Loading
 
 
 
Loading
 
Arcebispo dos EUA recomenda a oração litúrgica das Completas
Loading
 
22 de Fevereiro de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Baltimore - Estados Unidos (Quarta-feira, 22-02-2017, Gaudium Press) Em uma recente mensagem aos 'Caballeros de Colón', seu Capelão Supremo, o Arcebispo de Baltimore, Estados Unidos, Dom William Lori, elogiou a oração litúrgica da noite, Completas. Esta oração, que faz parte da Liturgia das Horas, consagra a Deus o descanso noturno, louva e dá graças pelos benefícios recebidos e promove a paz e o descanso do fiel animado pela esperança de Cristo, explicou o prelado. O Arcebispo recordou que muitas pessoas, ele incluído em algumas oportunidades, padecem dificuldades para conciliar o sono devido as muitas ocupações, e que a reflexão agradecida sobre as bênçãos de Deus ajuda a terminar o dia de uma forma mais aprazível. "A Igreja, de fato, resolveu tudo isto há muito tempo e tem uma oração oficial para encerrar o dia", indicou.

"A Liturgia das Horas, também conhecida como o Ofício Divino ou Breviário, marca as horas do dia com a oração - pela manhã, o meio-dia, a tarde e a noite. Bispos, sacerdotes e diáconos estão obrigados a rezar, mas todos são convidados a orar assim", explicou Dom Lori. "A última oração do dia se chama Completas (...). Esta oração consiste em um exame de consciência, um hino no qual pedimos a Deus que esteja conosco através da noite, um Salmo que fala de recordar a Deus e sua misericórdia inclusive pela noite, e depois, o prato forte: o Cântico de Simeão".

O prelado se deteve sobre este cântico evangélico, registrado nas Sagradas Escrituras no momento no qual a Santíssima Virgem e São José levam ao menino ao templo de Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor. Ali, um homem justo chamado Simeão se encontrou com o Messias. "Quando Simeão tomou o Menino Jesus em seus braços, seus olhos da Fé se abriram e sabia que tinha o esperado Salvador. Cheio do Espírito Santo, ele pronunciou este cântico, que forma a peça central da oração da noite da Igreja", expôs o Arcebispo: "Agora, Senhor, podes deixar o teu servo ir em paz, pois meus próprios olhos viram a salvação que preparastes à vista de todos os povos: luz para que ilumine as nações e glória de teu povo Israel".

"Que bela oração para oferecer quando o trabalho de cada dia chega ao fim!", exclamou Dom Lori. "No lugar de ruminar minhas preocupações ou reviver qualquer contratempo que o dia trouxe, me parece que quando verdadeiramente me concentro no sentido deste canto, sou mais capaz de colocar todo o dia em sua perspectiva adequada". A confiança de Simeão nas promessas de Deus inspira ao cristão para poder participar da paz de quem conhece que o Salvador chegou para realizar sua obra. "Se sigo o exemplo de Simeão, quando cada dia chega ao seu fim, eu não necessito evitar minhas preocupações e minhas feridas, nem tenho que aliviá-las com a felicidade artificial do pensamento positivo auto-induzido. Pelo contrário, tudo o que tenho que fazer é confiar todo o pacote - todos meus pontos fortes e débeis, junto com os acontecimentos do dia - ao Senhor Jesus, que está tão presente para mim como estava para Simeão".

Esta consciência anima a reflexão pessoal sobre as coisas que Deus nos confiou, e inspira a perguntar-se "se fiz uma pausa durante o curso do dia e realmente abri meu coração à presença viva de Cristo na Eucaristia, da mesma forma que Simeão abriu seu coração ao Menino Jesus", se se viu o rosto de Cristo nas pessoas que nos rodeiam, se se percebe a salvação que Deus preparou para cada pessoa, se refletimos a bondade de Deus que tivemos em nossos braços. Então, encomendando-me ao Senhor, descanso em sua paz", concluiu o Arcebispo. (EPC)

Loading
Arcebispo dos EUA recomenda a oração litúrgica das Completas

Baltimore - Estados Unidos (Quarta-feira, 22-02-2017, Gaudium Press) Em uma recente mensagem aos 'Caballeros de Colón', seu Capelão Supremo, o Arcebispo de Baltimore, Estados Unidos, Dom William Lori, elogiou a oração litúrgica da noite, Completas. Esta oração, que faz parte da Liturgia das Horas, consagra a Deus o descanso noturno, louva e dá graças pelos benefícios recebidos e promove a paz e o descanso do fiel animado pela esperança de Cristo, explicou o prelado. O Arcebispo recordou que muitas pessoas, ele incluído em algumas oportunidades, padecem dificuldades para conciliar o sono devido as muitas ocupações, e que a reflexão agradecida sobre as bênçãos de Deus ajuda a terminar o dia de uma forma mais aprazível. "A Igreja, de fato, resolveu tudo isto há muito tempo e tem uma oração oficial para encerrar o dia", indicou.

"A Liturgia das Horas, também conhecida como o Ofício Divino ou Breviário, marca as horas do dia com a oração - pela manhã, o meio-dia, a tarde e a noite. Bispos, sacerdotes e diáconos estão obrigados a rezar, mas todos são convidados a orar assim", explicou Dom Lori. "A última oração do dia se chama Completas (...). Esta oração consiste em um exame de consciência, um hino no qual pedimos a Deus que esteja conosco através da noite, um Salmo que fala de recordar a Deus e sua misericórdia inclusive pela noite, e depois, o prato forte: o Cântico de Simeão".

O prelado se deteve sobre este cântico evangélico, registrado nas Sagradas Escrituras no momento no qual a Santíssima Virgem e São José levam ao menino ao templo de Jerusalém para apresentá-lo ao Senhor. Ali, um homem justo chamado Simeão se encontrou com o Messias. "Quando Simeão tomou o Menino Jesus em seus braços, seus olhos da Fé se abriram e sabia que tinha o esperado Salvador. Cheio do Espírito Santo, ele pronunciou este cântico, que forma a peça central da oração da noite da Igreja", expôs o Arcebispo: "Agora, Senhor, podes deixar o teu servo ir em paz, pois meus próprios olhos viram a salvação que preparastes à vista de todos os povos: luz para que ilumine as nações e glória de teu povo Israel".

"Que bela oração para oferecer quando o trabalho de cada dia chega ao fim!", exclamou Dom Lori. "No lugar de ruminar minhas preocupações ou reviver qualquer contratempo que o dia trouxe, me parece que quando verdadeiramente me concentro no sentido deste canto, sou mais capaz de colocar todo o dia em sua perspectiva adequada". A confiança de Simeão nas promessas de Deus inspira ao cristão para poder participar da paz de quem conhece que o Salvador chegou para realizar sua obra. "Se sigo o exemplo de Simeão, quando cada dia chega ao seu fim, eu não necessito evitar minhas preocupações e minhas feridas, nem tenho que aliviá-las com a felicidade artificial do pensamento positivo auto-induzido. Pelo contrário, tudo o que tenho que fazer é confiar todo o pacote - todos meus pontos fortes e débeis, junto com os acontecimentos do dia - ao Senhor Jesus, que está tão presente para mim como estava para Simeão".

Esta consciência anima a reflexão pessoal sobre as coisas que Deus nos confiou, e inspira a perguntar-se "se fiz uma pausa durante o curso do dia e realmente abri meu coração à presença viva de Cristo na Eucaristia, da mesma forma que Simeão abriu seu coração ao Menino Jesus", se se viu o rosto de Cristo nas pessoas que nos rodeiam, se se percebe a salvação que Deus preparou para cada pessoa, se refletimos a bondade de Deus que tivemos em nossos braços. Então, encomendando-me ao Senhor, descanso em sua paz", concluiu o Arcebispo. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/85582-Arcebispo-dos-EUA-recomenda-a-oracao-liturgica-das-Completas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading