Loading
 
 
 
Loading
 
Mosteiro de São Bento de Olinda celebra benção ao novo Abade
Loading
 
29 de Dezembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Recife - Pernambuco (Quinta-feira, 29-12-2016, Gaudium Press) A comunidade beneditina de Pernambuco celebrou com os demais fiéis a benção que confirmou o então Prior Administrador do Mosteiro de São Bento de Olinda, Dom Luiz Pedro Soares, como o novo Abade.

Mosteiro de São Bento de Olinda celebra benção ao novo Abade.jpg

Na ocasião, o Arcebispo Dom Fernando Saburido presidiu a Bênção Abacial e a celebração eucarística.

Ao longo da cerimônia, estiveram presentes, além do clero arquidiocesano, abades, abadessas, priores, prioresas, monges, monjas, fiéis, amigos e familiares de Dom Luiz Pedro Soares e os demais fiéis que contemplaram este momento significativo para o mosteiro pernambucano.

Com a Basílica do Mosteiro de São Bento lotada, houve a instalação de um telão no pátio externo do templo para o restante do púbico que desejava acompanhar a celebração.

Inspirado pelo lema de seu abaciado, Dom Luiz Soares escolheu uma sentença extraída da Regra Beneditina: "Spem suam Deo commiterre (RB 4, 41)", que significa "Colocar toda a esperança em Deus".

Em sua homilia, que antecedeu a bênção abacial, Dom Fernando Saburido destacou as qualidades que um Abade deve priorizar na condução da vida monástica: "É preferível ao Abade ser lembrado por sua bondade do que ser temido. Um Pastor deve acolher e aproximar as pessoas de Deus".

Cumprindo a tradição eclesial, Dom Fernando Saburido presidiu o rito da bênção do novo Abade, entregando-lhe a Regra Beneditina, e em seguida, o anel, que representa a fidelidade para com a comunidade, e a mitra e o báculo pastoral, que simbolizam a responsabilidade do pastor com o rebanho.

Segundo o novo Abade do Mosteiro de São Bento, receber o báculo pastoral representa um sinal de grande compromisso e responsabilidade, especialmente na formação de novos vocacionados.

Vale ressaltar que o Abade desempenha o papel do pai espiritual e do superior na comunidade, servindo de moderador entre o afeto de um pai e o rigor de um mestre.

Semelhante ao bispo, o cargo de Abade é vitalício e após os 75 anos, ele pode resignar e assim, é eleito outro Abade por voto direto dos integrantes da comunidade. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Olinda e Recife

Loading
Mosteiro de São Bento de Olinda celebra benção ao novo Abade

Recife - Pernambuco (Quinta-feira, 29-12-2016, Gaudium Press) A comunidade beneditina de Pernambuco celebrou com os demais fiéis a benção que confirmou o então Prior Administrador do Mosteiro de São Bento de Olinda, Dom Luiz Pedro Soares, como o novo Abade.

Mosteiro de São Bento de Olinda celebra benção ao novo Abade.jpg

Na ocasião, o Arcebispo Dom Fernando Saburido presidiu a Bênção Abacial e a celebração eucarística.

Ao longo da cerimônia, estiveram presentes, além do clero arquidiocesano, abades, abadessas, priores, prioresas, monges, monjas, fiéis, amigos e familiares de Dom Luiz Pedro Soares e os demais fiéis que contemplaram este momento significativo para o mosteiro pernambucano.

Com a Basílica do Mosteiro de São Bento lotada, houve a instalação de um telão no pátio externo do templo para o restante do púbico que desejava acompanhar a celebração.

Inspirado pelo lema de seu abaciado, Dom Luiz Soares escolheu uma sentença extraída da Regra Beneditina: "Spem suam Deo commiterre (RB 4, 41)", que significa "Colocar toda a esperança em Deus".

Em sua homilia, que antecedeu a bênção abacial, Dom Fernando Saburido destacou as qualidades que um Abade deve priorizar na condução da vida monástica: "É preferível ao Abade ser lembrado por sua bondade do que ser temido. Um Pastor deve acolher e aproximar as pessoas de Deus".

Cumprindo a tradição eclesial, Dom Fernando Saburido presidiu o rito da bênção do novo Abade, entregando-lhe a Regra Beneditina, e em seguida, o anel, que representa a fidelidade para com a comunidade, e a mitra e o báculo pastoral, que simbolizam a responsabilidade do pastor com o rebanho.

Segundo o novo Abade do Mosteiro de São Bento, receber o báculo pastoral representa um sinal de grande compromisso e responsabilidade, especialmente na formação de novos vocacionados.

Vale ressaltar que o Abade desempenha o papel do pai espiritual e do superior na comunidade, servindo de moderador entre o afeto de um pai e o rigor de um mestre.

Semelhante ao bispo, o cargo de Abade é vitalício e após os 75 anos, ele pode resignar e assim, é eleito outro Abade por voto direto dos integrantes da comunidade. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Olinda e Recife

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/84433-Mosteiro-de-Sao-Bento-de-Olinda-celebra-bencao-ao-novo-Abade. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading