Loading
 
 
 
Loading
 
Cientista especialista no Santo Sudário compara a relíquia com a leitura do Evangelho
Loading
 
25 de Abril de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Roma - Itália (Terça-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) Emanuela Marinelli, licenciada em Ciências Naturais e Geologia e uma notável especialista em Sindonologia com 18 livros e mais de 3.000 conferências sobre o tema da Semana Santa, compartilhou com a revista italiana 'Famiglia Cristiana' seu testemunho de relação com a notável relíquia, sua mensagem espiritual e a forma na qual se converte em uma ponte aos que são cativos desde uma perspectiva intelectual.

Cientista especialista no Santo Sudário compara a relíquia com a leitura do Evangelho.jpg

"Contemplar o Santo Sudário é como ler um quinto Evangelho", indicou Emanuela, segundo informou 'Religión en Libertad'. "Tens a sensação de inclinar-te diante do umbral do mistério, da ressurreição de Cristo. O Santo Sudário é o ícone da misericórdia de Deus, que dá ao seu Filho, o Cordeiro, para salvação da humanidade".

Apesar de em sua juventude não prestar atenção aos estudos sobre a autenticidade da relíquia, o interesse intelectual sobre os rastros de pólen a levou a conhecer a mensagem que guarda. "Esse corpo torturado é a fotografia do amor que se doa, do pecado expiado, da salvação consumada", explicou. "Esse rosto que depois da salvagem flagelação e crucifixão estava inchado, mas sereno, garantia a doçura do perdão... expressa profunda e divina majestade".

Viveu em uma família católica praticante, e nunca pensou que seu interesse científico eventualmente poderia servir como canal de evangelização, mas a influência do jornalista católico Vittorio Messori foi chave para publicar seu primeiro livro sobre o Santo Sudário. "Não fiz nada para alentar tudo isto", explicou. "Somente segui os sinais de Deus no caminho. Nunca pensei que meus estudos científicos poderiam servir como testemunho... O Senhor é surpreendente e, como diria meu pai, nunca se sabe como Deus usará o que sois". (EPC)

Loading
Cientista especialista no Santo Sudário compara a relíquia com a leitura do Evangelho

Roma - Itália (Terça-feira, 25-04-2017, Gaudium Press) Emanuela Marinelli, licenciada em Ciências Naturais e Geologia e uma notável especialista em Sindonologia com 18 livros e mais de 3.000 conferências sobre o tema da Semana Santa, compartilhou com a revista italiana 'Famiglia Cristiana' seu testemunho de relação com a notável relíquia, sua mensagem espiritual e a forma na qual se converte em uma ponte aos que são cativos desde uma perspectiva intelectual.

Cientista especialista no Santo Sudário compara a relíquia com a leitura do Evangelho.jpg

"Contemplar o Santo Sudário é como ler um quinto Evangelho", indicou Emanuela, segundo informou 'Religión en Libertad'. "Tens a sensação de inclinar-te diante do umbral do mistério, da ressurreição de Cristo. O Santo Sudário é o ícone da misericórdia de Deus, que dá ao seu Filho, o Cordeiro, para salvação da humanidade".

Apesar de em sua juventude não prestar atenção aos estudos sobre a autenticidade da relíquia, o interesse intelectual sobre os rastros de pólen a levou a conhecer a mensagem que guarda. "Esse corpo torturado é a fotografia do amor que se doa, do pecado expiado, da salvação consumada", explicou. "Esse rosto que depois da salvagem flagelação e crucifixão estava inchado, mas sereno, garantia a doçura do perdão... expressa profunda e divina majestade".

Viveu em uma família católica praticante, e nunca pensou que seu interesse científico eventualmente poderia servir como canal de evangelização, mas a influência do jornalista católico Vittorio Messori foi chave para publicar seu primeiro livro sobre o Santo Sudário. "Não fiz nada para alentar tudo isto", explicou. "Somente segui os sinais de Deus no caminho. Nunca pensei que meus estudos científicos poderiam servir como testemunho... O Senhor é surpreendente e, como diria meu pai, nunca se sabe como Deus usará o que sois". (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading