Loading
 
 
 
Loading
 
Papa abençoou Imagem de Fátima para católicos chineses
Loading
 
15 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 15-03-2017, Gadium Press) O Papa Francisco abençoou hoje uma imagem de Nossa Senhora de Fátima que foi levada ao Vaticano por católicos da China, antes do início da audiência geral.

Papa abençoou Imagem de Fátima para católicos chineses.jpg

Quando percorria a Praça de São Pedro em seu papamóvel, o Papa parou para saudar um pequeno grupo de fiéis entusiasmado que, portando bandeiras chinesas, procuravam oscular as mãos do Pontífice.

Do meio do grupo vindo da China, destacou-se um fiel que trazia consigo uma imagem de Nossa Senhora de Fátima. O peregrino chinês aproximou-se do Papa fazendo sinais para que ele a abençoasse. E conseguiu se intento... voltando depois para o meio do seu grupo com o troféu que ele leva para seus irmãos.

Nossa Senhora de Fátima na China

Recorda-se que no último mês de janeiro o Papa Francisco havia abençoado seis imagens de Nossa Senhora de Fátima, no Vaticano.

Essas imagens eram destinadas percorrer o mundo neste ano em que se comemora o Centenário das Aparições da Virgem Maria na Cova da Iria. Uma delas tinha como primeiro destino a cidade chinesa de Hong Kong.

Católicos, mas, "clandestinos"...

Vale a pena recordar as dificuldades nas quais vivem os católicos na China, onde, ao mesmo tempo, uma esperança de crescimento do número de fiéis se evidencia a cada instante.

Como é sabido, o regime comunista de Pequim criou em 1957 uma Igreja "oficial", a APC - Associação Patriótica Católica, com a desculpa pouco convincente de evitar interferências estrangeiras, em especial da Santa Sé, mas, sobretudo para assegurar que os católicos vivam como deseja o Estado e suas metas políticas e ideológicas. E isto inclui até o controle e a nomeação de bispos. Esta "igreja" não tem o reconhecimento da Santa Sé.

Os verdadeiros católicos, unidos à Santa Sé, não reconhecem a APC. Por isso os católicos em comunhão com o Papa são considerados como pertencentes a uma Igreja "clandestina", subterrânea.

Os chineses que estavam na Praça São Pedro são "clandestinos". (JSG)

Loading
Papa abençoou Imagem de Fátima para católicos chineses

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 15-03-2017, Gadium Press) O Papa Francisco abençoou hoje uma imagem de Nossa Senhora de Fátima que foi levada ao Vaticano por católicos da China, antes do início da audiência geral.

Papa abençoou Imagem de Fátima para católicos chineses.jpg

Quando percorria a Praça de São Pedro em seu papamóvel, o Papa parou para saudar um pequeno grupo de fiéis entusiasmado que, portando bandeiras chinesas, procuravam oscular as mãos do Pontífice.

Do meio do grupo vindo da China, destacou-se um fiel que trazia consigo uma imagem de Nossa Senhora de Fátima. O peregrino chinês aproximou-se do Papa fazendo sinais para que ele a abençoasse. E conseguiu se intento... voltando depois para o meio do seu grupo com o troféu que ele leva para seus irmãos.

Nossa Senhora de Fátima na China

Recorda-se que no último mês de janeiro o Papa Francisco havia abençoado seis imagens de Nossa Senhora de Fátima, no Vaticano.

Essas imagens eram destinadas percorrer o mundo neste ano em que se comemora o Centenário das Aparições da Virgem Maria na Cova da Iria. Uma delas tinha como primeiro destino a cidade chinesa de Hong Kong.

Católicos, mas, "clandestinos"...

Vale a pena recordar as dificuldades nas quais vivem os católicos na China, onde, ao mesmo tempo, uma esperança de crescimento do número de fiéis se evidencia a cada instante.

Como é sabido, o regime comunista de Pequim criou em 1957 uma Igreja "oficial", a APC - Associação Patriótica Católica, com a desculpa pouco convincente de evitar interferências estrangeiras, em especial da Santa Sé, mas, sobretudo para assegurar que os católicos vivam como deseja o Estado e suas metas políticas e ideológicas. E isto inclui até o controle e a nomeação de bispos. Esta "igreja" não tem o reconhecimento da Santa Sé.

Os verdadeiros católicos, unidos à Santa Sé, não reconhecem a APC. Por isso os católicos em comunhão com o Papa são considerados como pertencentes a uma Igreja "clandestina", subterrânea.

Os chineses que estavam na Praça São Pedro são "clandestinos". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86014-Papa-abencoou-Imagem-de-Fatima-para-catolicos-chineses. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading