Loading
 
 
 
Loading
 
Exercícios Espirituais com Papa e Curia: o pregador, Frei Michelini comenta
Loading
 
2 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 02-03-2017, Gaudium Press) Do dia 5 de março até o dia 10, o Papa Francisco, juntamente com a Cúria Romana, estará participando dos tradicionais Exercícios Espirituais da Quaresma.

Exercícios Espirituais com Papa e Curia o pregador, Frei Michelini comenta.jpg

Neste ano o Encontro será na Casa do Divino Mestre, em Ariccia. O pregador será o sacerdote franciscano Frei Giulio Michelini, um milanês de 53 anos que é professor no Instituto Teológico de Assis.

Frei Giúlio falou com a Rádio Vaticano e comentou como foi que ele recebeu o convite feito por um dos colaboradores próximos do Pontífice para pregar um retiro para o Papa e a Cúria:

"Devo dizer a verdade que, imediatamente, -a quem me apresentou a proposta- eu reagi dizendo logo: "Bem, confio". Conversei com quem me ajuda. Sempre me aconselho com o meu diretor espiritual, e ele me disse: "Olha, Padre Giulio, mas foste tu que pediste? E eu respondi: "Jamais faria isto! ".

Então ele me disse: "Fale como se falasse a um dos discípulos de Cristo, como tu fazes". E isto me deixou sereno".

A Rádio Vaticano recordou ao Frei Giúlio Michelini que ele era um especialista em tratar do evangelista Mateus e que seria exatamente o Evangelho da Paixão narrada por Mateus que estaria a sua disposição para inspirar-se para suas meditações. Frei Giúlio logo comentou:

"O Evangelho de Mateus é o Evangelho da Igreja, isto é, aquele que mais valoriza a figura de Pedro; não somente é o único Evangelho que utiliza a palavra ‘ecclesia' - Igreja - duas vezes, mas é o Evangelho que mais fala de Pedro. E, portanto, me pareceu bonito estar diante de Pedro e falar com ele do Evangelho que é o primeiro Evangelho, ou chamado também de "Evangelho eclesial" da Igreja".

A RV recordou que mais de uma vez o Papa fez referência à vocação de Mateus, que tanto influenciou a vida espiritual do Pontífice e suas escolas. Sendo assim, a questão da misericórdia...

Respondeu Frei Michelini, de imediato:

"E é de fato uma ideia importante, porque naquela vocação - como o Papa Francisco observou - há o olhar de misericórdia de Jesus. Ora, nós sabemos que o Evangelho de Mateus é o Evangelho da misericórdia. A palavra éleos -misericórdia- aparece mais vezes no Evangelho de Mateus do que nos outros Evangelhos. E, portanto, mesmo se Lucas é aquele que, por exemplo, nos narra as parábolas da misericórdia, como aquela do capítulo 15, a ovelha perdida, o filho pródigo, a moeda perdida, deve ser dito no entanto que Mateus insiste sobre isto e o Papa identificou-se com o olhar de Jesus que chama Pedro, porque foi chamado e foi usada de misericórdia para com ele".

Os Exercícios Espirituais, como os havia pensado Santo Inácio de Loyola, é um tempo em que cada cristão deveria refazer-se.

Estas são meditações oferecidas à Cúria e ao Papa, lembra a RV, que logo pergunta o que o pregador poderia dizer a este respeito e qual é a finalidade destes Exercícios Espirituais...

"O problema é justamente este, de que na nossa vida, às vezes, nós vamos em frente porque fazemos tantas coisas; talvez nos faça bem parar, quer durante o dia, quer em um tempo especial como a Quaresma, onde nos perguntamos:
"Para onde estou indo? O que estou fazendo? Por que estou fazendo? Estou fazendo bem? Quem me guia? É o Espírito que me guia? É o meu desejo de sucesso que me guia, do dinheiro? Como vivo os meus relacionamentos? ".

Quem sabe poderíamos dizer: façamos a cada dia um balanço, uma verificação e a Quaresma, no fundo, é isto, porque paramos. Assim, eu proponho um jejum, em particular das coisas que às vezes nos distraem e que são, por exemplo, o bombardeio mediático, e sobre isto deveríamos estar muito atentos. Enquanto estávamos fazendo esta entrevista, chegaram para mim, acredito, cinco mensagens no whatsapp e agora sou obrigado a vê-las! Realmente, às vezes a quantidade de informações, mesmo banais, que nos chegam, são no fundo também perigosas. Portanto, esta é uma forma de pausa um pouco para recuperar e parar. Temos realmente necessidade disto, sobretudo neste tempo". (JSG)

Loading
Exercícios Espirituais com Papa e Curia: o pregador, Frei Michelini comenta

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 02-03-2017, Gaudium Press) Do dia 5 de março até o dia 10, o Papa Francisco, juntamente com a Cúria Romana, estará participando dos tradicionais Exercícios Espirituais da Quaresma.

Exercícios Espirituais com Papa e Curia o pregador, Frei Michelini comenta.jpg

Neste ano o Encontro será na Casa do Divino Mestre, em Ariccia. O pregador será o sacerdote franciscano Frei Giulio Michelini, um milanês de 53 anos que é professor no Instituto Teológico de Assis.

Frei Giúlio falou com a Rádio Vaticano e comentou como foi que ele recebeu o convite feito por um dos colaboradores próximos do Pontífice para pregar um retiro para o Papa e a Cúria:

"Devo dizer a verdade que, imediatamente, -a quem me apresentou a proposta- eu reagi dizendo logo: "Bem, confio". Conversei com quem me ajuda. Sempre me aconselho com o meu diretor espiritual, e ele me disse: "Olha, Padre Giulio, mas foste tu que pediste? E eu respondi: "Jamais faria isto! ".

Então ele me disse: "Fale como se falasse a um dos discípulos de Cristo, como tu fazes". E isto me deixou sereno".

A Rádio Vaticano recordou ao Frei Giúlio Michelini que ele era um especialista em tratar do evangelista Mateus e que seria exatamente o Evangelho da Paixão narrada por Mateus que estaria a sua disposição para inspirar-se para suas meditações. Frei Giúlio logo comentou:

"O Evangelho de Mateus é o Evangelho da Igreja, isto é, aquele que mais valoriza a figura de Pedro; não somente é o único Evangelho que utiliza a palavra ‘ecclesia' - Igreja - duas vezes, mas é o Evangelho que mais fala de Pedro. E, portanto, me pareceu bonito estar diante de Pedro e falar com ele do Evangelho que é o primeiro Evangelho, ou chamado também de "Evangelho eclesial" da Igreja".

A RV recordou que mais de uma vez o Papa fez referência à vocação de Mateus, que tanto influenciou a vida espiritual do Pontífice e suas escolas. Sendo assim, a questão da misericórdia...

Respondeu Frei Michelini, de imediato:

"E é de fato uma ideia importante, porque naquela vocação - como o Papa Francisco observou - há o olhar de misericórdia de Jesus. Ora, nós sabemos que o Evangelho de Mateus é o Evangelho da misericórdia. A palavra éleos -misericórdia- aparece mais vezes no Evangelho de Mateus do que nos outros Evangelhos. E, portanto, mesmo se Lucas é aquele que, por exemplo, nos narra as parábolas da misericórdia, como aquela do capítulo 15, a ovelha perdida, o filho pródigo, a moeda perdida, deve ser dito no entanto que Mateus insiste sobre isto e o Papa identificou-se com o olhar de Jesus que chama Pedro, porque foi chamado e foi usada de misericórdia para com ele".

Os Exercícios Espirituais, como os havia pensado Santo Inácio de Loyola, é um tempo em que cada cristão deveria refazer-se.

Estas são meditações oferecidas à Cúria e ao Papa, lembra a RV, que logo pergunta o que o pregador poderia dizer a este respeito e qual é a finalidade destes Exercícios Espirituais...

"O problema é justamente este, de que na nossa vida, às vezes, nós vamos em frente porque fazemos tantas coisas; talvez nos faça bem parar, quer durante o dia, quer em um tempo especial como a Quaresma, onde nos perguntamos:
"Para onde estou indo? O que estou fazendo? Por que estou fazendo? Estou fazendo bem? Quem me guia? É o Espírito que me guia? É o meu desejo de sucesso que me guia, do dinheiro? Como vivo os meus relacionamentos? ".

Quem sabe poderíamos dizer: façamos a cada dia um balanço, uma verificação e a Quaresma, no fundo, é isto, porque paramos. Assim, eu proponho um jejum, em particular das coisas que às vezes nos distraem e que são, por exemplo, o bombardeio mediático, e sobre isto deveríamos estar muito atentos. Enquanto estávamos fazendo esta entrevista, chegaram para mim, acredito, cinco mensagens no whatsapp e agora sou obrigado a vê-las! Realmente, às vezes a quantidade de informações, mesmo banais, que nos chegam, são no fundo também perigosas. Portanto, esta é uma forma de pausa um pouco para recuperar e parar. Temos realmente necessidade disto, sobretudo neste tempo". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/85740-Exercicios-Espirituais-com-Papa-e-Curia--o-pregador--Frei-Michelini-comenta. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading