Loading
 
 
 
Loading
 
Docilidade ao Espirito Santo marca o estilo cristão de caridade e bondade, diz Papa Francisco
Loading
 
9 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 09-05-2017, Gaudium Press) A exortação do Papa Francisco na homilia pronunciada na manhã de terça-feira (09/05), na Casa Santa Marta, foi não resistir ao Espírito Santo, mas acolher a Palavra com docilidade. Bondade, paz e domínio de si são frutos daqueles que acolhem a Palavra, a conhecem e têm familiaridade com ela.

As Leituras sugeridas pela liturgia do dia falam de um comportamento característico dos cristãos: "a docilidade ao Espírito Santo". Foi com este fundo de quadro que baseado nas leituras que o Papa desenvolveu sua homilia.

Anunciando a Palavra aos pagãos

Docilidade ao Espirito Santo marca o estilo cristão de caridade e bondade, diz Papa Francisco.jpg

Iniciou-se uma grande perseguição em Jerusalém, logo após o martírio de Santo Estêvão. Houve uma grande dispersão. Só os apóstolos ficaram.

Os ‘leigos' se dispersaram. Foram para Chipre, Fenícia e Antioquia e anunciavam a Palavra apenas aos judeus.

Mas em Antioquia, alguns começaram a anunciar Jesus Cristo também aos gregos, ‘pagãos', porque sentiam que o Espírito Santo os impulsionava a fazer isto: "Foram dóceis", explicou Francisco. 

"Acolher com docilidade a Palavra"

O Apóstolo Tiago, em sua carta, exorta a "acolher com docilidade a Palavra".

O primeiro passo no caminho da docilidade é "acolher a Palavra", ou seja, abrir o coração. O segundo passo é "conhecer a Palavra", conhecer Jesus, que diz:

"As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem". Conhecem porque são dóceis ao Espírito, comentou o Francisco.

O terceiro passo desse caminho é a "familiaridade com a Palavra":

"Levar sempre conosco a Palavra; lê-la, abrir o coração à Palavra e ao Espírito, que è quem nos faz entender a Palavra. E o fruto de receber a Palavra, de conhecê-la, de levá-la conosco, desta familiaridade com a Palavra, é grande... o comportamento de uma pessoa que age assim é de bondade, benevolência, alegria, paz, domínio de si, mansidão".

E o Papa prossegue comentando:

"Mas eu devo receber o Espírito que me traz a Palavra com docilidade, e essa docilidade, não resistir ao Espírito vai me levar a este modo de vida, a este modo de agir. Receber com docilidade a Palavra, conhecer a Palavra e pedir ao Espírito Santo a graça de torná-la conhecida e, em seguida, dar espaço, para que esta semente germine e cresça nas atitudes de bondade, benignidade, benevolência, paz, caridade, domínio de si: tudo isso faz parte do estilo cristão".

Susto por ser proclamada a Palavra de Deus aos gentios

A Primeira Leitura diz que houve susto entre os cristãos, em Jerusalém quando em chegou a notícia de que pessoas provenientes de Chipre e Cirene proclamavam a Palavra aos gentios em Antioquia. Nviaram, então Barnabé, perguntando-se como era possível que se pregasse a Palavra aos não circuncisos e como era possível que quem pregava não eram os Apóstolos: "pessoas que nós não conhecemos".

Francisco comentou que isto "é bonito", e que quando Barnabé chegou a Antioquia e viu "a graça de Deus", se alegra e os exorta a "permanecerem com o coração resoluto, fiel ao Senhor", porque ele era um homem "cheio do Espírito Santo":

"Há o Espírito que nos guia para não cometermos erros, a aceitar com docilidade o Espírito, conhecer o Espírito na Palavra e viver segundo o Espírito. E isso é o oposto às resistências que Estevão criticava aos líderes, aos doutores da Lei: 'Vocês sempre resistiram ao Espírito Santo'. Resistimos ao Espírito, fazemos resistência a Ele? Ou o acolhemos? Com docilidade: essa é a palavra de Tiago. 'Acolher com docilidade'. Resistência contra docilidade. Vamos pedir essa graça", disse Francisco para concluir em seguida, observando, "um pouco fora da homilia", que "foi precisamente na cidade de Antioquia, onde nos foi dado o nome de cristãos".

Realmente, foi na Antioquia que, pela primeira vez os discípulos foram chamados cristãos. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações RV)

Loading
Docilidade ao Espirito Santo marca o estilo cristão de caridade e bondade, diz Papa Francisco

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 09-05-2017, Gaudium Press) A exortação do Papa Francisco na homilia pronunciada na manhã de terça-feira (09/05), na Casa Santa Marta, foi não resistir ao Espírito Santo, mas acolher a Palavra com docilidade. Bondade, paz e domínio de si são frutos daqueles que acolhem a Palavra, a conhecem e têm familiaridade com ela.

As Leituras sugeridas pela liturgia do dia falam de um comportamento característico dos cristãos: "a docilidade ao Espírito Santo". Foi com este fundo de quadro que baseado nas leituras que o Papa desenvolveu sua homilia.

Anunciando a Palavra aos pagãos

Docilidade ao Espirito Santo marca o estilo cristão de caridade e bondade, diz Papa Francisco.jpg

Iniciou-se uma grande perseguição em Jerusalém, logo após o martírio de Santo Estêvão. Houve uma grande dispersão. Só os apóstolos ficaram.

Os ‘leigos' se dispersaram. Foram para Chipre, Fenícia e Antioquia e anunciavam a Palavra apenas aos judeus.

Mas em Antioquia, alguns começaram a anunciar Jesus Cristo também aos gregos, ‘pagãos', porque sentiam que o Espírito Santo os impulsionava a fazer isto: "Foram dóceis", explicou Francisco. 

"Acolher com docilidade a Palavra"

O Apóstolo Tiago, em sua carta, exorta a "acolher com docilidade a Palavra".

O primeiro passo no caminho da docilidade é "acolher a Palavra", ou seja, abrir o coração. O segundo passo é "conhecer a Palavra", conhecer Jesus, que diz:

"As minhas ovelhas escutam a minha voz, eu as conheço e elas me seguem". Conhecem porque são dóceis ao Espírito, comentou o Francisco.

O terceiro passo desse caminho é a "familiaridade com a Palavra":

"Levar sempre conosco a Palavra; lê-la, abrir o coração à Palavra e ao Espírito, que è quem nos faz entender a Palavra. E o fruto de receber a Palavra, de conhecê-la, de levá-la conosco, desta familiaridade com a Palavra, é grande... o comportamento de uma pessoa que age assim é de bondade, benevolência, alegria, paz, domínio de si, mansidão".

E o Papa prossegue comentando:

"Mas eu devo receber o Espírito que me traz a Palavra com docilidade, e essa docilidade, não resistir ao Espírito vai me levar a este modo de vida, a este modo de agir. Receber com docilidade a Palavra, conhecer a Palavra e pedir ao Espírito Santo a graça de torná-la conhecida e, em seguida, dar espaço, para que esta semente germine e cresça nas atitudes de bondade, benignidade, benevolência, paz, caridade, domínio de si: tudo isso faz parte do estilo cristão".

Susto por ser proclamada a Palavra de Deus aos gentios

A Primeira Leitura diz que houve susto entre os cristãos, em Jerusalém quando em chegou a notícia de que pessoas provenientes de Chipre e Cirene proclamavam a Palavra aos gentios em Antioquia. Nviaram, então Barnabé, perguntando-se como era possível que se pregasse a Palavra aos não circuncisos e como era possível que quem pregava não eram os Apóstolos: "pessoas que nós não conhecemos".

Francisco comentou que isto "é bonito", e que quando Barnabé chegou a Antioquia e viu "a graça de Deus", se alegra e os exorta a "permanecerem com o coração resoluto, fiel ao Senhor", porque ele era um homem "cheio do Espírito Santo":

"Há o Espírito que nos guia para não cometermos erros, a aceitar com docilidade o Espírito, conhecer o Espírito na Palavra e viver segundo o Espírito. E isso é o oposto às resistências que Estevão criticava aos líderes, aos doutores da Lei: 'Vocês sempre resistiram ao Espírito Santo'. Resistimos ao Espírito, fazemos resistência a Ele? Ou o acolhemos? Com docilidade: essa é a palavra de Tiago. 'Acolher com docilidade'. Resistência contra docilidade. Vamos pedir essa graça", disse Francisco para concluir em seguida, observando, "um pouco fora da homilia", que "foi precisamente na cidade de Antioquia, onde nos foi dado o nome de cristãos".

Realmente, foi na Antioquia que, pela primeira vez os discípulos foram chamados cristãos. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações RV)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading