Loading
 
 
 
Loading
 
Presidente sul-coreano pede que Papa ajude reconciliação na Península Coreana
Loading
 
24 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Seul - Coreia do Sul (Quarta-feira, 24-05-2017, Gaudium Press) Moon Jae, o novo Presidente da Coreia do Sul, pediu ao Papa Francisco que colaborasse na mediação da crise entre as duas Coreias.

Presidente sul-coreano pede que Papa ajude reconciliação na Península Coreana.jpg

Conforme informações da Agência de Noticias Yonhap, o Presidente da Conferência Episcopal Coreana, Dom Kim Hee Joong, está no Vaticano com o objetivo de entregar ao Pontífice uma carta do Presidente Moon sobre este assunto tão candente na Coreia e também em todo o mundo.

Em sua carta, o Presidente Moon Jae pede ao Papa "para rezar pela paz e a reconciliação" na península coreana.

Reconciliação, mediação, encontro

A Secretaria da Presidência da República Sul Coreana esclarece que a Coréia do Sul pediu ao Papa Francisco ajuda para restabelecer a paz e a reconciliação na península coreana e não para mediar um encontro de cúpula entre as Coreias, como chegou a ser anunciado por algumas agências.

"Está previsto que o Arcebispo Kim entregue uma carta pessoal do Presidente ao Papa", disse em um comunicado o porta-voz da Presidência Park Soo-hyun:

"De qualquer forma, a carta não contém o pedido ao Papa para ajudar a mediação de um vértice entre Norte e Sul".

Neste sentido, devido aos repetidos testes com mísseis por parte de Pyongyang, não existe condições para um encontro de cúpula entre as duas Coréias, esclareceu Soo-hyun. (JSG)

Loading
Presidente sul-coreano pede que Papa ajude reconciliação na Península Coreana

Seul - Coreia do Sul (Quarta-feira, 24-05-2017, Gaudium Press) Moon Jae, o novo Presidente da Coreia do Sul, pediu ao Papa Francisco que colaborasse na mediação da crise entre as duas Coreias.

Presidente sul-coreano pede que Papa ajude reconciliação na Península Coreana.jpg

Conforme informações da Agência de Noticias Yonhap, o Presidente da Conferência Episcopal Coreana, Dom Kim Hee Joong, está no Vaticano com o objetivo de entregar ao Pontífice uma carta do Presidente Moon sobre este assunto tão candente na Coreia e também em todo o mundo.

Em sua carta, o Presidente Moon Jae pede ao Papa "para rezar pela paz e a reconciliação" na península coreana.

Reconciliação, mediação, encontro

A Secretaria da Presidência da República Sul Coreana esclarece que a Coréia do Sul pediu ao Papa Francisco ajuda para restabelecer a paz e a reconciliação na península coreana e não para mediar um encontro de cúpula entre as Coreias, como chegou a ser anunciado por algumas agências.

"Está previsto que o Arcebispo Kim entregue uma carta pessoal do Presidente ao Papa", disse em um comunicado o porta-voz da Presidência Park Soo-hyun:

"De qualquer forma, a carta não contém o pedido ao Papa para ajudar a mediação de um vértice entre Norte e Sul".

Neste sentido, devido aos repetidos testes com mísseis por parte de Pyongyang, não existe condições para um encontro de cúpula entre as duas Coréias, esclareceu Soo-hyun. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87509-Presidente-sul-coreano-pede-que-Papa-ajude-reconciliacao-na-Peninsula-Coreana. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading