Loading
 
 
 
Loading
 
Arcebispo argentino diz como aplicarmos nossas vidas à Ressurreição de Cristo
Loading
 
18 de Abril de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

La Plata - Argentina (Terça-feira, 18-04-2017, Gaudium Press) Dom Héctor Aguer, Arcebispo de La Plata - Argentina, explicou em sua coluna semanal sobre como os cristãos devem celebrar, com confiança a Páscoa da Ressurreição.

Arcebispo argentino diz como aplicarmos nossas vidas à Ressurreição de Cristo.jpg

"Toda a Quaresma nos advertiu e inculcou a metanoia, a conversão, a mudança de mentalidade, do modo de pensar as coisas, de ver-nos a nós mesmos e ao nosso próximo", destacou o prelado, e assegurou que "tudo isso se tem que concretizar na Páscoa", que é "o grande domingo do ano, o domingo por excelência".

A ressurreição de Jesus é a maneira como "nós, os cristãos, temos que interpretar nossa vida e também nossa morte. O Senhor esteve morto e nós somos mortais. E Ele esteve morto porque quis compartilhar em toda nossa humanidade, também em nossa morte".

"O problema da morte é uma questão difícil de abordar para todos, ainda mais para uma pessoa de Fé", expressou Dom Aguer. "Se alguém tende a olhar a morte com apreensão, com temor, é uma espécie de túnel escuro que não se sabe como irá atravessar. A Fé nos diz que no outro extremo desse túnel se encontra o Senhor esperando-nos e que, além disso, como professamos no credo, ao fim dos tempos, quando voltar Jesus como Rei para instaurar definitivamente seu Reino, nossos corpos irão ressuscitar", disse.

Entretanto, expressou também o Arcebispo, essa passagem da morte à vida, seguindo os passos de Jesus, implica já "a morte do egoísmo, da autorreferência, do esquecimento aos demais, à vida da caridade verdadeira". (EPC)

Loading
Arcebispo argentino diz como aplicarmos nossas vidas à Ressurreição de Cristo

La Plata - Argentina (Terça-feira, 18-04-2017, Gaudium Press) Dom Héctor Aguer, Arcebispo de La Plata - Argentina, explicou em sua coluna semanal sobre como os cristãos devem celebrar, com confiança a Páscoa da Ressurreição.

Arcebispo argentino diz como aplicarmos nossas vidas à Ressurreição de Cristo.jpg

"Toda a Quaresma nos advertiu e inculcou a metanoia, a conversão, a mudança de mentalidade, do modo de pensar as coisas, de ver-nos a nós mesmos e ao nosso próximo", destacou o prelado, e assegurou que "tudo isso se tem que concretizar na Páscoa", que é "o grande domingo do ano, o domingo por excelência".

A ressurreição de Jesus é a maneira como "nós, os cristãos, temos que interpretar nossa vida e também nossa morte. O Senhor esteve morto e nós somos mortais. E Ele esteve morto porque quis compartilhar em toda nossa humanidade, também em nossa morte".

"O problema da morte é uma questão difícil de abordar para todos, ainda mais para uma pessoa de Fé", expressou Dom Aguer. "Se alguém tende a olhar a morte com apreensão, com temor, é uma espécie de túnel escuro que não se sabe como irá atravessar. A Fé nos diz que no outro extremo desse túnel se encontra o Senhor esperando-nos e que, além disso, como professamos no credo, ao fim dos tempos, quando voltar Jesus como Rei para instaurar definitivamente seu Reino, nossos corpos irão ressuscitar", disse.

Entretanto, expressou também o Arcebispo, essa passagem da morte à vida, seguindo os passos de Jesus, implica já "a morte do egoísmo, da autorreferência, do esquecimento aos demais, à vida da caridade verdadeira". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86733-Arcebispo-argentino-diz-como-aplicarmos-nossas-vidas-a-Ressurreicao-de-Cristo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading