Loading
 
 
 
Loading
 
Pela primeira vez um filme retrata os horrores do genocídio armênio
Loading
 
26 de Abril de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Washington - Estados Unidos (Quarta-feira, 26-04-2017, Gaudium Press) O genocídio armênio, a eliminação sistemática da povoação cristã armênia por parte do império romano, calculada em 1,5 milhões de pessoas, segue sendo um tema controverso que é negado pelos governos da Turquia e Azerbaijão. Por este motivo, o drama destes cristãos perseguidos nunca foi representado em um filme de Hollywood. O filme "The Promise" (A Promessa), que será lançado no próximo dia 28 de abril, busca mudar esta realidade.

O tema do filme ressoa com a situação atual de perseguição sofrida por numerosas comunidades cristãs, complementada com uma história romântica que busca atrair o público geral. Os atores principais, Oscar Isaac e Christian Bale foram convencidos de participar "a um nível pessoal" e "fizeram sua própria investigação para entender de que se tratavam os personagens e a história".

O historiador Ara Sarafian, Diretor do 'Gomidas Institute' de Londres, Inglaterra, louvou a historicidade dos fatos representados no referente genocídio armênio. "Os temas essenciais são historicamente precisos", comentou. "Os produtores conseguiram capturar a enormidade do genocídio armênio".

Apesar das críticas sobre o filme se dividiram por causa das conotações políticas do tema (um website de qualificação de filmes foi afetado por campanhas a favor e contra o filme, inclusive antes de ter sido exibido) espera-se que a projeção renove a atenção da opinião pública sobre o tema. (EPC)

Loading
Pela primeira vez um filme retrata os horrores do genocídio armênio

Washington - Estados Unidos (Quarta-feira, 26-04-2017, Gaudium Press) O genocídio armênio, a eliminação sistemática da povoação cristã armênia por parte do império romano, calculada em 1,5 milhões de pessoas, segue sendo um tema controverso que é negado pelos governos da Turquia e Azerbaijão. Por este motivo, o drama destes cristãos perseguidos nunca foi representado em um filme de Hollywood. O filme "The Promise" (A Promessa), que será lançado no próximo dia 28 de abril, busca mudar esta realidade.

O tema do filme ressoa com a situação atual de perseguição sofrida por numerosas comunidades cristãs, complementada com uma história romântica que busca atrair o público geral. Os atores principais, Oscar Isaac e Christian Bale foram convencidos de participar "a um nível pessoal" e "fizeram sua própria investigação para entender de que se tratavam os personagens e a história".

O historiador Ara Sarafian, Diretor do 'Gomidas Institute' de Londres, Inglaterra, louvou a historicidade dos fatos representados no referente genocídio armênio. "Os temas essenciais são historicamente precisos", comentou. "Os produtores conseguiram capturar a enormidade do genocídio armênio".

Apesar das críticas sobre o filme se dividiram por causa das conotações políticas do tema (um website de qualificação de filmes foi afetado por campanhas a favor e contra o filme, inclusive antes de ter sido exibido) espera-se que a projeção renove a atenção da opinião pública sobre o tema. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/86865-Pela-primeira-vez-um-filme-retrata-os-horrores-do-genocidio-armenio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading