Loading
 
 
 
Loading
 
Coração de São João Berchmans chega aos Estados Unidos
Loading
 
13 de Dezembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Shreveport - Estados Unidos (Terça-feira, 13-12-2016, Gaudium Press) A relíquia do coração de São João Berchmans chegou aos Estados Unidos nesses últimos dias e será venerada no templo dedicado ao Santo, localizado em Shreveport, Louisiana, Estados Unidos, até o dia 18 de dezembro.

Coração de São João Berchmans chega aos Estados Unidos.jpg

O Santo Padroeiro dos coroinhas foi um religioso jesuíta do século XVII que cursava seus estudos na Companhia de Jesus em Roma. Oriundo da Bélgica, destacou-se por sua notável santidade pessoal.

Faleceu cedo, com apenas 22 anos, devido a uma infecção pulmonar. Seus contemporâneos no Colégio Romano o consideravam um Santo. Sua figura teve uma influência marcante para meninos e jovens, sendo um modelo de santidade na vida cotidiana e no cumprimento do dever do próprio Estado.

Uma das características particulares da espiritualidade de São João Berchmans é a obediência pontual a todas as normas e obrigações, buscando agradar a Deus e alcançar a perfeição cristã sem ambições extraordinárias.

Além disso, o religioso possuía uma intensa devoção mariana e uma decidida defesa do dogma da Imaculada Conceição.

A relação do Santo com Louisiana, Estados Unidos, vem desde 1866, quando foi registrado o milagre que permitiu sua canonização, um ano após a Guerra Civil.

Na época, o Santo apareceu a uma noviça e a curou de uma enfermidade, o que motivou a edificação de um Santuário em sua homenagem no lugar do milagre. (GPE/LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Crux

Loading
Coração de São João Berchmans chega aos Estados Unidos

Shreveport - Estados Unidos (Terça-feira, 13-12-2016, Gaudium Press) A relíquia do coração de São João Berchmans chegou aos Estados Unidos nesses últimos dias e será venerada no templo dedicado ao Santo, localizado em Shreveport, Louisiana, Estados Unidos, até o dia 18 de dezembro.

Coração de São João Berchmans chega aos Estados Unidos.jpg

O Santo Padroeiro dos coroinhas foi um religioso jesuíta do século XVII que cursava seus estudos na Companhia de Jesus em Roma. Oriundo da Bélgica, destacou-se por sua notável santidade pessoal.

Faleceu cedo, com apenas 22 anos, devido a uma infecção pulmonar. Seus contemporâneos no Colégio Romano o consideravam um Santo. Sua figura teve uma influência marcante para meninos e jovens, sendo um modelo de santidade na vida cotidiana e no cumprimento do dever do próprio Estado.

Uma das características particulares da espiritualidade de São João Berchmans é a obediência pontual a todas as normas e obrigações, buscando agradar a Deus e alcançar a perfeição cristã sem ambições extraordinárias.

Além disso, o religioso possuía uma intensa devoção mariana e uma decidida defesa do dogma da Imaculada Conceição.

A relação do Santo com Louisiana, Estados Unidos, vem desde 1866, quando foi registrado o milagre que permitiu sua canonização, um ano após a Guerra Civil.

Na época, o Santo apareceu a uma noviça e a curou de uma enfermidade, o que motivou a edificação de um Santuário em sua homenagem no lugar do milagre. (GPE/LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Crux

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/84112-Coracao-de-Sao-Joao-Berchmans-chega-aos-Estados-Unidos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading