Loading
 
 
 
Loading
 
Universidade nos EUA supera polêmica e obtêm permissão para construir ponte com cruzes
Loading
 
30 de Março de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Radnor - Estados Unidos (Quinta-feira, 30-03-2017, Gaudium Press) Uma universidade católica nos Estados Unidos teve que enfrentar uma inesperada controvérsia por propôr o desenho de uma ponte que une o campus principal com sua expansão do lado oposto de uma avenida. O motivo: duas cruzes de metal que se observam de cada lado da estrutura e que foram criticadas por alguns habitantes. Apesar da ponte receber financiamento público parcial, a construção se encontra dentro do terreno da universidade, por quanto a controvérsia foi resolvida pela Junta de Comissionados de Radnor a favor da instituição educativa, a universidade de Villabona.

Universidade nos EUA supera polêmica e obtêm permissão para construir ponte com cruzes.png

"O projeto está muito bem. As cruzes estarão ali em cima", confirmou à imprensa o Comissionado Luke Clark. O funcionário se negou a tomar uma posição a favor ou contra os símbolos religiosos, mas recordou que "o final da via está em sua propriedade. Eles são uma instituição religiosa e a lei na maior parte das vezes está a seu favor". O departamento de transportes indicou que o investimento público de 3,7 milhões de dólares somente garantia o controle estatal sobre a pista na qual se constrói a ponte.

As autoridades da universidade explicaram o motivo pelo qual escolheram o projeto: "Em cada edifício do campus há uma cruz", expôs o Reitor, Padre Peter Donohue, aos meios de comunicação. "Eu entendo a sensibilidade das pessoas, mas é algo que sempre fazemos. É parte do que somos. Somos uma instituição que tem suas raízes na Fé". As autoridades civis confirmaram que a Universidade é quem paga pelas cruzes e pela maior parte da obra.

A votação da Junta de Comissionados foi de seis a zero, o que expressa a clareza da posição das autoridades diante da defesa da identidade católica da Universidade de Villabona. A ponte, que ainda está para ser construída, colocou, por conta da polêmica, o símbolo da Cruz em numerosos meios de comunicação e o fará também ao longo do caminho. (EPC)

Loading
Universidade nos EUA supera polêmica e obtêm permissão para construir ponte com cruzes

Radnor - Estados Unidos (Quinta-feira, 30-03-2017, Gaudium Press) Uma universidade católica nos Estados Unidos teve que enfrentar uma inesperada controvérsia por propôr o desenho de uma ponte que une o campus principal com sua expansão do lado oposto de uma avenida. O motivo: duas cruzes de metal que se observam de cada lado da estrutura e que foram criticadas por alguns habitantes. Apesar da ponte receber financiamento público parcial, a construção se encontra dentro do terreno da universidade, por quanto a controvérsia foi resolvida pela Junta de Comissionados de Radnor a favor da instituição educativa, a universidade de Villabona.

Universidade nos EUA supera polêmica e obtêm permissão para construir ponte com cruzes.png

"O projeto está muito bem. As cruzes estarão ali em cima", confirmou à imprensa o Comissionado Luke Clark. O funcionário se negou a tomar uma posição a favor ou contra os símbolos religiosos, mas recordou que "o final da via está em sua propriedade. Eles são uma instituição religiosa e a lei na maior parte das vezes está a seu favor". O departamento de transportes indicou que o investimento público de 3,7 milhões de dólares somente garantia o controle estatal sobre a pista na qual se constrói a ponte.

As autoridades da universidade explicaram o motivo pelo qual escolheram o projeto: "Em cada edifício do campus há uma cruz", expôs o Reitor, Padre Peter Donohue, aos meios de comunicação. "Eu entendo a sensibilidade das pessoas, mas é algo que sempre fazemos. É parte do que somos. Somos uma instituição que tem suas raízes na Fé". As autoridades civis confirmaram que a Universidade é quem paga pelas cruzes e pela maior parte da obra.

A votação da Junta de Comissionados foi de seis a zero, o que expressa a clareza da posição das autoridades diante da defesa da identidade católica da Universidade de Villabona. A ponte, que ainda está para ser construída, colocou, por conta da polêmica, o símbolo da Cruz em numerosos meios de comunicação e o fará também ao longo do caminho. (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading