Loading
 
 
 
Loading
 
Santuário de São Sebastião, no Rio, acolhe missa pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa
Loading
 
6 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rio de Janeiro (Segunda-feira, 06-03-2017, Gaudium Press) O Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro, presidiu a cerimônia de ação de graças pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa, na Basílica Santuário de São Sebastião, na Tijuca.

Santuário de São Sebastião, no Rio, acolhe missa pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa.jpg

O Santuário possui uma alta relevância para a população carioca, uma vez que carrega três símbolos importantes, que são as chamadas "relíquias históricas da cidade": o marco de fundação, os restos mortais do fundador da cidade, Estácio de Sá, e a imagem histórica de São Sebastião, Padroeiro do Rio de Janeiro.

Em sua homilia, o Cardeal Orani destacou que o fato da data coincidir com o início da Quaresma lembra a responsabilidade e a missão dos católicos cariocas, que são chamados a serem "embaixadores de Cristo".

"Creio que a providência de celebrar o aniversário da cidade e, ao mesmo tempo, o início da Quaresma, é um sinal de Deus para nós, que vivemos nesta cidade, sobre a nossa responsabilidade enquanto cristãos. Ao celebrar o aniversário da fundação da cidade, com todos esses sinais históricos da cultura lusitana e cristã, também iniciando o tempo da Quaresma, somos convidados a ser, conforme nos ilumina a Palavra de Deus, ‘... embaixadores de Cristo. Em nome de Cristo nós vos suplicamos: deixai-vos reconciliar com Deus" (2 Cor 5, 20). Somos chamados a sair pela cidade, ir ao encontro das pessoas, porque Deus quer entrar na vida de cada habitante dessa cidade", disse.

Também neste mesmo dia, houve o lançamento da Campanha da Fraternidade 2017 que, neste ano, aborda sobre o respeito à vida e à cultura de paz através do tema "Fraternidade, biomas brasileiros", e a inauguração de uma exposição sobre a vida de Frei Nemésio, reitor do Santuário de São Sebastião, falecido em fevereiro do ano passado, intitulada "Alegria de ser capuchinho". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro

Loading
Santuário de São Sebastião, no Rio, acolhe missa pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa

Rio de Janeiro (Segunda-feira, 06-03-2017, Gaudium Press) O Cardeal Orani João Tempesta, Arcebispo do Rio de Janeiro, presidiu a cerimônia de ação de graças pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa, na Basílica Santuário de São Sebastião, na Tijuca.

Santuário de São Sebastião, no Rio, acolhe missa pelos 452 anos da Cidade Maravilhosa.jpg

O Santuário possui uma alta relevância para a população carioca, uma vez que carrega três símbolos importantes, que são as chamadas "relíquias históricas da cidade": o marco de fundação, os restos mortais do fundador da cidade, Estácio de Sá, e a imagem histórica de São Sebastião, Padroeiro do Rio de Janeiro.

Em sua homilia, o Cardeal Orani destacou que o fato da data coincidir com o início da Quaresma lembra a responsabilidade e a missão dos católicos cariocas, que são chamados a serem "embaixadores de Cristo".

"Creio que a providência de celebrar o aniversário da cidade e, ao mesmo tempo, o início da Quaresma, é um sinal de Deus para nós, que vivemos nesta cidade, sobre a nossa responsabilidade enquanto cristãos. Ao celebrar o aniversário da fundação da cidade, com todos esses sinais históricos da cultura lusitana e cristã, também iniciando o tempo da Quaresma, somos convidados a ser, conforme nos ilumina a Palavra de Deus, ‘... embaixadores de Cristo. Em nome de Cristo nós vos suplicamos: deixai-vos reconciliar com Deus" (2 Cor 5, 20). Somos chamados a sair pela cidade, ir ao encontro das pessoas, porque Deus quer entrar na vida de cada habitante dessa cidade", disse.

Também neste mesmo dia, houve o lançamento da Campanha da Fraternidade 2017 que, neste ano, aborda sobre o respeito à vida e à cultura de paz através do tema "Fraternidade, biomas brasileiros", e a inauguração de uma exposição sobre a vida de Frei Nemésio, reitor do Santuário de São Sebastião, falecido em fevereiro do ano passado, intitulada "Alegria de ser capuchinho". (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese do Rio de Janeiro


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading