Loading
 
 
 
Loading
 
Papa Francisco fez vista apostólica a Gênova
Loading
 
29 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Gênova - Itália (Segunda-feira, 29-05-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco visitou Gênova e fez um apelo em favor de uma Igreja capaz de "sair de si mesma" e de servir o mundo, também através da oração.

Papa Francisco fez vista apostólica a Gênova.jpg

Segundo Francisco, "Para anunciar, é preciso partir, sair de si mesmo. Com o Senhor não é possível ficarmos quietos, acomodados no próprio mundo ou nas memórias nostálgicas do passado". Foi o que ele declarou na homilia da Missa celebrada na conhecida Praça Kennedy nesta cidade italiana.

O Pontífice esteve com trabalhadores e empresários, com membros do clero e de institutos religiosos, com jovens, refugiados, presos e crianças doentes. Ele visitou, ouviu, foi ouvido, admoestou, sugeriu e aconselhou. Além disso, ainda presidiu a celebração para os católicos de Gênova.

Navio com um só "desejo": atracar

Recorrendo a uma imagem muito própria para esta cidade portuária situada no noroeste italiano, Francisco disse:
"Corremos e trabalhamos muito nos nossos dias, empenhamo-nos em muitas coisas, mas corremos o risco de chegar cansados à noite, com a alma pesada, como um navio carregado de mercadorias que, após uma viagem cansativa, volta ao porto apenas com o desejo de atracar",

Lançar âncoras em Deus

Francisco desafiou os católicos a "lançar âncora em Deus", levando ao Senhor seus pesos e suas preocupações do quotidiano:
"A palavra-chave do poder de Jesus é intercessão. Jesus, junto do Pai, intercede todos os dias, a cada momento, por nós", sustentou.

Eu Rezo?

O Papa convidou os presentes a interrogar-se: "Eu rezo?". E, logo em seguida prosseguiu: "O mundo precisa disso, nós mesmos temos necessidade".

Francisco apresentou o cristão como um "maratonista esperançoso", decidido, confiante, criativo e aberto.

"Peçamos ao Senhor a graça de não fossilizarmos em questões que não são centrais, mas que nos dediquemos plenamente à urgência da missão", concluiu.

Despedida

A cerimônia de despedida foi no Aeroporto de Gênova. O Papa abençoou uma imagem de Nossa Senhora de Loreto, antes de tomar o avião que o trouxe de volta a Roma. (JSG)

Loading
Papa Francisco fez vista apostólica a Gênova

Gênova - Itália (Segunda-feira, 29-05-2017, Gaudium Press) O Papa Francisco visitou Gênova e fez um apelo em favor de uma Igreja capaz de "sair de si mesma" e de servir o mundo, também através da oração.

Papa Francisco fez vista apostólica a Gênova.jpg

Segundo Francisco, "Para anunciar, é preciso partir, sair de si mesmo. Com o Senhor não é possível ficarmos quietos, acomodados no próprio mundo ou nas memórias nostálgicas do passado". Foi o que ele declarou na homilia da Missa celebrada na conhecida Praça Kennedy nesta cidade italiana.

O Pontífice esteve com trabalhadores e empresários, com membros do clero e de institutos religiosos, com jovens, refugiados, presos e crianças doentes. Ele visitou, ouviu, foi ouvido, admoestou, sugeriu e aconselhou. Além disso, ainda presidiu a celebração para os católicos de Gênova.

Navio com um só "desejo": atracar

Recorrendo a uma imagem muito própria para esta cidade portuária situada no noroeste italiano, Francisco disse:
"Corremos e trabalhamos muito nos nossos dias, empenhamo-nos em muitas coisas, mas corremos o risco de chegar cansados à noite, com a alma pesada, como um navio carregado de mercadorias que, após uma viagem cansativa, volta ao porto apenas com o desejo de atracar",

Lançar âncoras em Deus

Francisco desafiou os católicos a "lançar âncora em Deus", levando ao Senhor seus pesos e suas preocupações do quotidiano:
"A palavra-chave do poder de Jesus é intercessão. Jesus, junto do Pai, intercede todos os dias, a cada momento, por nós", sustentou.

Eu Rezo?

O Papa convidou os presentes a interrogar-se: "Eu rezo?". E, logo em seguida prosseguiu: "O mundo precisa disso, nós mesmos temos necessidade".

Francisco apresentou o cristão como um "maratonista esperançoso", decidido, confiante, criativo e aberto.

"Peçamos ao Senhor a graça de não fossilizarmos em questões que não são centrais, mas que nos dediquemos plenamente à urgência da missão", concluiu.

Despedida

A cerimônia de despedida foi no Aeroporto de Gênova. O Papa abençoou uma imagem de Nossa Senhora de Loreto, antes de tomar o avião que o trouxe de volta a Roma. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87608-Papa-Francisco-fez-vista-apostolica-a-Genova. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mentalidade de muitas pessoas perpassa essa ideia de que o sacramento é alguma coisa que se comp ...
 
Há 18 anos João Paulo II reconhecia o carisma dos Arautos do Evangelho, e os erigia como Associaç ...
 
O tema do encontro, que reuniu mais de 1.200 homens na Diocese de Phoenix, foi 'Uma Nova Cavalaria'. ...
 
A comemoração da Cátedra de São Pedro põe em relevo a missão de mestre e de pastor conferida p ...
 
O telegrama foi endereçado a Dom Anthony Fallah Borwah, presidente da Conferência Episcopal da Lib ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading