Loading
 
 
 
Loading
 
Monges beneditinos na Irlanda dedicam sua vida a reparar os pecados de sacerdotes
Loading
 
21 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Meath - Irlanda (Terça-feira, 21-03-2017, Gaudium Press) O Priorato de Silverstream dos Monges Beneditinos da Adoração Perpétua do Santíssimo Sacramento do Altar se tornou notícia recentemente por seu estabelecimento formal na Diocese de Meath, Irlanda, o primeiro desde a supressão dos mosteiros católicos por parte da Coroa Inglesa em 1536. Mas os religiosos não desejam passar para a história por serem os primeiros, mas esperam com seu ministério espiritual deixar uma marca e colaborar a partir da sua vida consagrada para transformar a Igreja no país, dedicando sua vida de oração a reparar os pecados dos sacerdotes.

Monges beneditinos na Irlanda dedicam sua vida a reparar os pecados de sacerdotes.png

"Ainda que não possamos deixar nosso claustro fisicamente, estamos dedicados a uma batalha espiritual e invisível pela alma deste país, especialmente por seus sacerdotes", explicou o Padre Benedicto, membro da Ordem. "Esta ilha esteve cheia de leste a oeste e do norte ao sul com mosteiros. O palpitar do coração dos irlandeses era o palpitar do turno monástico de oração".

Os religiosos chegaram à Irlanda em 2012, sendo apenas dois sobreviventes de uma comunidade beneditina fundada em Tulsa, Estados Unidos. Os monges puderam apreciar os estragos da decadência da prática religiosa no país e dos escândalos de abusos que marcaram uma forte divisão com as autoridades e uma crise de credibilidade para a Igreja. O carisma especial da comunidade lhes permitiu entender a missão a qual Deus os chamava nesse lugar.

O carisma da comunidade é o da Mãe Catherine-Mectilde de Bar, fundadora beneditina do século XVII, que "estabeleceu sua família beneditina particular para adorar o Santíssimo Sacramento em um espírito de reparação pelas ofensas e abusos cometidos contra o Sacramento do Amor de Cristo", segundo comentou o Padre Benedicto. "Como monges temos um foco particular em reparar pelos pecados dos sacerdotes que, em especial ultimamente, desfigurou tanto o Rosto de Cristo diante dos olhos do mundo".

"Da debilidade e a derrota, e inclusive do pecado e da infidelidade, pode vir o poder e a vitória", concluiu o sacerdote. "Que Deus aproxime novamente nosso país ao seu Sagrado Coração, que palpita na Sagrada Hóstia". (EPC)

Loading
Monges beneditinos na Irlanda dedicam sua vida a reparar os pecados de sacerdotes

Meath - Irlanda (Terça-feira, 21-03-2017, Gaudium Press) O Priorato de Silverstream dos Monges Beneditinos da Adoração Perpétua do Santíssimo Sacramento do Altar se tornou notícia recentemente por seu estabelecimento formal na Diocese de Meath, Irlanda, o primeiro desde a supressão dos mosteiros católicos por parte da Coroa Inglesa em 1536. Mas os religiosos não desejam passar para a história por serem os primeiros, mas esperam com seu ministério espiritual deixar uma marca e colaborar a partir da sua vida consagrada para transformar a Igreja no país, dedicando sua vida de oração a reparar os pecados dos sacerdotes.

Monges beneditinos na Irlanda dedicam sua vida a reparar os pecados de sacerdotes.png

"Ainda que não possamos deixar nosso claustro fisicamente, estamos dedicados a uma batalha espiritual e invisível pela alma deste país, especialmente por seus sacerdotes", explicou o Padre Benedicto, membro da Ordem. "Esta ilha esteve cheia de leste a oeste e do norte ao sul com mosteiros. O palpitar do coração dos irlandeses era o palpitar do turno monástico de oração".

Os religiosos chegaram à Irlanda em 2012, sendo apenas dois sobreviventes de uma comunidade beneditina fundada em Tulsa, Estados Unidos. Os monges puderam apreciar os estragos da decadência da prática religiosa no país e dos escândalos de abusos que marcaram uma forte divisão com as autoridades e uma crise de credibilidade para a Igreja. O carisma especial da comunidade lhes permitiu entender a missão a qual Deus os chamava nesse lugar.

O carisma da comunidade é o da Mãe Catherine-Mectilde de Bar, fundadora beneditina do século XVII, que "estabeleceu sua família beneditina particular para adorar o Santíssimo Sacramento em um espírito de reparação pelas ofensas e abusos cometidos contra o Sacramento do Amor de Cristo", segundo comentou o Padre Benedicto. "Como monges temos um foco particular em reparar pelos pecados dos sacerdotes que, em especial ultimamente, desfigurou tanto o Rosto de Cristo diante dos olhos do mundo".

"Da debilidade e a derrota, e inclusive do pecado e da infidelidade, pode vir o poder e a vitória", concluiu o sacerdote. "Que Deus aproxime novamente nosso país ao seu Sagrado Coração, que palpita na Sagrada Hóstia". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86120-Monges-beneditinos-na-Irlanda-dedicam-sua-vida-a-reparar-os-pecados-de-sacerdotes. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading