muitas vezes os grandes Santos, que foram excelsos, eminentes, tanto por doutrina quanto por como explicitaram, ilustraram, e articularam também a Doutrina Católico em seu tempo", disse o Cardeal à Rádio Vaticano.

Sobre uma pergunta que fala da sensação de que haja um debate muito polarizado, inclusive no seio da comunidade de teólogos, sobre alguns pontos em particular do Magistério de Francisco, o Purpurado respondeu:

"O debate faz parte do ser humano: pergunta e resposta! A realidade deveria ser a de continuar o debate, porém, no respeito recíproco e, sobretudo, utilizando os talentos das respectivas posições, os pontos fortes.
O debate segue adiante assim e deve haver o debate! Não diria polarizador, porque - ao menos de minha parte - não vejo essa polarização, porém, sem dúvida, o debate é útil, porque as posições podem ser sempre mais integradas e podem ser sempre mais melhoradas. " (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Rádio Vaticano)

Loading
Cardeal Amato: com respeito recíproco, o debate teológico faz bem

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 25-11-2016, Gaudium Press) Continua ainda hoje e prossegue até o sábado, dia 26, o Simpósio internacional promovido pela Fundação vaticana Joseph Ratzinger-Bento XVI.

O Simpósio foi aberto na quinta-feira, em Roma, na Pontifícia Universidade da Santa Cruz, e desenvolve-se dentro do tema: "A escatologia, análises e perspectivas".

O encerramento dos trabalhos está previsto para o sábado, dia 26, no Palácio Apostólico. Na ocasião, será realizada a cerimônia de entrega do "Prêmio Ratzinger", outorgado a teólogos que têm se distinguido dentro de diferentes seguimentos do estudo da Teologia.

O "Prêmio Ratzinger" será entregue aos laureados pelo Papa Francisco.

Cardeal Ângelo Amato

O Cardeal Ângelo Amato, prefeito da Congregação das Causas dos Santos, abriu os trabalhos do Seminário deste ano. A conferência do Cardeal foi sobre "Os Santos e a escatologia".

O Cardeal Amato que é ex-colaborador de Joseph Ratzinger na Congregação para a Doutrina da Fé, concedeu uma entrevista à Rádio Vaticano quando teve oportunidade de falar sobre o pensamento teológico do Papa emérito, sobre o amor de Francisco pela teologia dos Santos e sobre o debate entre teólogos acerca de alguns pontos do Magistério do Papa Francisco:

"O Cardeal Ratzinger, que foi também um grande pastor, é alguém que refletiu muito sobre as realidades fundamentais da fé e não somente sobre a escatologia, mas também sobre realidade a realidade cristológica, sobre a Trindade, sobre a Sacramentária...
Portanto, o Cardeal Ratzinger, como teólogo profissional, muito aprofundou estes aspectos e muito valorizou a teologia dos Santos, porque ele cita - em suas obras - muitas vezes os grandes Santos, que foram excelsos, eminentes, tanto por doutrina quanto por como explicitaram, ilustraram, e articularam também a Doutrina Católico em seu tempo", disse o Cardeal à Rádio Vaticano.

Sobre uma pergunta que fala da sensação de que haja um debate muito polarizado, inclusive no seio da comunidade de teólogos, sobre alguns pontos em particular do Magistério de Francisco, o Purpurado respondeu:

"O debate faz parte do ser humano: pergunta e resposta! A realidade deveria ser a de continuar o debate, porém, no respeito recíproco e, sobretudo, utilizando os talentos das respectivas posições, os pontos fortes.
O debate segue adiante assim e deve haver o debate! Não diria polarizador, porque - ao menos de minha parte - não vejo essa polarização, porém, sem dúvida, o debate é útil, porque as posições podem ser sempre mais integradas e podem ser sempre mais melhoradas. " (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Rádio Vaticano)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83771-Cardeal-Amato--com-respeito-reciproco--o-debate-teologico-faz-bem. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O manto teve seus traços confeccionados pelas irmãs do Carmelo de Santa Teresinha. ...
 
Dom Lorefice convida sua arquidiocese a colher o sentido verdadeiro da visita pastoral do Pontífice ...
 
A atualização realizada por uma comissão da CNBB teve inspiração o Documento 52 da Conferência ...
 
A celebração será onde São João Paulo II celebrou a Eucaristia em 1979, na primeira viagem de u ...
 
Nos grandes Santuários o Bispo designa a um sacerdote com o título de penitenciário que recebe as ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading