Loading
 
 
 
Loading
 
Romaria das Candeias em Juazeiro do Norte (CE) encerra-se com extensa procissão de velas
Loading
 
3 de Fevereiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Juazeiro do Norte - Ceará (Sexta-feira, 03-02-2017, Gaudium Press) As ruas de Juazeiro do Norte foram tomadas por milhares de fiéis que se aglomeravam para acompanhar a tradicional Procissão das Velas da Romaria das Candeias. Na ocasião, a Imagem de Nossa Senhora foi saudada pelo público que a contemplava entoando louvores e orações.

 Romaria das Candeias em Juazeiro do Norte (CE) encerra-se com extensa procissão de velas.jpg
O andor com a Imagem de Nossa Senhora passando
pelos fiéis reunidos na Praça do Romeiro
Foto: Patrícia Silva/Diocese de Crato

O cortejo teve início após a Santa Missa da Bênção das Velas, presidida pelo bispo da Diocese de Crato, Dom Gilberto Pastana, na Capela do Socorro. O destino da caminhada era a Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, onde aconteceu o encerramento da programação festiva com a Bênção do Santíssimo Sacramento.

Neste dia, no qual também era celebrada a Festa da Apresentação de Jesus no Templo, a fé e a esperança dos romeiros da Mãe das Candeias iluminaram todo o trajeto percorrido.

Considerada a mais antiga de Juazeiro do Norte, a Romaria das Candeias remonta o final do século XIX, quando o patriarca da cidade cearense difundiu a devoção a Nossa Senhora, responsável por conduzir a luz que é o Nosso Senhor Jesus Cristo.

Em sua primeira participação na Romaria das Candeias, o bispo Dom Gilberto Pastana manifestou sua satisfação em vivenciar a experiência romeira. "Uma experiência nova, a primeira como bispo diocesano, e ela modifica porque, estando na procissão, eu tive a possibilidade de ver muitas expressões de idosos, crianças, de jovens recorrendo a Nossa Senhora e a sua proteção. Ela que trouxe a Luz que é Jesus", declarou.

Para Dom Gilberto, a romaria resultou em momentos de profunda espiritualidade e emoção, mas também de compromisso com a vida.

"A gente percebe essa preocupação também dos romeiros em zelar, cuidar, atender e ser atencioso para com as pessoas. É importante que isso gere cultura, também em todos nós, em todos os habitantes aqui de Juazeiro, essa solidariedade e essa paz, para que a luz do Senhor seja visível e, sendo visível, ela possa iluminar todas as escuridões da sociedade e da vida", acrescentou o bispo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Crato

Loading
Romaria das Candeias em Juazeiro do Norte (CE) encerra-se com extensa procissão de velas

Juazeiro do Norte - Ceará (Sexta-feira, 03-02-2017, Gaudium Press) As ruas de Juazeiro do Norte foram tomadas por milhares de fiéis que se aglomeravam para acompanhar a tradicional Procissão das Velas da Romaria das Candeias. Na ocasião, a Imagem de Nossa Senhora foi saudada pelo público que a contemplava entoando louvores e orações.

 Romaria das Candeias em Juazeiro do Norte (CE) encerra-se com extensa procissão de velas.jpg
O andor com a Imagem de Nossa Senhora passando
pelos fiéis reunidos na Praça do Romeiro
Foto: Patrícia Silva/Diocese de Crato

O cortejo teve início após a Santa Missa da Bênção das Velas, presidida pelo bispo da Diocese de Crato, Dom Gilberto Pastana, na Capela do Socorro. O destino da caminhada era a Basílica Santuário Nossa Senhora das Dores, onde aconteceu o encerramento da programação festiva com a Bênção do Santíssimo Sacramento.

Neste dia, no qual também era celebrada a Festa da Apresentação de Jesus no Templo, a fé e a esperança dos romeiros da Mãe das Candeias iluminaram todo o trajeto percorrido.

Considerada a mais antiga de Juazeiro do Norte, a Romaria das Candeias remonta o final do século XIX, quando o patriarca da cidade cearense difundiu a devoção a Nossa Senhora, responsável por conduzir a luz que é o Nosso Senhor Jesus Cristo.

Em sua primeira participação na Romaria das Candeias, o bispo Dom Gilberto Pastana manifestou sua satisfação em vivenciar a experiência romeira. "Uma experiência nova, a primeira como bispo diocesano, e ela modifica porque, estando na procissão, eu tive a possibilidade de ver muitas expressões de idosos, crianças, de jovens recorrendo a Nossa Senhora e a sua proteção. Ela que trouxe a Luz que é Jesus", declarou.

Para Dom Gilberto, a romaria resultou em momentos de profunda espiritualidade e emoção, mas também de compromisso com a vida.

"A gente percebe essa preocupação também dos romeiros em zelar, cuidar, atender e ser atencioso para com as pessoas. É importante que isso gere cultura, também em todos nós, em todos os habitantes aqui de Juazeiro, essa solidariedade e essa paz, para que a luz do Senhor seja visível e, sendo visível, ela possa iluminar todas as escuridões da sociedade e da vida", acrescentou o bispo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Diocese de Crato


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading