Loading
 
 
 
Loading
 
Empresário português presenteia imagens de Nossa Senhora de Fátima a templos de todo o mundo
Loading
 
25 de Abril de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Segunda-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) Um empresário de Portugal, José Cámara, tem se dedicado a um particular apostolado desde 2013: com o objetivo de promover a devoção à Nossa Senhora, presenteou imagens de Nossa Senhora de Fátima feitas à mão a mais de mil templos ao redor do mundo. Dentre os países que receberam as imagens estão: Índia, Filipinas, Austrália, Grã Bretanha, Estados Unidos e Guatemala.

Empresário português presenteia imagens de Nossa Senhora de Fátima a templos de todo o mundo.jpg

"Começou há uns quatro anos com a ideia de oferecer 12 imagens de Nossa Senhora de Fátima feitas à mão -uma por cada apóstolo- à paróquias do Sul da África, onde vivi muitos anos", comentou Cámara a 'Catholic News Service'. O empresário publicou uma oferta no semanário católico sul-africano 'The Southern Cross' e recebeu 63 pedidos, pelo qual compreendeu que havia uma grande necessidade entre os fiéis.

O obséquio não somente cobre o custo da imagem, mas também o valor do envio. "Já enviei mais de mil imagens à paróquias, escolas, conventos, movimentos católicos, prisões e mais, inclusive alguns indivíduos, em todo o mundo", relatou Cámara, que lamentou que por sua idade lhe dá cada vez mais trabalho superar os obstáculos burocráticos e o estresse da logística. "Minhas economias já quase se esgotaram".

As imagens são elaboradas em uma oficina artesanal em Fátima, em vários tamanhos adequados para a veneração em templos e as comunidades que as recebem devem comprometer-se a rezar o Santo Rosário publicamente ao menos uma vez ao mês e colocar a imagem no altar maior ou em uma capela lateral dedicada a Nossa Senhora de Fátima.

Entre as memórias destacadas de seu apostolado, Cámara destacou o testemunho de um sacerdote da Namíbia que teve que fazer um percurso duplo de 560 milhas para poder recolher a imagem de sua paróquia e o de uma mulher, uma das poucas exceções na qual enviou uma imagem a uma pessoa particular. A mulher padecia de um câncer em etapa terminal e queria estar acompanhada por uma imagem de Nossa Senhora no final de sua vida.

"Mas sempre há demoras nas alfândegas e assim. Uma imagem demora uns quatro meses para chegar. Não parecia que a imagem fosse chegar a tempo, mas a enviei de todas as formas, colocando minha confiança em Nossa Senhora", relatou. Quatro meses depois, o envio ainda não chegava ao destino e a paciente agonizava sem sua imagem. A irmã da mulher teve que correr à alfândega para liberar a imagem ao receber a notícia de Cámara sobre sua localização e lhe enviou fotografias de quando finalmente pode levá-la ao hospital. "Tiraram fotos da mulher sustentando a imagem, vendo-se feliz por estar com Nossa Senhora. Ela morreu no dia seguinte, 24 horas depois. Isso era Fé. Eu não acreditava que chegaria a ver a imagem".

O empresário declarou seu convencimento pessoal de que para fazer o bem é necessário envolver-se, "tirar sua jaqueta e gravata, arregaçar as mangas e enfrentar o projeto e inclusive as contas pesadas". Tudo isto, com o interesse não da glória pessoal, "mas com amor por Nossa Mãe. Nossa Senhora têm deixado cair bênçãos do alto". (EPC)

Loading
Empresário português presenteia imagens de Nossa Senhora de Fátima a templos de todo o mundo

Fátima - Portugal (Segunda-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) Um empresário de Portugal, José Cámara, tem se dedicado a um particular apostolado desde 2013: com o objetivo de promover a devoção à Nossa Senhora, presenteou imagens de Nossa Senhora de Fátima feitas à mão a mais de mil templos ao redor do mundo. Dentre os países que receberam as imagens estão: Índia, Filipinas, Austrália, Grã Bretanha, Estados Unidos e Guatemala.

Empresário português presenteia imagens de Nossa Senhora de Fátima a templos de todo o mundo.jpg

"Começou há uns quatro anos com a ideia de oferecer 12 imagens de Nossa Senhora de Fátima feitas à mão -uma por cada apóstolo- à paróquias do Sul da África, onde vivi muitos anos", comentou Cámara a 'Catholic News Service'. O empresário publicou uma oferta no semanário católico sul-africano 'The Southern Cross' e recebeu 63 pedidos, pelo qual compreendeu que havia uma grande necessidade entre os fiéis.

O obséquio não somente cobre o custo da imagem, mas também o valor do envio. "Já enviei mais de mil imagens à paróquias, escolas, conventos, movimentos católicos, prisões e mais, inclusive alguns indivíduos, em todo o mundo", relatou Cámara, que lamentou que por sua idade lhe dá cada vez mais trabalho superar os obstáculos burocráticos e o estresse da logística. "Minhas economias já quase se esgotaram".

As imagens são elaboradas em uma oficina artesanal em Fátima, em vários tamanhos adequados para a veneração em templos e as comunidades que as recebem devem comprometer-se a rezar o Santo Rosário publicamente ao menos uma vez ao mês e colocar a imagem no altar maior ou em uma capela lateral dedicada a Nossa Senhora de Fátima.

Entre as memórias destacadas de seu apostolado, Cámara destacou o testemunho de um sacerdote da Namíbia que teve que fazer um percurso duplo de 560 milhas para poder recolher a imagem de sua paróquia e o de uma mulher, uma das poucas exceções na qual enviou uma imagem a uma pessoa particular. A mulher padecia de um câncer em etapa terminal e queria estar acompanhada por uma imagem de Nossa Senhora no final de sua vida.

"Mas sempre há demoras nas alfândegas e assim. Uma imagem demora uns quatro meses para chegar. Não parecia que a imagem fosse chegar a tempo, mas a enviei de todas as formas, colocando minha confiança em Nossa Senhora", relatou. Quatro meses depois, o envio ainda não chegava ao destino e a paciente agonizava sem sua imagem. A irmã da mulher teve que correr à alfândega para liberar a imagem ao receber a notícia de Cámara sobre sua localização e lhe enviou fotografias de quando finalmente pode levá-la ao hospital. "Tiraram fotos da mulher sustentando a imagem, vendo-se feliz por estar com Nossa Senhora. Ela morreu no dia seguinte, 24 horas depois. Isso era Fé. Eu não acreditava que chegaria a ver a imagem".

O empresário declarou seu convencimento pessoal de que para fazer o bem é necessário envolver-se, "tirar sua jaqueta e gravata, arregaçar as mangas e enfrentar o projeto e inclusive as contas pesadas". Tudo isto, com o interesse não da glória pessoal, "mas com amor por Nossa Mãe. Nossa Senhora têm deixado cair bênçãos do alto". (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading