Loading
 
 
 
Loading
 
Ano Jubilar na Polônia: em 2017 poloneses comemoram 300 anos da coroação da Virgem de Czestochowa
Loading
 
26 de Janeiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Varsóvia - Polônia (Quinta-feira, 26-01-2017, Gaudium Press) O ano de 2017 será considerado um Ano Jubilar para a Polônia e o governo polonês estabeleceu resoluções a propósito da celebração dos 300 anos da coroação canônica da imagem da Virgem de Czestochowa, a Virgem Negra de Jasna Gora.

Nossa-Senhora-de-Chestohowa-395x500.jpg
Uma resolução da Câmara do Parlamento, o Polish Sejm, diz que esta casa legislativa "convencida da importância especial da devoção mariana para nossa terra - não só no aspecto religioso, mas também social, cultural e patriótico -, estabelece 2017 como o Ano do 300° aniversário da Coroação da imagem de Nossa Senhora de Czestochowa",

Em uma resolução anterior, 15 de dezembro de 2016, o Parlamento polonês havia classificado "a imagem da Mãe de Deus de Jasna Góra (...) um dos tesouros nacionais e religiosos mais importantes".

Frei Marian Waligóra, prior do mosteiro onde se encontra Imagem da Virgem, segundo a agência católica de notícias polonesa KAI, declarou que a resolução dos dirigentes poloneses reconhece "as façanhas deste lugar na história do país, a importância de Jasna Góra como um lugar em nossa história e centro religioso para toda a Igreja e todos os católicos".

Rainha e Protetora da Polônia

O Rei João II Casimiro, já havia coroado a Virgem Negra como Rainha e Protetora da Polônia, em 1652, porém, a primeira coroação canônica foi realizada por Clemente XI no dia 8 de setembro de 1717.

Aconteceram, posteriormente, outras coroações canônicas desta Imagem da Virgem também foram realizadas por outros Papas: São Pio X, em 1910 e São João Paulo II, em 2005.

Coroação Canônica

Uma coroação canônica é um ato piedoso institucional no qual o Papa, através de uma bula, designa uma coroa ou uma auréola para ser acrescentada a uma imagem mariana sob um título devocional específico em uma área especial ou em uma diocese. A coroação da Virgem de Czestochowa foi a primeira coroação deste tipo realizada fora de Roma.

Ano Jubilar - súplica de Jasna Góra

A Polônia é maciçamente católica. Mais de 94% da população é composta por católicos e a Imagem da Virgem de Czestochowa, em Jasna Gora, que também é conhecida como "Virgem Negra", é muito venerada em todo o país e tem uma significação muito especial na alma e religiosidade dos poloneses.

O Ano Jubilar foi inaugurado com a celebração de uma Santa Missa no dia 8 de setembro de 2016, no Mosteiro de Jasna Góra, local onde se encontra a Imagem da Virgem Negra. A celebração foi presidida por Dom Stanislaw Gadecki, Arcebispo de Poznan.

As comemorações a propósito deste 3º Centenário deverão ser enceradas no dia 26 de agosto, data em que é celebrada a festa da Virgem de Czestochowa.

Para este jubileu, a Conferência Episcopal da Polônia criou um aplicativo para smartphones que envia um "pensamento mariano" todos os dias antes das 21h, a hora da "súplica de Jasna Góra", uma oração especial pela intercessão da Virgem rezada pelos poloneses.

Os bispos incentivam os fiéis a participar do Jubileu com o oferecimento de "dons espirituais" a Maria: recitar certas orações, voltar ao sacramento da Reconciliação, renunciar algum vício. (JSG)

Loading
Ano Jubilar na Polônia: em 2017 poloneses comemoram 300 anos da coroação da Virgem de Czestochowa

Varsóvia - Polônia (Quinta-feira, 26-01-2017, Gaudium Press) O ano de 2017 será considerado um Ano Jubilar para a Polônia e o governo polonês estabeleceu resoluções a propósito da celebração dos 300 anos da coroação canônica da imagem da Virgem de Czestochowa, a Virgem Negra de Jasna Gora.

Nossa-Senhora-de-Chestohowa-395x500.jpg
Uma resolução da Câmara do Parlamento, o Polish Sejm, diz que esta casa legislativa "convencida da importância especial da devoção mariana para nossa terra - não só no aspecto religioso, mas também social, cultural e patriótico -, estabelece 2017 como o Ano do 300° aniversário da Coroação da imagem de Nossa Senhora de Czestochowa",

Em uma resolução anterior, 15 de dezembro de 2016, o Parlamento polonês havia classificado "a imagem da Mãe de Deus de Jasna Góra (...) um dos tesouros nacionais e religiosos mais importantes".

Frei Marian Waligóra, prior do mosteiro onde se encontra Imagem da Virgem, segundo a agência católica de notícias polonesa KAI, declarou que a resolução dos dirigentes poloneses reconhece "as façanhas deste lugar na história do país, a importância de Jasna Góra como um lugar em nossa história e centro religioso para toda a Igreja e todos os católicos".

Rainha e Protetora da Polônia

O Rei João II Casimiro, já havia coroado a Virgem Negra como Rainha e Protetora da Polônia, em 1652, porém, a primeira coroação canônica foi realizada por Clemente XI no dia 8 de setembro de 1717.

Aconteceram, posteriormente, outras coroações canônicas desta Imagem da Virgem também foram realizadas por outros Papas: São Pio X, em 1910 e São João Paulo II, em 2005.

Coroação Canônica

Uma coroação canônica é um ato piedoso institucional no qual o Papa, através de uma bula, designa uma coroa ou uma auréola para ser acrescentada a uma imagem mariana sob um título devocional específico em uma área especial ou em uma diocese. A coroação da Virgem de Czestochowa foi a primeira coroação deste tipo realizada fora de Roma.

Ano Jubilar - súplica de Jasna Góra

A Polônia é maciçamente católica. Mais de 94% da população é composta por católicos e a Imagem da Virgem de Czestochowa, em Jasna Gora, que também é conhecida como "Virgem Negra", é muito venerada em todo o país e tem uma significação muito especial na alma e religiosidade dos poloneses.

O Ano Jubilar foi inaugurado com a celebração de uma Santa Missa no dia 8 de setembro de 2016, no Mosteiro de Jasna Góra, local onde se encontra a Imagem da Virgem Negra. A celebração foi presidida por Dom Stanislaw Gadecki, Arcebispo de Poznan.

As comemorações a propósito deste 3º Centenário deverão ser enceradas no dia 26 de agosto, data em que é celebrada a festa da Virgem de Czestochowa.

Para este jubileu, a Conferência Episcopal da Polônia criou um aplicativo para smartphones que envia um "pensamento mariano" todos os dias antes das 21h, a hora da "súplica de Jasna Góra", uma oração especial pela intercessão da Virgem rezada pelos poloneses.

Os bispos incentivam os fiéis a participar do Jubileu com o oferecimento de "dons espirituais" a Maria: recitar certas orações, voltar ao sacramento da Reconciliação, renunciar algum vício. (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dom Armando Bucciol lembra que a história da festa tem origem a partir do Concílio de Éfeso (451) ...
 
Na mensagem, o Papa Francisco dirige-se em particular aos jovens, que tem Santo Estanislau por padro ...
 
Numerosos jovens e crianças trajando alvas se reuniram na Catedral de Concepción, Chile, para cele ...
 
O novo Substituto para Assuntos Gerais da Secretaria de Estado é Dom Edgar Peña Parra, atual Núnc ...
 
Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading