Loading
 
 
 
Loading
 
Quarta-feira de Cinzas: por que cinzas
Loading
 
1 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Quarta-feira, 01-03-2017, Gaudium Press) Parte do período do Tempo Comum passou, o carnaval terminou, chegou a Quarta-feira de Cinzas. Chegou a Quaresma.

A Igreja dividiu o ano litúrgico em períodos que são muito bem caracterizados e que conduzem o fiel por um caminho que o levará ao ápice: a Páscoa.

A Quarta-Feira de Cinzas marca o início da Quaresma, seus 40 dias são dedicados à purificação e boas obras que preparam o fiel para bem considerar e viver de um modo cheio de sacralidade a Semana Santa quando se vive e comemora a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. A Quaresma também é uma preparação para bem viver a com muita alegria e paz de alma a Ressurreição do Senhor, no Domingo de Páscoa.

As cinzas

Qual a origem do costume de se colocar cinza sobre a cabeça do fiel nesse dia?

A Igreja primitiva assim marcava, no primeiro dia da Quaresma, os cristãos obrigados a fazer penitência pública, em razão de alguma falta grave. Assim ela os distinguia dos demais cristãos que não deveriam penitenciar-se.

Veio o Concílio de Benevento, em 1091, e, por determinação do Papa reinante, Urbano VI, o costume de marcar a testa dos católicos com uma cruz de cinza foi estendido a todos os fiéis.

Nada mais razoável, entendeu o Papa, em comum consenso com os fiéis, pois, todos têm motivos para ter um coração contrito e humilhado por causa das faltas e pecados cometidos.

Desde o Antigo Testamento

De fato, desde o Antigo Testamento, havia ocasiões em que a cinza era imposta na cabeça sendo, já naquele tempo, sinal de arrependimento e expiação.

Quando Jó ficou entristecido por ter defendido a causa da sua inocência com termos pouco comedidos ele exclamou:

"Repreendo-me a mim mesmo, e faço penitência no pó e na cinza" (Jó 42, 6).

Ainda no Antigo Testamento, para restaurar o pecado cometido por Achan na tomada de Jericó, Josué e os anciãos de Israel cobriram-lhe de cinza (Josué 7, 6).

O próprio Nosso Senhor Jesus Cristo utilizou-se desse símbolo quando diz que os habitantes de Tiro e de Sidônia teriam se arrependido sob o cilício e a cinza se tivessem visto os milagres por Ele operados na Judéia (Mt 11, 21).

De onde vem as cinzas

As cinzas para serem usadas na cerimônia de início da Quaresma são provenientes da queima dos ramos bentos no Domingo de Ramos do ano anterior.

O nada das coisas humanas

E a Igreja, na Quarta-feira de Cinzas, ao realizar a imposição das cinzas aos fiéis, incita-os à humildade.

E, ao mesmo tempo recorda-lhes o nada das coisas humanas: "Lembra-te que és pó e ao pó hás de voltar" (cf. Gen 3,19). (JSG)

Loading
Quarta-feira de Cinzas: por que cinzas

Redação (Quarta-feira, 01-03-2017, Gaudium Press) Parte do período do Tempo Comum passou, o carnaval terminou, chegou a Quarta-feira de Cinzas. Chegou a Quaresma.

A Igreja dividiu o ano litúrgico em períodos que são muito bem caracterizados e que conduzem o fiel por um caminho que o levará ao ápice: a Páscoa.

A Quarta-Feira de Cinzas marca o início da Quaresma, seus 40 dias são dedicados à purificação e boas obras que preparam o fiel para bem considerar e viver de um modo cheio de sacralidade a Semana Santa quando se vive e comemora a Paixão e Morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. A Quaresma também é uma preparação para bem viver a com muita alegria e paz de alma a Ressurreição do Senhor, no Domingo de Páscoa.

As cinzas

Qual a origem do costume de se colocar cinza sobre a cabeça do fiel nesse dia?

A Igreja primitiva assim marcava, no primeiro dia da Quaresma, os cristãos obrigados a fazer penitência pública, em razão de alguma falta grave. Assim ela os distinguia dos demais cristãos que não deveriam penitenciar-se.

Veio o Concílio de Benevento, em 1091, e, por determinação do Papa reinante, Urbano VI, o costume de marcar a testa dos católicos com uma cruz de cinza foi estendido a todos os fiéis.

Nada mais razoável, entendeu o Papa, em comum consenso com os fiéis, pois, todos têm motivos para ter um coração contrito e humilhado por causa das faltas e pecados cometidos.

Desde o Antigo Testamento

De fato, desde o Antigo Testamento, havia ocasiões em que a cinza era imposta na cabeça sendo, já naquele tempo, sinal de arrependimento e expiação.

Quando Jó ficou entristecido por ter defendido a causa da sua inocência com termos pouco comedidos ele exclamou:

"Repreendo-me a mim mesmo, e faço penitência no pó e na cinza" (Jó 42, 6).

Ainda no Antigo Testamento, para restaurar o pecado cometido por Achan na tomada de Jericó, Josué e os anciãos de Israel cobriram-lhe de cinza (Josué 7, 6).

O próprio Nosso Senhor Jesus Cristo utilizou-se desse símbolo quando diz que os habitantes de Tiro e de Sidônia teriam se arrependido sob o cilício e a cinza se tivessem visto os milagres por Ele operados na Judéia (Mt 11, 21).

De onde vem as cinzas

As cinzas para serem usadas na cerimônia de início da Quaresma são provenientes da queima dos ramos bentos no Domingo de Ramos do ano anterior.

O nada das coisas humanas

E a Igreja, na Quarta-feira de Cinzas, ao realizar a imposição das cinzas aos fiéis, incita-os à humildade.

E, ao mesmo tempo recorda-lhes o nada das coisas humanas: "Lembra-te que és pó e ao pó hás de voltar" (cf. Gen 3,19). (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/85718-Quarta-feira-de-Cinzas--por-que-cinzas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading