Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja no México celebra os 500 anos da chegada do primeiro sacerdote ao país
Loading
 
24 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do México - México (Sexta-feira, 24-03-2017, Gaudium Press) Março é um mês importante para a história da Igreja no México, já que durante este mês se comemora a chegada do primeiro sacerdote a esta terra americana. Pelo menos assim o relata em seus escritos Bernal Díaz del Castillo, testemunha presencial de alguns dos acontecimentos das conquistas no México.

Igreja no México celebra os 500 anos da chegada do primeiro sacerdote ao país.png

Segundo os relatos, no dia 05 de março de 1517, com a expedição de Francisco Hernández de Córdoba que desembarcou no Cabo Cathoche e pisou no solo da península de Yucatán, chegou o Padre Alonso Gonzáles.

Não existem longas menções da presença do clérigo na expedição, mas se sabe, pelos escritos de Díaz del Castillo, que o sacerdote -que parece pertencia à Ordem das Mercedes-, foi parte importante da mesma.

Esta seria a primeira expedição ao México, a qual supõem, pela presença do mesmo sacerdote, o início do cristianismo em terras mexicanas, já que, como refere Carlos Villa Roiz no Sistema Informativo da Arquidiocese do México (SIAME): "Se pode dizer que, a partir deste momento, começou um lento processo de enculturação. Também se pode falar dos inícios do cristianismo em terras mexicanas, porque é de supôr que este sacerdote celebrou missas, confessou e deu a Comunhão aos espanhóis que o acompanhavam, ainda que não existam documentos que certifiquem isto".

Apesar dos espanhóis desta primeira expedição acreditem ter chegado a mais uma ilha do Caribe, o certo é que foi a porta de entrada à grande conquista do México que se completaria com a expedição de Juan de Grijalca em 1518, e a definitiva de Hernán Cortés que chegou a terras mexicanas em 1519, tomando México-Tenochtitlan no ano 1521.

As expedições portaram consigo importantes eventos, entre eles a criação da Arquidiocese em Yucatán, que ocorreu mediante a bula 'Sacri Apostolatus Ministerio' de 24 de janeiro de 1518 do Papa Leão X, e a pedido do Rei Carlos V uma vez sabendo do descobrimento em terras mexicanas. Mas a criação desta Arquidiocese não teve lugar, já que os espanhóis não fundaram cidade alguma na península.

Após o Padre Alonso Gonzáles, outros sacerdotes, como o Padre Juan Díaz -que era originário de Sevilha-, também fizeram parte das primeiras expedições espanholas. De acordo com o jornal que escreveu o mesmo sacerdote, sua primeira missa em terras mexicanas ocorreu no dia 06 de maio de 1518.

Com a expedição de Hernán Cortes se sabe que ocorreram os primeiros batismos em Tabasco. De acordo com os escritos de Bernal Díaz del Castillos foi Jerônimo de Aguilar quem pregou a 20 indígenas, que depois receberam o Batismo. Se diz que elas foram as primeiras cristãs na Nova Espanha.

Tempos depois chegariam às terras mexicanas os primeiros pregadores: Frei Pedro de Gante, Juan de Ayora e Frei Juan de Tecto. Já em 1524 chegaram os primeiros franciscanos guiados pelo Frei Martín de Valência. (EPC)

Loading
Igreja no México celebra os 500 anos da chegada do primeiro sacerdote ao país

Cidade do México - México (Sexta-feira, 24-03-2017, Gaudium Press) Março é um mês importante para a história da Igreja no México, já que durante este mês se comemora a chegada do primeiro sacerdote a esta terra americana. Pelo menos assim o relata em seus escritos Bernal Díaz del Castillo, testemunha presencial de alguns dos acontecimentos das conquistas no México.

Igreja no México celebra os 500 anos da chegada do primeiro sacerdote ao país.png

Segundo os relatos, no dia 05 de março de 1517, com a expedição de Francisco Hernández de Córdoba que desembarcou no Cabo Cathoche e pisou no solo da península de Yucatán, chegou o Padre Alonso Gonzáles.

Não existem longas menções da presença do clérigo na expedição, mas se sabe, pelos escritos de Díaz del Castillo, que o sacerdote -que parece pertencia à Ordem das Mercedes-, foi parte importante da mesma.

Esta seria a primeira expedição ao México, a qual supõem, pela presença do mesmo sacerdote, o início do cristianismo em terras mexicanas, já que, como refere Carlos Villa Roiz no Sistema Informativo da Arquidiocese do México (SIAME): "Se pode dizer que, a partir deste momento, começou um lento processo de enculturação. Também se pode falar dos inícios do cristianismo em terras mexicanas, porque é de supôr que este sacerdote celebrou missas, confessou e deu a Comunhão aos espanhóis que o acompanhavam, ainda que não existam documentos que certifiquem isto".

Apesar dos espanhóis desta primeira expedição acreditem ter chegado a mais uma ilha do Caribe, o certo é que foi a porta de entrada à grande conquista do México que se completaria com a expedição de Juan de Grijalca em 1518, e a definitiva de Hernán Cortés que chegou a terras mexicanas em 1519, tomando México-Tenochtitlan no ano 1521.

As expedições portaram consigo importantes eventos, entre eles a criação da Arquidiocese em Yucatán, que ocorreu mediante a bula 'Sacri Apostolatus Ministerio' de 24 de janeiro de 1518 do Papa Leão X, e a pedido do Rei Carlos V uma vez sabendo do descobrimento em terras mexicanas. Mas a criação desta Arquidiocese não teve lugar, já que os espanhóis não fundaram cidade alguma na península.

Após o Padre Alonso Gonzáles, outros sacerdotes, como o Padre Juan Díaz -que era originário de Sevilha-, também fizeram parte das primeiras expedições espanholas. De acordo com o jornal que escreveu o mesmo sacerdote, sua primeira missa em terras mexicanas ocorreu no dia 06 de maio de 1518.

Com a expedição de Hernán Cortes se sabe que ocorreram os primeiros batismos em Tabasco. De acordo com os escritos de Bernal Díaz del Castillos foi Jerônimo de Aguilar quem pregou a 20 indígenas, que depois receberam o Batismo. Se diz que elas foram as primeiras cristãs na Nova Espanha.

Tempos depois chegariam às terras mexicanas os primeiros pregadores: Frei Pedro de Gante, Juan de Ayora e Frei Juan de Tecto. Já em 1524 chegaram os primeiros franciscanos guiados pelo Frei Martín de Valência. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86208-Igreja-no-Mexico-celebra-os-500-anos-da-chegada-do-primeiro-sacerdote-ao-pais. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading