Loading
 
 
 
Loading
 
Francisco vai visitar tumbas de sacerdotes em Bozzolo e Barbiana, na Itália
Loading
 
25 de Abril de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) No próximo dia 20 de junho, uma terça-feira, o Papa Francisco, em peregrinação privada, estará em Bozzolo, na diocese de Cremona, na Lombardia, indo também a Barbiana, que fica na diocese de Florença, na Toscana, com o intuito de recolher-se e rezar diante das tumbas de dois sacerdotes italianos: Padre Primo Mazzolari e Padre Lorenzo Milani.

Francisco vai visitar tumbas de sacerdotes em Bozzolo e Barbiana, na Itália.jpgPadre Primo Mazzolari (1890-1959), foi sacerdote da diocese de Cremona e tornou-se notavelmente conhecido por sua oposição ativa ao regime fascista, o que lhe valeu passar por uma tentativa de assassinato em 1931.
Padre Primo é considerado como um precursor do Concílio Vaticano II. Tinha muito apoio de João XXIII e foi recebido por ele algumas semanas antes de falecer.

Padre Lorenzo Milani (1923-1967), era um sacerdote da diocese de Florença que morreu ainda relativamente jovem, com 44 anos.
Ele é mais conhecido por sua obra de educação junto aos mais necessitados e foi ele o fundador e animador nos anos de 1950 e 1960 da "escola Barbiana", uma instituição muito inovadora quanto aos métodos pedagógicos que associava os alunos ao projeto de educação.

A viagem do Papa

No dia 20 de junho o Papa parte pela manhã desde o heliporto do Vaticano e devendo chegar a Bozzolo por volta das 9:00 horas.
O Papa será recebido pelo Bispo de Cremona, Dom Antônio Napolioni, e o prefeito de Bozzolo.
Daí Francisco vai até a paróquia de São Pedro para rezar na tumba do Padre Primo Mazzolari, fazendo um discurso para os fiéis ali presentes.

O Papa embarca novamente no helicóptero por volta das 10:30 hortas e, depois de 45 minutos chega a Barbiana, onde será recebido pelo Cardeal Giuseppe Betori, arcebispo de Florença, e pelo prefeito de Vicchio, a comuna da qual depende esta aldeia.

Francisco fará uma visita privada ao interior do cemitério para rezar pelo padre Lorenzo Milani, diante de sua tumba, por ocasião dos 50 anos de sua morte.
Numa Igreja o Papa encontra-se com alguns parentes do padre e, em seguida, no jardim adjacente, ele faz um discurso na presença de um grupo de sacerdotes a diocese de Florença, e de jovens acolhidos em "família de casas" estabelecidas no espírito da escola Barbiana, que totaliza cerca de 200 pessoas.

Por volta das 12:30 horas ele regressa ao Vaticano e lá chega às 13:15 horas. (JSG)

Loading
Francisco vai visitar tumbas de sacerdotes em Bozzolo e Barbiana, na Itália

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) No próximo dia 20 de junho, uma terça-feira, o Papa Francisco, em peregrinação privada, estará em Bozzolo, na diocese de Cremona, na Lombardia, indo também a Barbiana, que fica na diocese de Florença, na Toscana, com o intuito de recolher-se e rezar diante das tumbas de dois sacerdotes italianos: Padre Primo Mazzolari e Padre Lorenzo Milani.

Francisco vai visitar tumbas de sacerdotes em Bozzolo e Barbiana, na Itália.jpgPadre Primo Mazzolari (1890-1959), foi sacerdote da diocese de Cremona e tornou-se notavelmente conhecido por sua oposição ativa ao regime fascista, o que lhe valeu passar por uma tentativa de assassinato em 1931.
Padre Primo é considerado como um precursor do Concílio Vaticano II. Tinha muito apoio de João XXIII e foi recebido por ele algumas semanas antes de falecer.

Padre Lorenzo Milani (1923-1967), era um sacerdote da diocese de Florença que morreu ainda relativamente jovem, com 44 anos.
Ele é mais conhecido por sua obra de educação junto aos mais necessitados e foi ele o fundador e animador nos anos de 1950 e 1960 da "escola Barbiana", uma instituição muito inovadora quanto aos métodos pedagógicos que associava os alunos ao projeto de educação.

A viagem do Papa

No dia 20 de junho o Papa parte pela manhã desde o heliporto do Vaticano e devendo chegar a Bozzolo por volta das 9:00 horas.
O Papa será recebido pelo Bispo de Cremona, Dom Antônio Napolioni, e o prefeito de Bozzolo.
Daí Francisco vai até a paróquia de São Pedro para rezar na tumba do Padre Primo Mazzolari, fazendo um discurso para os fiéis ali presentes.

O Papa embarca novamente no helicóptero por volta das 10:30 hortas e, depois de 45 minutos chega a Barbiana, onde será recebido pelo Cardeal Giuseppe Betori, arcebispo de Florença, e pelo prefeito de Vicchio, a comuna da qual depende esta aldeia.

Francisco fará uma visita privada ao interior do cemitério para rezar pelo padre Lorenzo Milani, diante de sua tumba, por ocasião dos 50 anos de sua morte.
Numa Igreja o Papa encontra-se com alguns parentes do padre e, em seguida, no jardim adjacente, ele faz um discurso na presença de um grupo de sacerdotes a diocese de Florença, e de jovens acolhidos em "família de casas" estabelecidas no espírito da escola Barbiana, que totaliza cerca de 200 pessoas.

Por volta das 12:30 horas ele regressa ao Vaticano e lá chega às 13:15 horas. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86848-Francisco-vai-visitar-tumbas-de-sacerdotes-em-Bozzolo-e-Barbiana--na-Italia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading