Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja na Tanzânia prepara Constituição sobre Música Sacra
Loading
 
15 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Dar es Salaam - Tanzânia (Segunda-feira, 15-05-2017, Gaudium Press) O Comitê Nacional de Música Sacra da Igreja Católica na Tanzânia apresentou o rasculho de uma Constituição que seria adotada por todos os coros católicos e que busca proteger este importante componente da liturgia e responder as inquietudes expressas sobre o estado da música católica durante décadas.

Igreja na Tanzânia prepara Constituição sobre Música Sacra.jpg

"Nossa música é sagrada porque é parte da liturgia. Desde tempos antigos muitos ensinamentos foram dispostos e preservados na música", explicou à 'AMECEA News' Dom Salutaris Libena, Bispo de Ifakara e Presidente do Departamento de Liturgia da Conferência de Bispos da Tanzânia. "Devemos portanto reconhecer que fomos chamados e enviados para evangelizar e santificar. Desafortunadamente, este cenário já não é o mesmo, a música sacra tem sido manchada por muitas coisas, devemos contra-atacar para preservar nossa música sacra de acordo com a tradição da Igreja".

O prelado assinalou que desafortunadamente muitos dos membros dos coros não tem compreendido de maneira completa sua missão, com o risco de acreditar que seu serviço está ordenado ao entretenimento no lugar de ser um serviço de evangelização. Para remediar estas situações, desde 2016 se prepara o texto da constituição, para o qual se formou uma comissão com investigadores, especialistas em música sacra, canonistas, sacerdotes e religiosos.

Entre as propostas incluídas no documento figura a criação de uma Comissão de Professores, que incluirá especialistas em música sacra capazes de coordenar os assuntos referidos a este tema. A Comissão será responsável pela preparação e coordenação dos cursos de formação em música sacra de acordo com as diretrizes da Conferência Episcopal da Tanzânia. (EPC)

Loading
Igreja na Tanzânia prepara Constituição sobre Música Sacra

Dar es Salaam - Tanzânia (Segunda-feira, 15-05-2017, Gaudium Press) O Comitê Nacional de Música Sacra da Igreja Católica na Tanzânia apresentou o rasculho de uma Constituição que seria adotada por todos os coros católicos e que busca proteger este importante componente da liturgia e responder as inquietudes expressas sobre o estado da música católica durante décadas.

Igreja na Tanzânia prepara Constituição sobre Música Sacra.jpg

"Nossa música é sagrada porque é parte da liturgia. Desde tempos antigos muitos ensinamentos foram dispostos e preservados na música", explicou à 'AMECEA News' Dom Salutaris Libena, Bispo de Ifakara e Presidente do Departamento de Liturgia da Conferência de Bispos da Tanzânia. "Devemos portanto reconhecer que fomos chamados e enviados para evangelizar e santificar. Desafortunadamente, este cenário já não é o mesmo, a música sacra tem sido manchada por muitas coisas, devemos contra-atacar para preservar nossa música sacra de acordo com a tradição da Igreja".

O prelado assinalou que desafortunadamente muitos dos membros dos coros não tem compreendido de maneira completa sua missão, com o risco de acreditar que seu serviço está ordenado ao entretenimento no lugar de ser um serviço de evangelização. Para remediar estas situações, desde 2016 se prepara o texto da constituição, para o qual se formou uma comissão com investigadores, especialistas em música sacra, canonistas, sacerdotes e religiosos.

Entre as propostas incluídas no documento figura a criação de uma Comissão de Professores, que incluirá especialistas em música sacra capazes de coordenar os assuntos referidos a este tema. A Comissão será responsável pela preparação e coordenação dos cursos de formação em música sacra de acordo com as diretrizes da Conferência Episcopal da Tanzânia. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87269-Igreja-na-Tanzania-prepara-Constituicao-sobre-Musica-Sacra. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading