Loading
 
 
 
Loading
 
O trabalho dignifica, diz Francisco no final da Audiência
Loading
 
15 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 15-03-2017, Gauidium Press) Após a Catequese do Papa Francisco na Audiência Geral da Quarta-feira, o Papa saudou diversos grupos que se encontravam na Praça São Pedro.

O trabalho dignifica, diz Francisco no final da Audiência.jpg

Francisco saudou um grupo de peregrinos chineses que lhe entregaram uma imagem de Nossa Senhora de Fátima para que ele a abençoasse e também outros grupos representativos ali presentes.

No final da catequese o Pontífice saudou funcionários de uma empresa televisiva italiana que correm o risco de ficar sem trabalho. Ao dirigir-se a eles, Francisco aproveitou a oportunidade para fazer um apelo em prol de todos os desempregados:

"O trabalho nos dá dignidade. E os responsáveis pelos povos, os dirigentes, têm a obrigação de fazer tudo para que todo homem e toda mulher possa trabalhar e, assim, poder ter a cabeça erguida e olhar os outros no rosto, com dignidade. Quem por manobras econômicas, para fazer negociações não completamente claras, fecha fábricas, fecha iniciativas empresariais e tira o trabalho aos homens, esta pessoa comete um pecado gravíssimo."

Ao saudar grupos oriundos da Síria, do Líbano e do Oriente Médio o Papa disse:

"Mais grave do que o ódio, é o amor vivido com hipocrisia; é egoísmo mascarado e fantasiado de amor". (JSG)

Loading
O trabalho dignifica, diz Francisco no final da Audiência

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 15-03-2017, Gauidium Press) Após a Catequese do Papa Francisco na Audiência Geral da Quarta-feira, o Papa saudou diversos grupos que se encontravam na Praça São Pedro.

O trabalho dignifica, diz Francisco no final da Audiência.jpg

Francisco saudou um grupo de peregrinos chineses que lhe entregaram uma imagem de Nossa Senhora de Fátima para que ele a abençoasse e também outros grupos representativos ali presentes.

No final da catequese o Pontífice saudou funcionários de uma empresa televisiva italiana que correm o risco de ficar sem trabalho. Ao dirigir-se a eles, Francisco aproveitou a oportunidade para fazer um apelo em prol de todos os desempregados:

"O trabalho nos dá dignidade. E os responsáveis pelos povos, os dirigentes, têm a obrigação de fazer tudo para que todo homem e toda mulher possa trabalhar e, assim, poder ter a cabeça erguida e olhar os outros no rosto, com dignidade. Quem por manobras econômicas, para fazer negociações não completamente claras, fecha fábricas, fecha iniciativas empresariais e tira o trabalho aos homens, esta pessoa comete um pecado gravíssimo."

Ao saudar grupos oriundos da Síria, do Líbano e do Oriente Médio o Papa disse:

"Mais grave do que o ódio, é o amor vivido com hipocrisia; é egoísmo mascarado e fantasiado de amor". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86016-O-trabalho-dignifica--diz-Francisco-no-final-da-Audiencia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading