Loading
 
 
 
Loading
 
Base Aérea Portuguesa espera Papa com recepção especial
Loading
 
5 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 05-05-2017, Gaudium Press) No dia 12 deste mês o Papa Francisco chega a Portugal. A Base Aérea de Monte Real será o primeiro lugar onde Francisco tocará o solo Português.

Os militares da Força Aérea Portuguesa preparam uma recepção especial para o Pontífice.

Esta deverá ser a terceira vez que um Papa chega ao território português tendo como porta de entrada a Base Aérea de Monte Real, depois de recepcionar Paulo VI em 1967 e de São João Paulo II, em 1991.

Como lembranças destas viagens papais a Base Aérea conserva sinais da passagem dos pontífices: um relógio de sol com duas placas alusivas ao momento, um cálice e uma patena oferecidos por Paulo VI e uma cruz de madeira ofertada por João Paulo II.

A Base de Monte Real fica a 40 quilómetros de Fátima e é nela que ficam estacionados os caças F16 que protegem todo o espaço aéreo de Portugal.

Em recentes declarações à ECCLESIA, o Comandante de Monte Real, conhecida também como Base Aérea n.º 5, Coronel João Caldas, afirma que será "um dia muito especial para todos" os que ali trabalham, para os que "integram as fileiras da Força Aérea" suas respetivas famílias e também "para os católicos portugueses" em geral.

Pessoalmente, o Coronel João Caldas considera a vinda do Papa como um ápice em sua carreira de militar e de comandante da missão que ele exerce desde 2015 e um ápice também para sua Fé. Por isso "Rezámos muito para que isto fosse uma realidade".

Programação da Viagem Papal

De acordo com o programa divulgado pela Santa Sé, a chegada do Papa a Monte Real está prevista para as 16h20 do dia 12 de maio.

Francisco estará em Portugal como peregrino, dentro das comemorações Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima (1917 - 2017) e como ministro que presidirá a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, no dia 13 de maio.

No dia 12 de maio, há a possibilidade da aeronave que transporta Francisco ser escoltada por uma coluna de F16.

"Sendo Sua Santidade um chefe de Estado, irá ter as mesmas honras que outros chefes de Estado, com as particularidades da sua vinda. Poderá acontecer o acompanhamento, tanto à chegada como à saída, por uma parada de F16", disse o comandante.

Os militares preparam um presente especial para oferecer a Francisco, mas por agora não se sabe o que seja: é um segredo militar...

A exemplo dos Papas Paulo VI e João Paulo II, o Papa chega Monte Real e, depois das cerimónias protocolares e de uma breve audiência com o Presidente da República, ele vai até a capela da Base Militar.

Ele vai rezar diante da imagem de Nossa Senhora do Ar, padroeira da Força Aérea, durante cerca de "15, 20 minutos", informa o capelão castrense da unidade, o padre Manuel Silva.

Diz o Capelão: "É curioso o Papa Francisco pedir para recolher-se também nesta capela em silêncio, para um momento de oração, e nós vamos rezar com ele"...

Lembrança

Para marcar a presença do Papa na Base Aérea de Monte Real, vai ser distribuída por todos os militares e civis uma dezena com o nome de Francisco, com a data e a designação da unidade; também uma pulseira com uma cruz e uma medalha alusiva ao Centenário de Fátima, cunhada pelas Monjas de Belém. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Ecclesia)

Loading
Base Aérea Portuguesa espera Papa com recepção especial

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 05-05-2017, Gaudium Press) No dia 12 deste mês o Papa Francisco chega a Portugal. A Base Aérea de Monte Real será o primeiro lugar onde Francisco tocará o solo Português.

Os militares da Força Aérea Portuguesa preparam uma recepção especial para o Pontífice.

Esta deverá ser a terceira vez que um Papa chega ao território português tendo como porta de entrada a Base Aérea de Monte Real, depois de recepcionar Paulo VI em 1967 e de São João Paulo II, em 1991.

Como lembranças destas viagens papais a Base Aérea conserva sinais da passagem dos pontífices: um relógio de sol com duas placas alusivas ao momento, um cálice e uma patena oferecidos por Paulo VI e uma cruz de madeira ofertada por João Paulo II.

A Base de Monte Real fica a 40 quilómetros de Fátima e é nela que ficam estacionados os caças F16 que protegem todo o espaço aéreo de Portugal.

Em recentes declarações à ECCLESIA, o Comandante de Monte Real, conhecida também como Base Aérea n.º 5, Coronel João Caldas, afirma que será "um dia muito especial para todos" os que ali trabalham, para os que "integram as fileiras da Força Aérea" suas respetivas famílias e também "para os católicos portugueses" em geral.

Pessoalmente, o Coronel João Caldas considera a vinda do Papa como um ápice em sua carreira de militar e de comandante da missão que ele exerce desde 2015 e um ápice também para sua Fé. Por isso "Rezámos muito para que isto fosse uma realidade".

Programação da Viagem Papal

De acordo com o programa divulgado pela Santa Sé, a chegada do Papa a Monte Real está prevista para as 16h20 do dia 12 de maio.

Francisco estará em Portugal como peregrino, dentro das comemorações Centenário das Aparições de Nossa Senhora em Fátima (1917 - 2017) e como ministro que presidirá a canonização dos beatos Francisco e Jacinta Marto, no dia 13 de maio.

No dia 12 de maio, há a possibilidade da aeronave que transporta Francisco ser escoltada por uma coluna de F16.

"Sendo Sua Santidade um chefe de Estado, irá ter as mesmas honras que outros chefes de Estado, com as particularidades da sua vinda. Poderá acontecer o acompanhamento, tanto à chegada como à saída, por uma parada de F16", disse o comandante.

Os militares preparam um presente especial para oferecer a Francisco, mas por agora não se sabe o que seja: é um segredo militar...

A exemplo dos Papas Paulo VI e João Paulo II, o Papa chega Monte Real e, depois das cerimónias protocolares e de uma breve audiência com o Presidente da República, ele vai até a capela da Base Militar.

Ele vai rezar diante da imagem de Nossa Senhora do Ar, padroeira da Força Aérea, durante cerca de "15, 20 minutos", informa o capelão castrense da unidade, o padre Manuel Silva.

Diz o Capelão: "É curioso o Papa Francisco pedir para recolher-se também nesta capela em silêncio, para um momento de oração, e nós vamos rezar com ele"...

Lembrança

Para marcar a presença do Papa na Base Aérea de Monte Real, vai ser distribuída por todos os militares e civis uma dezena com o nome de Francisco, com a data e a designação da unidade; também uma pulseira com uma cruz e uma medalha alusiva ao Centenário de Fátima, cunhada pelas Monjas de Belém. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Ecclesia)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87053-Base-Aerea-Portuguesa-espera-Papa-com-recepcao-especial. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading