Loading
 
 
 
Loading
 
Exercícios espirituais: Judas e o risco de perder a fé
Loading
 
9 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Ariccia - Itália (Quinta-feira, 09-03-2017, Gaudium Press) O Padre Giúlio Michellini tratou na quinta meditação dos Exercícios Espirituais do Papa e da Cúria Romana do risco de perder a fé, do suicídio e da missão da Igreja em busca dos pecadores.

Exercícios espirituais Judas e o risco de perder a fé.jpg

A reflexão foi centralizada na figura de Judas.

Suicídio de Judas

A meditação matutina do frade franciscano girou em torno do drama do suicídio de Judas, um dos Doze. Evento escandaloso, desconcertante, que, porém, o Evangelho não esconde.

Um drama. Um drama que, no Evangelho, São Mateus diz que Judas reconhece ter pecado porque traiu sangue inocente.

Judas perdeu a Fé: o risco para nós "Abandono-te, Senhor. Tu, não me abandones."

Em seguida, o pregador buscou reconstruir os motivos que podem ter levado Judas a trair Jesus, que o havia escolhido e chamado para ser seu discípulo. E Judas havia seguido o Senhor...

Tentando entender o drama de porque Judas foi levado a trair, Padre Michelini releu textos de estudiosos e escritores.
E ele levantou uma primeira hipótese: Judas, em certo ponto da vida perdeu a fé.

Sem dúvida, isso pode ter acontecido e é um risco a partir do qual todos devem se perguntar:

"Há por acaso em minha vida muitos dias em que não abandonamos Cristo - nosso saber melhor, nosso amor - por uma vaidade, uma sensualidade, um ganho, uma segurança, um ódio, uma vingança? Temos poucas justificativas para falar com indignação sobre o traidor. Judas revela nós mesmos."

Messias de Israel, libertador, combatente, político

Padre Michellini levantou outra hipótese sobre a traição de Judas: Judas queria que Cristo se mostrasse como o Messias de Israel, libertador, combatente, político.

Ele não via mais no rosto de Jesus o Senhor, via apenas um Rabi, um Mestre, e quer forçá-lo a fazer aquilo que ele deseja.
Antes, perdeu a Fé; agora, perdeu a visão...

O que fazer por quem se encontra distante da Fé

A segunda reflexão que a meditação matutina quer destacar é sobre o que se pode fazer por quem se encontra distante da fé.
A resposta é que é necessário sair à procura dos pecadores, lembrou o pregador.

Judas foi descartado, traidor e arrependido não foi acolhido pelos pastores que eram intelectuais da religião com uma moral feita a partir da sua inteligência e não da revelação de Deus.

O percurso de Judas levou-o ao suicídio após dar-se conta de seu pecado, observou o frade.

Ajudar os cristãos a não perder a fé

Falando do suicídio de Judas, Pe. Michelini não se esqueceu dos suicídios atuais, dos suicídios assistidos e os suicídios de jovens.
E foi aí, nesta situação, que ele encontrou as perguntas que seriam dirigidas aos pastores presntes:

"Como podemos ajudar os cristãos do nosso tempo a não perder a fé, a retomar consciência da própria fé, aquela da qual se fala no Novo Testamento, a fé alegre, totalizadora, a adesão à pessoa de Jesus, o que podemos fazer para que não mais ocorram esses suicídios? " (JSG)

Loading
Exercícios espirituais: Judas e o risco de perder a fé

Ariccia - Itália (Quinta-feira, 09-03-2017, Gaudium Press) O Padre Giúlio Michellini tratou na quinta meditação dos Exercícios Espirituais do Papa e da Cúria Romana do risco de perder a fé, do suicídio e da missão da Igreja em busca dos pecadores.

Exercícios espirituais Judas e o risco de perder a fé.jpg

A reflexão foi centralizada na figura de Judas.

Suicídio de Judas

A meditação matutina do frade franciscano girou em torno do drama do suicídio de Judas, um dos Doze. Evento escandaloso, desconcertante, que, porém, o Evangelho não esconde.

Um drama. Um drama que, no Evangelho, São Mateus diz que Judas reconhece ter pecado porque traiu sangue inocente.

Judas perdeu a Fé: o risco para nós "Abandono-te, Senhor. Tu, não me abandones."

Em seguida, o pregador buscou reconstruir os motivos que podem ter levado Judas a trair Jesus, que o havia escolhido e chamado para ser seu discípulo. E Judas havia seguido o Senhor...

Tentando entender o drama de porque Judas foi levado a trair, Padre Michelini releu textos de estudiosos e escritores.
E ele levantou uma primeira hipótese: Judas, em certo ponto da vida perdeu a fé.

Sem dúvida, isso pode ter acontecido e é um risco a partir do qual todos devem se perguntar:

"Há por acaso em minha vida muitos dias em que não abandonamos Cristo - nosso saber melhor, nosso amor - por uma vaidade, uma sensualidade, um ganho, uma segurança, um ódio, uma vingança? Temos poucas justificativas para falar com indignação sobre o traidor. Judas revela nós mesmos."

Messias de Israel, libertador, combatente, político

Padre Michellini levantou outra hipótese sobre a traição de Judas: Judas queria que Cristo se mostrasse como o Messias de Israel, libertador, combatente, político.

Ele não via mais no rosto de Jesus o Senhor, via apenas um Rabi, um Mestre, e quer forçá-lo a fazer aquilo que ele deseja.
Antes, perdeu a Fé; agora, perdeu a visão...

O que fazer por quem se encontra distante da Fé

A segunda reflexão que a meditação matutina quer destacar é sobre o que se pode fazer por quem se encontra distante da fé.
A resposta é que é necessário sair à procura dos pecadores, lembrou o pregador.

Judas foi descartado, traidor e arrependido não foi acolhido pelos pastores que eram intelectuais da religião com uma moral feita a partir da sua inteligência e não da revelação de Deus.

O percurso de Judas levou-o ao suicídio após dar-se conta de seu pecado, observou o frade.

Ajudar os cristãos a não perder a fé

Falando do suicídio de Judas, Pe. Michelini não se esqueceu dos suicídios atuais, dos suicídios assistidos e os suicídios de jovens.
E foi aí, nesta situação, que ele encontrou as perguntas que seriam dirigidas aos pastores presntes:

"Como podemos ajudar os cristãos do nosso tempo a não perder a fé, a retomar consciência da própria fé, aquela da qual se fala no Novo Testamento, a fé alegre, totalizadora, a adesão à pessoa de Jesus, o que podemos fazer para que não mais ocorram esses suicídios? " (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/85910-Exercicios-espirituais--Judas-e-o-risco-de-perder-a-fe. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O manto teve seus traços confeccionados pelas irmãs do Carmelo de Santa Teresinha. ...
 
Dom Lorefice convida sua arquidiocese a colher o sentido verdadeiro da visita pastoral do Pontífice ...
 
A atualização realizada por uma comissão da CNBB teve inspiração o Documento 52 da Conferência ...
 
A celebração será onde São João Paulo II celebrou a Eucaristia em 1979, na primeira viagem de u ...
 
Nos grandes Santuários o Bispo designa a um sacerdote com o título de penitenciário que recebe as ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading