Loading
 
 
 
Loading
 
Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação
Loading
 
28 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bruxelas - Bélgica (Terça-feira, 28-03-2017, Gaudium Press) A Abadia de Santo André em Bruxelas, Bélgica, resguarda um notável exemplo de inculturação e uma riqueza da arte sacra em um histórico ornamento litúrgico: a casula do Abade Pierre-Célestin Lou Tseng-Tsiang. Este religioso chinês chegou ao Ocidente como enviado diplomático, se converteu à Fé Católica após ter sido educado como protestante e se tornou monge beneditino.

Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação.png

Além da particular origem do Abade, a casula é testemunho do desejo profundo do religioso: retornar à China para levar a riqueza espiritual do cristianismo aos seus conterrâneos. Ricamente bordada com desenhos próprios da cultura chinesa e cumprindo os requerimentos próprios das normas litúrgicas católicas, a casula foi projetada para evangelizar uma nação a partir da identidade cristã.

Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação (2).png

Como diplomata chinês, Pierre-Célestin Lou Tseng-Tsiang foi formado pelo notável funcionário Xu Jingcheng, que foi executado sob acusações de conspiração por causa de sua Fé Católica e por tentar deter a execução de diplomatas estrangeiros. O conselho que deu a Tseng-Tsiang como enviado à Europa foi: "A fortaleza da Europa não está em seus armamentos, nem em seus conhecimentos: se encontra em sua religião. Observe a Fé Cristã. Quando tiver compreendido seu coração e sua força, traga-as e as ofereça à China".

Sobre a casula, o escritor e fundador da plataforma 'New Liturgical Movement', Shawn Tribe, comentou: "Esta é uma belíssima peça de maestria. Deixando de lado os temas por um momento, as sedas, o trabalho de pedraria, os bordados, as cores, todos eles combinam em uma esplêndida harmonia". "Acrescentado a isto, estão os esplêndidos motivos chineses que fazem esta uma realmente única e surpreendente peça de arte litúrgica e, em minha avaliação ao menos, um exemplo de uma das melhores manifestações de inculturação litúrgica". (EPC)

Loading
Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação

Bruxelas - Bélgica (Terça-feira, 28-03-2017, Gaudium Press) A Abadia de Santo André em Bruxelas, Bélgica, resguarda um notável exemplo de inculturação e uma riqueza da arte sacra em um histórico ornamento litúrgico: a casula do Abade Pierre-Célestin Lou Tseng-Tsiang. Este religioso chinês chegou ao Ocidente como enviado diplomático, se converteu à Fé Católica após ter sido educado como protestante e se tornou monge beneditino.

Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação.png

Além da particular origem do Abade, a casula é testemunho do desejo profundo do religioso: retornar à China para levar a riqueza espiritual do cristianismo aos seus conterrâneos. Ricamente bordada com desenhos próprios da cultura chinesa e cumprindo os requerimentos próprios das normas litúrgicas católicas, a casula foi projetada para evangelizar uma nação a partir da identidade cristã.

Histórica casula com motivos chineses mostra belo exemplo de inculturação (2).png

Como diplomata chinês, Pierre-Célestin Lou Tseng-Tsiang foi formado pelo notável funcionário Xu Jingcheng, que foi executado sob acusações de conspiração por causa de sua Fé Católica e por tentar deter a execução de diplomatas estrangeiros. O conselho que deu a Tseng-Tsiang como enviado à Europa foi: "A fortaleza da Europa não está em seus armamentos, nem em seus conhecimentos: se encontra em sua religião. Observe a Fé Cristã. Quando tiver compreendido seu coração e sua força, traga-as e as ofereça à China".

Sobre a casula, o escritor e fundador da plataforma 'New Liturgical Movement', Shawn Tribe, comentou: "Esta é uma belíssima peça de maestria. Deixando de lado os temas por um momento, as sedas, o trabalho de pedraria, os bordados, as cores, todos eles combinam em uma esplêndida harmonia". "Acrescentado a isto, estão os esplêndidos motivos chineses que fazem esta uma realmente única e surpreendente peça de arte litúrgica e, em minha avaliação ao menos, um exemplo de uma das melhores manifestações de inculturação litúrgica". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86268-Historica-casula-com-motivos-chineses-mostra-belo-exemplo-de-inculturacao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Matriz da Boa Vista acolherá grupos das paróquias que vão se revezar nas Adorações ao Santís ...
 
...
 
Mais de 8 mil católicos, 100 sacerdotes, 120 religiosas e 10 Bispos de todo o país, participaram d ...
 
Segundo o diretor da Rede do Apostolado da Oração do Papa, elas são fruto de um longo processo de ...
 
Desde a infância, ela tinha uma piedade intensa. Aos dez anos dedicou sua virgindade a Deus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading