Loading
 
 
 
Loading
 
Concerto musical comemora 300 Anos do Patriarcado de Lisboa
Loading
 
25 de Novembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 25-11-2016, Gaudium Press) Um concerto comemorativo dos 300 Anos do Patriarcado de Lisboa, será realizado hoje dia 25 deste mês, às 21:00, no Teatro Nacional de São Carlos, na capital portuguesa.

Concerto musical comemora 300 Anos do Patriarcado de Lisboa.jpg

Em nota distribuída à imprensa, informa-se que deverão ser executadas obras de compositores portugueses do século XVIII, entre eles Carlos Seixas, Francisco António de Almeida, João de Sousa Carvalho, António Leal Moreira e Marco Portugal.

Estes mestres da música erudita serão interpretados pela Orquestra Sinfônica Portuguesa em parceria promovida entre o Patriarcado de Lisboa e o Teatro Nacional de São Carlos.

Programação

A programação da comemoração estará dividida em duas partes, informa o comunicado de imprensa:

"A primeira parte deste concerto é integralmente preenchida por obras religiosas de compositores que, de uma forma ou de outra, estiveram intimamente associados à instituição fundada" por D. João V.

De Carlos Seixas (1704-1742), compositor nascido em Coimbra, notabilizado por sua vasta produção de sonatas para instrumentos de tecla, será cantado o Credo da sua Missa em Sol Maior.

De Francisco António de Almeida (1745-1799) será executada uma ária de ‘La Giuditta', oratória estreada em Roma em 172e situada entre as obras do mais alto nível da música barroca portuguesa.

Nesta primeira parte do concerto ainda serão executados dois excertos da Missa a 4 Vozes e do Te Deum, compostos por João de Souza Carvalho (1745-1799).

Na segunda parte deste terceiro centenário do Patriarcado de Lisboa será interpretado o Te Deum em Ré maior P04.08 de Marcos Portugal (1762-1830) que foi mestre do Real Seminário de Música da Patriarcal de Lisboa e, certamente, "o compositor português cujas obras no seu tempo maior difusão tiveram no estrangeiro".

Segundo informa o Teatro Nacional de São Carlos, este Te Deum foi composto para celebrar o nascimento do infante D. Miguel. Ele foi estreado em 14 de Novembro de 1802, no Palácio de Queluz, por ocasião do batizado do infante.

O comunicado ainda também informa que: Criado em 1713 por decreto de D. João V, o Real Seminário de Música da Patriarcal de Lisboa "viria a ser a mais importante e influente Escola de Música do país antes da criação do Conservatório Nacional em 1835".(JSG)

Loading
Concerto musical comemora 300 Anos do Patriarcado de Lisboa

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 25-11-2016, Gaudium Press) Um concerto comemorativo dos 300 Anos do Patriarcado de Lisboa, será realizado hoje dia 25 deste mês, às 21:00, no Teatro Nacional de São Carlos, na capital portuguesa.

Concerto musical comemora 300 Anos do Patriarcado de Lisboa.jpg

Em nota distribuída à imprensa, informa-se que deverão ser executadas obras de compositores portugueses do século XVIII, entre eles Carlos Seixas, Francisco António de Almeida, João de Sousa Carvalho, António Leal Moreira e Marco Portugal.

Estes mestres da música erudita serão interpretados pela Orquestra Sinfônica Portuguesa em parceria promovida entre o Patriarcado de Lisboa e o Teatro Nacional de São Carlos.

Programação

A programação da comemoração estará dividida em duas partes, informa o comunicado de imprensa:

"A primeira parte deste concerto é integralmente preenchida por obras religiosas de compositores que, de uma forma ou de outra, estiveram intimamente associados à instituição fundada" por D. João V.

De Carlos Seixas (1704-1742), compositor nascido em Coimbra, notabilizado por sua vasta produção de sonatas para instrumentos de tecla, será cantado o Credo da sua Missa em Sol Maior.

De Francisco António de Almeida (1745-1799) será executada uma ária de ‘La Giuditta', oratória estreada em Roma em 172e situada entre as obras do mais alto nível da música barroca portuguesa.

Nesta primeira parte do concerto ainda serão executados dois excertos da Missa a 4 Vozes e do Te Deum, compostos por João de Souza Carvalho (1745-1799).

Na segunda parte deste terceiro centenário do Patriarcado de Lisboa será interpretado o Te Deum em Ré maior P04.08 de Marcos Portugal (1762-1830) que foi mestre do Real Seminário de Música da Patriarcal de Lisboa e, certamente, "o compositor português cujas obras no seu tempo maior difusão tiveram no estrangeiro".

Segundo informa o Teatro Nacional de São Carlos, este Te Deum foi composto para celebrar o nascimento do infante D. Miguel. Ele foi estreado em 14 de Novembro de 1802, no Palácio de Queluz, por ocasião do batizado do infante.

O comunicado ainda também informa que: Criado em 1713 por decreto de D. João V, o Real Seminário de Música da Patriarcal de Lisboa "viria a ser a mais importante e influente Escola de Música do país antes da criação do Conservatório Nacional em 1835".(JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83772-Concerto-musical-comemora-300-Anos-do-Patriarcado-de-Lisboa. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O manto teve seus traços confeccionados pelas irmãs do Carmelo de Santa Teresinha. ...
 
Dom Lorefice convida sua arquidiocese a colher o sentido verdadeiro da visita pastoral do Pontífice ...
 
A atualização realizada por uma comissão da CNBB teve inspiração o Documento 52 da Conferência ...
 
A celebração será onde São João Paulo II celebrou a Eucaristia em 1979, na primeira viagem de u ...
 
Nos grandes Santuários o Bispo designa a um sacerdote com o título de penitenciário que recebe as ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading