Loading
 
 
 
Loading
 
Em Fátima, Canonização inédita marca celebração do 13 de maio
Loading
 
10 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 09-05-2017, Gaudium Press) O Vaticano acaba de publicar o roteiro das cerimônias e o Missal oficial a ser usado na viagem do Papa Francisco a Portugal, ocasião em que acontecerá a canonização dois pequenos pastores, Francisco e Jacinta Marto, que tiveram o privilégio de presenciar as aparições da Virgem Maria, na Cova da Iria, em Fátima, no ano de 1917.

Em Fátima, Canonização inédita marca celebração do 13 de maio.jpg

Missa, Canonização, Rito e Cerimonial

O Papa Francisco vai presidir apenas uma Missa no dia 13 de Maio, em Fátima. Nessa Santa Missa, logo em seu início, haverá o rito de Canonização de Francisco e Jacinta Marto, uma celebração, até agora, inédita, nunca realizada em solo português.

A solene procissão de entrada para a celebração deverá incluir o andor com a imagem de Nossa Senhora de Fátima, os dois relicários em forma de candeias com as relíquias de Francisco e Jacinta, a serem conduzidos pela postuladora da Causa da Canonização dos dois Pastorinhos, irmã Ângela Coelho, e pelo assessor da Postulação, Pedro Valinho Gomes.

Vinte crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 9 e os 16 anos ladearão as relíquias.

Antes da ladainha de Todos os Santos, quando serão feitas referências a várias figuras de Santos portugueses, Dom Antônio Marto, bispo de Leiria-Fátima, diocese em que foi aberto o Processo de Canonização dos dois novos Santos, pede formalmente ao Papa que os dois pastorinhos sejam inscritos no "catálogo dos santos" apresentando uma breve biografia dos dois Beatos.

A "fórmula"

Após o pedido de canonização, e tendo sido ele aceito pelo Papa, o Pontífice deverá proferir a "fórmula" de canonização, que será dita no idioma português. O Santo Padre dirá:

"Em honra da Santíssima Trindade, para exaltação da fé católica e incremento da vida cristã, com a autoridade de nosso Senhor Jesus Cristo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e Nossa, depois de termos longamente refletido, implorado várias vezes o auxílio divino e ouvido o parecer de muitos Irmãos nossos no Episcopado, declaramos e definimos como Santos os Beatos Francisco Marto e Jacinta Marto e inscrevemo-los no Catálogo dos Santos, estabelecendo que, em toda a Igreja, sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".

Depois disso, Dom Antônio Marto e a postuladora da causa agradecem ao Papa:

"Santo Padre, em nome da Santa Igreja, agradeço ardentemente a proclamação feita por Vossa Santidade e peço humildemente que se digne ordenar que seja redigida a Carta Apostólica relativa à Canonização efetuada".

Em seguida, a Missa continua e, de modo solene, o canto do Glória é entoado.

O Papa fará uma homilia e, então, os peregrinos rezarão pelas crianças.

A oração dos fiéis será rezada em várias línguas. O trecho a ser proferido em inglês diz: "Por todas as crianças e suas famílias, para que a exemplo dos Santos Francisco e Jacinta os inspire a descobrir o sentido da vida e o valor da oração e da penitência.

Após a Comunhão, o Papa vai saudar os doentes e abençoá-los com o Santíssimo Sacramento.

Dom António Marto vai dirigir um discurso de agradecimento do Papa, no final da Missa, cumprimentando os peregrinos em várias idiomas. (JSG)

Loading
Em Fátima, Canonização inédita marca celebração do 13 de maio

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 09-05-2017, Gaudium Press) O Vaticano acaba de publicar o roteiro das cerimônias e o Missal oficial a ser usado na viagem do Papa Francisco a Portugal, ocasião em que acontecerá a canonização dois pequenos pastores, Francisco e Jacinta Marto, que tiveram o privilégio de presenciar as aparições da Virgem Maria, na Cova da Iria, em Fátima, no ano de 1917.

Em Fátima, Canonização inédita marca celebração do 13 de maio.jpg

Missa, Canonização, Rito e Cerimonial

O Papa Francisco vai presidir apenas uma Missa no dia 13 de Maio, em Fátima. Nessa Santa Missa, logo em seu início, haverá o rito de Canonização de Francisco e Jacinta Marto, uma celebração, até agora, inédita, nunca realizada em solo português.

A solene procissão de entrada para a celebração deverá incluir o andor com a imagem de Nossa Senhora de Fátima, os dois relicários em forma de candeias com as relíquias de Francisco e Jacinta, a serem conduzidos pela postuladora da Causa da Canonização dos dois Pastorinhos, irmã Ângela Coelho, e pelo assessor da Postulação, Pedro Valinho Gomes.

Vinte crianças e jovens, com idades compreendidas entre os 9 e os 16 anos ladearão as relíquias.

Antes da ladainha de Todos os Santos, quando serão feitas referências a várias figuras de Santos portugueses, Dom Antônio Marto, bispo de Leiria-Fátima, diocese em que foi aberto o Processo de Canonização dos dois novos Santos, pede formalmente ao Papa que os dois pastorinhos sejam inscritos no "catálogo dos santos" apresentando uma breve biografia dos dois Beatos.

A "fórmula"

Após o pedido de canonização, e tendo sido ele aceito pelo Papa, o Pontífice deverá proferir a "fórmula" de canonização, que será dita no idioma português. O Santo Padre dirá:

"Em honra da Santíssima Trindade, para exaltação da fé católica e incremento da vida cristã, com a autoridade de nosso Senhor Jesus Cristo, dos Santos Apóstolos Pedro e Paulo e Nossa, depois de termos longamente refletido, implorado várias vezes o auxílio divino e ouvido o parecer de muitos Irmãos nossos no Episcopado, declaramos e definimos como Santos os Beatos Francisco Marto e Jacinta Marto e inscrevemo-los no Catálogo dos Santos, estabelecendo que, em toda a Igreja, sejam devotamente honrados entre os Santos. Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo".

Depois disso, Dom Antônio Marto e a postuladora da causa agradecem ao Papa:

"Santo Padre, em nome da Santa Igreja, agradeço ardentemente a proclamação feita por Vossa Santidade e peço humildemente que se digne ordenar que seja redigida a Carta Apostólica relativa à Canonização efetuada".

Em seguida, a Missa continua e, de modo solene, o canto do Glória é entoado.

O Papa fará uma homilia e, então, os peregrinos rezarão pelas crianças.

A oração dos fiéis será rezada em várias línguas. O trecho a ser proferido em inglês diz: "Por todas as crianças e suas famílias, para que a exemplo dos Santos Francisco e Jacinta os inspire a descobrir o sentido da vida e o valor da oração e da penitência.

Após a Comunhão, o Papa vai saudar os doentes e abençoá-los com o Santíssimo Sacramento.

Dom António Marto vai dirigir um discurso de agradecimento do Papa, no final da Missa, cumprimentando os peregrinos em várias idiomas. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87146-Em-Fatima--Canonizacao-inedita-marca-celebracao-do-13-de-maio. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Matriz da Boa Vista acolherá grupos das paróquias que vão se revezar nas Adorações ao Santís ...
 
...
 
Mais de 8 mil católicos, 100 sacerdotes, 120 religiosas e 10 Bispos de todo o país, participaram d ...
 
Segundo o diretor da Rede do Apostolado da Oração do Papa, elas são fruto de um longo processo de ...
 
Desde a infância, ela tinha uma piedade intensa. Aos dez anos dedicou sua virgindade a Deus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading