Loading
 
 
 
Loading
 
Bispos portugueses divulgam Carta Pastoral que incentiva a “Catequese Familiar”
Loading
 
26 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 26-05-2017, Gaudium Press) A Carta Pastoral divulgada nesta sexta-feira pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) destaca que ‘Catequese Familiar' é a "mais completa e eficaz", além disso, incentiva as paróquias a dedicarem um domingo "inteiramente" à Sagrada Escritura.

Bispos portugueses divulgam Carta Pastoral que incentiva a Catequese Familiar.jpg

Catequese Familiar: Pais e Filhos

Ao lançarem o documento "Catequese: a Alegria do Encontro com Jesus Cristo", os Bispos da CEP afirmam que, com a Catequese Familiar, "tanto aprendem os filhos como os pais" e realçam a ideia de que "é com os pais que os filhos mais facilmente crescem para o amor que deles recebem - o amor que tem a sua fonte última e principal em Deus".

Os Bispos relembram, que a Catequese Familiar foi uma proposta oferecida pelo Secretariado Nacional da Educação Cristã já há seis anos e que ela "está delineada e construída a partir dos materiais da catequese da infância (catecismos e guias) e contempla as exigências pedagógicas de uma tarefa desenvolvida em família, na família e com a família".

Os Bispos Portugueses ressaltam que a Catequese Familiar "caracteriza-se ainda por nela se envolverem simultaneamente a família e a paróquia".

Dificuldades

O documento divulgado hoje pelo episcopado foi aprovado na última Assembleia Plenária da CEP e só agora foi divulgado.

Os Bispos reconhecem que o modelo de Catequese Familiar "não é fácil de implementar" e que essa dificuldade tem como causa a "dispersão dos pais por muitos compromissos", a "deficiente escolarização e as carências materiais e culturais", a "separação nas famílias, que pode impedir que ambos os pais participem nos encontros" e também pela falta de "catequistas preparados".

"Mas não são obstáculos intransponíveis. A preparação e a sensibilização, com tempo e persistência, podem fazer-se", sublinha o próprio documento "Catequese: a Alegria do Encontro com Jesus Cristo".

Ambientes dos Encontros de Catequese

A carta pastoral analisa o ambiente em que decorrem os encontros de catequese.

Ela insiste na necessidade do "primeiro anúncio" às novas gerações enquanto "anúncio principal, aquele que se tem de voltar a ouvir sempre de diferentes maneiras".

,A Catequese deve ser feita de "modo vivenciado" e na promoção de um encontro com Cristo:

"Todo o encontro de catequese tem de ser encontro com Ele. Porque é Ele quem, vindo ao nosso encontro, nos pode despertar para a fé, uma fé que atinja todo o nosso ser: a cabeça, o coração e as mãos", diz o documento.

A estrutura da Carta Pastoral

A carta pastoral da CEP reflete sobre a catequese na atualidade a partir de seis partes:

"No coração da catequese", "É cristo que vem ao nosso encontro", "Lugares do encontro", "Mediadores do encontro", "Destinatários do encontro", e "A alegria do encontro".

No documento, os bispos pedem a todas as comunidades que dediquem um domingo "inteiramente à Palavra de Deus", concretizando o desejo do Papa Francisco expresso no fim do Jubileu da Misericórdia. (JSG)

Loading
Bispos portugueses divulgam Carta Pastoral que incentiva a “Catequese Familiar”

Lisboa - Portugal (Sexta-feira, 26-05-2017, Gaudium Press) A Carta Pastoral divulgada nesta sexta-feira pela Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) destaca que ‘Catequese Familiar' é a "mais completa e eficaz", além disso, incentiva as paróquias a dedicarem um domingo "inteiramente" à Sagrada Escritura.

Bispos portugueses divulgam Carta Pastoral que incentiva a Catequese Familiar.jpg

Catequese Familiar: Pais e Filhos

Ao lançarem o documento "Catequese: a Alegria do Encontro com Jesus Cristo", os Bispos da CEP afirmam que, com a Catequese Familiar, "tanto aprendem os filhos como os pais" e realçam a ideia de que "é com os pais que os filhos mais facilmente crescem para o amor que deles recebem - o amor que tem a sua fonte última e principal em Deus".

Os Bispos relembram, que a Catequese Familiar foi uma proposta oferecida pelo Secretariado Nacional da Educação Cristã já há seis anos e que ela "está delineada e construída a partir dos materiais da catequese da infância (catecismos e guias) e contempla as exigências pedagógicas de uma tarefa desenvolvida em família, na família e com a família".

Os Bispos Portugueses ressaltam que a Catequese Familiar "caracteriza-se ainda por nela se envolverem simultaneamente a família e a paróquia".

Dificuldades

O documento divulgado hoje pelo episcopado foi aprovado na última Assembleia Plenária da CEP e só agora foi divulgado.

Os Bispos reconhecem que o modelo de Catequese Familiar "não é fácil de implementar" e que essa dificuldade tem como causa a "dispersão dos pais por muitos compromissos", a "deficiente escolarização e as carências materiais e culturais", a "separação nas famílias, que pode impedir que ambos os pais participem nos encontros" e também pela falta de "catequistas preparados".

"Mas não são obstáculos intransponíveis. A preparação e a sensibilização, com tempo e persistência, podem fazer-se", sublinha o próprio documento "Catequese: a Alegria do Encontro com Jesus Cristo".

Ambientes dos Encontros de Catequese

A carta pastoral analisa o ambiente em que decorrem os encontros de catequese.

Ela insiste na necessidade do "primeiro anúncio" às novas gerações enquanto "anúncio principal, aquele que se tem de voltar a ouvir sempre de diferentes maneiras".

,A Catequese deve ser feita de "modo vivenciado" e na promoção de um encontro com Cristo:

"Todo o encontro de catequese tem de ser encontro com Ele. Porque é Ele quem, vindo ao nosso encontro, nos pode despertar para a fé, uma fé que atinja todo o nosso ser: a cabeça, o coração e as mãos", diz o documento.

A estrutura da Carta Pastoral

A carta pastoral da CEP reflete sobre a catequese na atualidade a partir de seis partes:

"No coração da catequese", "É cristo que vem ao nosso encontro", "Lugares do encontro", "Mediadores do encontro", "Destinatários do encontro", e "A alegria do encontro".

No documento, os bispos pedem a todas as comunidades que dediquem um domingo "inteiramente à Palavra de Deus", concretizando o desejo do Papa Francisco expresso no fim do Jubileu da Misericórdia. (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading