Loading
 
 
 
Loading
 
Nigéria: Bispo alerta sobre nova onda anticristã por parte de terroristas da Fulani
Loading
 
6 de Janeiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Kafanchan (Sexta-feira, 06-01-2017, Gaudium Press) O Bispo de Kafanchan, na Nigéria, Dom Joseph Bagobiri, realizou um balanço da violência anticristã sofrida em sua região desde setembro de 2016, uma nova onda que recorda os terríveis ataques do grupo terrorista Boko Haram e que agora é executada pelos pastores Fulani, ainda pouco conhecidas no ocidente. Os números chegam a 53 povoados incendiados, 16 templos destruídos e mais de 800 assassinatos.

Além dos problemas sociais e econômicos como a distribuição da terra e escassez de terrenos para pastoreio, "a dimensão do problema mudou", comentou o prelado.

"Os Fulani são muçulmanos e a terra que eles estão atacando pertence principalmente a grupos étnicos que são cristãos, agora existe um ódio religioso que dirige a violência". Estas agressões converteram-se em perseguição religiosa".

Nos ataques as ações são dirigidas particularmente contra os negócios de cristãos e a templos e não se pode classificar a violência como étnica, porque as vítimas são cristãos de grupos étnicos distintos. A pesar de compartir características com a violência anticristã de outras regiões do mundo, "à perseguição dos Cristãos na Nigéria não se lhe dá o mesmo nível de atenção internacional", lamentou o prelado.

"Os ataques contra cristãos são recebidos com aparente indiferença por parte dos líderes do país", denunciou Dom Bagobiri.

"Ou a polícia não tem armas apropriadas para intervir, ou receberam ordens de não fazê-lo". O prelado alertou sobre o incremento do fundamentalismo na Nigeria, assim como a introdução da lei Sharia em 12 estados dos 36 que compõem a Nigéria.

Com informações de The Catholic Register.

Loading
Nigéria: Bispo alerta sobre nova onda anticristã por parte de terroristas da Fulani

Kafanchan (Sexta-feira, 06-01-2017, Gaudium Press) O Bispo de Kafanchan, na Nigéria, Dom Joseph Bagobiri, realizou um balanço da violência anticristã sofrida em sua região desde setembro de 2016, uma nova onda que recorda os terríveis ataques do grupo terrorista Boko Haram e que agora é executada pelos pastores Fulani, ainda pouco conhecidas no ocidente. Os números chegam a 53 povoados incendiados, 16 templos destruídos e mais de 800 assassinatos.

Além dos problemas sociais e econômicos como a distribuição da terra e escassez de terrenos para pastoreio, "a dimensão do problema mudou", comentou o prelado.

"Os Fulani são muçulmanos e a terra que eles estão atacando pertence principalmente a grupos étnicos que são cristãos, agora existe um ódio religioso que dirige a violência". Estas agressões converteram-se em perseguição religiosa".

Nos ataques as ações são dirigidas particularmente contra os negócios de cristãos e a templos e não se pode classificar a violência como étnica, porque as vítimas são cristãos de grupos étnicos distintos. A pesar de compartir características com a violência anticristã de outras regiões do mundo, "à perseguição dos Cristãos na Nigéria não se lhe dá o mesmo nível de atenção internacional", lamentou o prelado.

"Os ataques contra cristãos são recebidos com aparente indiferença por parte dos líderes do país", denunciou Dom Bagobiri.

"Ou a polícia não tem armas apropriadas para intervir, ou receberam ordens de não fazê-lo". O prelado alertou sobre o incremento do fundamentalismo na Nigeria, assim como a introdução da lei Sharia em 12 estados dos 36 que compõem a Nigéria.

Com informações de The Catholic Register.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/84641-Nigeria--Bispo-alerta-sobre-nova-onda-anticrista-por-parte-de-terroristas-da-Fulani. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading