Loading
 
 
 
Loading
 
Festa de Nossa Senhora de Lourdes estimula milhares de devotos no Rio
Loading
 
10 de Fevereiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rio de Janeiro (Sexta-feira, 10-02-2017, Gaudium Press) A Igreja do Rio de Janeiro celebra neste mês a Festa em honra a Nossa Senhora de Lourdes. Considerada a Mãe dos aflitos que estão junto à cruz e Padroeira dos Enfermos, sua memória será reverenciada no Dia Mundial do Doente, em 11 de fevereiro.

Festa de Nossa Senhora de Lourdes estimula milhares de devotos no Rio.png

A cada ano, nesta data, o Papa publica uma mensagem, na qual pede especial atenção à condição dos enfermos e, ao mesmo tempo, convida familiares, profissionais de saúde e voluntários a dar graças pela vocação de servir e acompanhar os doentes.

Por esta ocasião, a Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel, preparou uma programação especial para o dia da festividade, a fim de acolher milhares de fiéis e devotos da Virgem Maria.

A festa iniciará logo pela manhã, com a Alvorada às 6h, seguida de Santa Missa. Às 9h, haverá a celebração litúrgica, e às 11h, uma cerimônia eucarística com a unção dos enfermos.

Mais tarde, às 13h, os fiéis serão convidados a participar da missa com a bênção dos remédios. Às 16h, será a vez do bispo auxiliar, Dom Joel Portella Amado, presidir a celebração, que contará com a bênção dos enfermos.

À noite, às 19h, ocorrerá a bênção das velas, seguida pela Procissão das Velas, marcada para às 20h.

A tradicional Procissão das Velas faz referência ao milagre realizado diante de aparições em Lourdes, na França. Diante da Virgem Santíssima, na Gruta de Massabielle, Bernadette rezava com uma vela nas mãos, que ia se consumindo e queimando até derreter inteiramente. Contudo, a devota não se feriu, e muito menos teve marcas de queimadura.

De acordo com o pároco da Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, Padre Valtemário Silva Frazão Junior, uma das principais intenções durante a procissão será o pedido de intercessão a Nossa Senhora por todos os enfermos.

"Procuramos realizar a procissão da mesma forma que ela é feita em Lourdes, na França, fazendo memória ao milagre da vela que aconteceu com a menina Bernadette. Caminhamos pelas ruas do bairro com uma vela acesa na mão rezando e pedindo a Virgem Maria para que abençoe a todos os doentes de nossas famílias, de nossas comunidades, do nosso círculo de amizades", disse.

Ainda segundo o Padre Valtemário, a água milagrosa vinda da Gruta de Massabielle, na França, será distribuída aos fiéis.

"Muitos doentes acorrem até o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França, para se banharem, beberem e fazerem uso piedoso dessa água, uma vez que há muitos relatos de cura e milagres reconhecidos pela Igreja. Trouxemos essa água de Lourdes, distribuída não só durante a festividade, mas no dia 11 de cada mês", completou.

O sacerdote também explicou de que maneira deve ser feito o uso da água milagrosa de Lourdes:

"A água é apenas um sinal do nosso Batismo e uma recordação do que Jesus nos ensinou. Santa Bernadette, a vidente de Lourdes, dizia que bastam pequenas doses, porque não é a água que faz o milagre, mas sim Deus, que nos ensinou que aqueles que n'Ele crerem e fossem batizados, eles mesmos se tornarão fontes de água viva". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Loading
Festa de Nossa Senhora de Lourdes estimula milhares de devotos no Rio

Rio de Janeiro (Sexta-feira, 10-02-2017, Gaudium Press) A Igreja do Rio de Janeiro celebra neste mês a Festa em honra a Nossa Senhora de Lourdes. Considerada a Mãe dos aflitos que estão junto à cruz e Padroeira dos Enfermos, sua memória será reverenciada no Dia Mundial do Doente, em 11 de fevereiro.

Festa de Nossa Senhora de Lourdes estimula milhares de devotos no Rio.png

A cada ano, nesta data, o Papa publica uma mensagem, na qual pede especial atenção à condição dos enfermos e, ao mesmo tempo, convida familiares, profissionais de saúde e voluntários a dar graças pela vocação de servir e acompanhar os doentes.

Por esta ocasião, a Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, em Vila Isabel, preparou uma programação especial para o dia da festividade, a fim de acolher milhares de fiéis e devotos da Virgem Maria.

A festa iniciará logo pela manhã, com a Alvorada às 6h, seguida de Santa Missa. Às 9h, haverá a celebração litúrgica, e às 11h, uma cerimônia eucarística com a unção dos enfermos.

Mais tarde, às 13h, os fiéis serão convidados a participar da missa com a bênção dos remédios. Às 16h, será a vez do bispo auxiliar, Dom Joel Portella Amado, presidir a celebração, que contará com a bênção dos enfermos.

À noite, às 19h, ocorrerá a bênção das velas, seguida pela Procissão das Velas, marcada para às 20h.

A tradicional Procissão das Velas faz referência ao milagre realizado diante de aparições em Lourdes, na França. Diante da Virgem Santíssima, na Gruta de Massabielle, Bernadette rezava com uma vela nas mãos, que ia se consumindo e queimando até derreter inteiramente. Contudo, a devota não se feriu, e muito menos teve marcas de queimadura.

De acordo com o pároco da Basílica de Nossa Senhora de Lourdes, Padre Valtemário Silva Frazão Junior, uma das principais intenções durante a procissão será o pedido de intercessão a Nossa Senhora por todos os enfermos.

"Procuramos realizar a procissão da mesma forma que ela é feita em Lourdes, na França, fazendo memória ao milagre da vela que aconteceu com a menina Bernadette. Caminhamos pelas ruas do bairro com uma vela acesa na mão rezando e pedindo a Virgem Maria para que abençoe a todos os doentes de nossas famílias, de nossas comunidades, do nosso círculo de amizades", disse.

Ainda segundo o Padre Valtemário, a água milagrosa vinda da Gruta de Massabielle, na França, será distribuída aos fiéis.

"Muitos doentes acorrem até o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes, na França, para se banharem, beberem e fazerem uso piedoso dessa água, uma vez que há muitos relatos de cura e milagres reconhecidos pela Igreja. Trouxemos essa água de Lourdes, distribuída não só durante a festividade, mas no dia 11 de cada mês", completou.

O sacerdote também explicou de que maneira deve ser feito o uso da água milagrosa de Lourdes:

"A água é apenas um sinal do nosso Batismo e uma recordação do que Jesus nos ensinou. Santa Bernadette, a vidente de Lourdes, dizia que bastam pequenas doses, porque não é a água que faz o milagre, mas sim Deus, que nos ensinou que aqueles que n'Ele crerem e fossem batizados, eles mesmos se tornarão fontes de água viva". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/85254-Festa-de-Nossa-Senhora-de-Lourdes-estimula-milhares-de-devotos-no-Rio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading