Loading
 
 
 
Loading
 
Francisco e Jacinta Marto são os Santos não mártires mais jovens a chegarem aos altares
Loading
 
29 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Quarta-feira, 29-03-2017, Gaudium Press) Francisco e Jacinta Marto, os pequenos videntes de Fátima, Portugal, dos quais se aprovou a canonização por parte do Papa Francisco após certificar-se de um milagre atribuído à sua intercessão, serão "os Santos não mártires mais jovens da Igreja, e nasceram aqui, nesta Diocese", segundo celebrou a Irmã Angela Coelho, postuladora da causa.

Francisco e Jacinta Marto são os Santos não mártires mais jovens a chegarem aos altares.png

Apesar de já se ter certeza sobre a canonização dos pastorinhos, não está confirmada a data da cerimônia. "Penso que é normal que o Papa aproveite sua ida à Fátima para presidir a canonização, é o lugar mais adequado", indicou o Cardeal José Saraiva, Prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos. Por sua vez, o Bispo de Leiria-Fátima, Dom Antonio Augusto dos Santos Marto indicou que essa possibilidade "seria a cereja do bolo. Todos desejamos. Mas o Papa é quem decide".

Um dos obstáculos que teve que superar o processo era o debate sobre se sua idade lhes permitia a maturidade suficiente para viver as virtudes de maneira consciente. Depois de dez anos do início do processo diocesano, a Santa Sé reconheceu as virtudes heroicas dos infantes, colocando fim à controvérsia.

As reações dos dois videntes às revelações privadas da Santíssima Virgem revelaram um carisma distinto em cada um: Francisco desenvolveu uma viva sensibilidade pelos agravos ao coração de Deus que o levavam a uma oração contemplativa e a passar horas em Adoração Eucarística. Jacinta por sua vez sofreu um grande impacto ao contemplar o mistério da condenação dos pecadores e teve uma notável compaixão por eles, oferecendo muitos sacrifícios para alcançar sua conversão, seguindo os conselhos da Santíssima Virgem.

Ambos Santos faleceram por causa de uma epidemia de gripe que lhes causou uma pneumonia e lhes fez padecer no final de sua vida com penalidades e isolados de sua família. Francisco morreu no dia 04 de abril de 1919, dois dias depois de comungar pela última vez. Jacinta faleceu no dia 20 fevereiro de 1920 depois de uma recaída da enfermidade. (EPC)

Loading
Francisco e Jacinta Marto são os Santos não mártires mais jovens a chegarem aos altares

Fátima - Portugal (Quarta-feira, 29-03-2017, Gaudium Press) Francisco e Jacinta Marto, os pequenos videntes de Fátima, Portugal, dos quais se aprovou a canonização por parte do Papa Francisco após certificar-se de um milagre atribuído à sua intercessão, serão "os Santos não mártires mais jovens da Igreja, e nasceram aqui, nesta Diocese", segundo celebrou a Irmã Angela Coelho, postuladora da causa.

Francisco e Jacinta Marto são os Santos não mártires mais jovens a chegarem aos altares.png

Apesar de já se ter certeza sobre a canonização dos pastorinhos, não está confirmada a data da cerimônia. "Penso que é normal que o Papa aproveite sua ida à Fátima para presidir a canonização, é o lugar mais adequado", indicou o Cardeal José Saraiva, Prefeito emérito da Congregação para as Causas dos Santos. Por sua vez, o Bispo de Leiria-Fátima, Dom Antonio Augusto dos Santos Marto indicou que essa possibilidade "seria a cereja do bolo. Todos desejamos. Mas o Papa é quem decide".

Um dos obstáculos que teve que superar o processo era o debate sobre se sua idade lhes permitia a maturidade suficiente para viver as virtudes de maneira consciente. Depois de dez anos do início do processo diocesano, a Santa Sé reconheceu as virtudes heroicas dos infantes, colocando fim à controvérsia.

As reações dos dois videntes às revelações privadas da Santíssima Virgem revelaram um carisma distinto em cada um: Francisco desenvolveu uma viva sensibilidade pelos agravos ao coração de Deus que o levavam a uma oração contemplativa e a passar horas em Adoração Eucarística. Jacinta por sua vez sofreu um grande impacto ao contemplar o mistério da condenação dos pecadores e teve uma notável compaixão por eles, oferecendo muitos sacrifícios para alcançar sua conversão, seguindo os conselhos da Santíssima Virgem.

Ambos Santos faleceram por causa de uma epidemia de gripe que lhes causou uma pneumonia e lhes fez padecer no final de sua vida com penalidades e isolados de sua família. Francisco morreu no dia 04 de abril de 1919, dois dias depois de comungar pela última vez. Jacinta faleceu no dia 20 fevereiro de 1920 depois de uma recaída da enfermidade. (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading