Loading
 
 
 
Loading
 
Papa: Na Igreja, um pastor deve preparar-se para dizer adeus
Loading
 
30 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 30-05-2017, Gaudium Press) A base da homilia que Francisco fez na Capela da Casa Santa Marta nesta terça-feira foi a primeira Leitura que foi tirada dos Atos dos Apóstolos e que, muito bem, poderia ser intitulada de "A despedida de um bispo".

Papa Na Igreja, um pastor deve preparar-se para dizer adeus.jpg

O Apóstolo São Paulo despede-se da Igreja de Éfeso, que havia sido fundada por ele. Comentou o Papa:

"Todos os pastores devem dizer adeus, se despedir. Chega um momento em que o Senhor nos diz: vai para outro lugar, vai para lá, vem para cá, venha a mim. E um dos passos que deve fazer um pastor é também preparar-se para se despedir bem, não se despedir à metade. O pastor que não aprende a se despedir é porque tem alguma ligação não boa com o rebanho, um vínculo que não é purificado pela Cruz de Jesus".

"O pastor sabe que está em caminho"

Aconteceu com São Paulo. Ele chamou todos os presbíteros de Éfeso e em uma espécie de "conselho presbiteral" se despede.
Francisco comenta a atitude de São Paulo:

"Enquanto guiava a Igreja era com a atitude de não fazer compromissos; agora, o Espírito pede a ele para se colocar em caminho, sem saber o que vai acontecer. E continua, porque ele não possui nada seu, ele não fez do seu rebanho uma apropriação indevida. Ele serviu.

'Agora Deus quer que eu vá embora? Vou embora sem saber o que vai acontecer comigo.

Sei somente que o Espírito Santo de cidade em cidade me confirma que me esperam correntes e tribulações'. Isso ele sabia.
Não vou me aposentar. Vou para outro lugar para servir outras Igrejas. Sempre o coração aberto à voz de Deus: deixo isso, vou ver o que o Senhor me pede. E aquele pastor sem compromissos é agora um pastor em caminho".

Paulo diz: "Eu não considero de nenhum modo preciosa a minha vida": não é "o centro da história, da história grande ou da história pequena", não é o centro, é "um servo". Francisco cita um ditado popular: "Como você vive, você morre; como você vive, você se despede". E Paulo se despede com uma "liberdade sem compromissos" e em caminho. "Assim se despede um pastor":

"Com este exemplo tão bonito rezemos pelos pastores, pelos nossos pastores, pelos párocos, pelos bispos, pelo Papa, para que a sua vida seja uma vida sem conluios, uma vida em caminho, e uma vida onde eles não pensem estar no centro da história e assim aprendam a se despedir, finalizou o Papa. (JSG)

Loading
Papa: Na Igreja, um pastor deve preparar-se para dizer adeus

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 30-05-2017, Gaudium Press) A base da homilia que Francisco fez na Capela da Casa Santa Marta nesta terça-feira foi a primeira Leitura que foi tirada dos Atos dos Apóstolos e que, muito bem, poderia ser intitulada de "A despedida de um bispo".

Papa Na Igreja, um pastor deve preparar-se para dizer adeus.jpg

O Apóstolo São Paulo despede-se da Igreja de Éfeso, que havia sido fundada por ele. Comentou o Papa:

"Todos os pastores devem dizer adeus, se despedir. Chega um momento em que o Senhor nos diz: vai para outro lugar, vai para lá, vem para cá, venha a mim. E um dos passos que deve fazer um pastor é também preparar-se para se despedir bem, não se despedir à metade. O pastor que não aprende a se despedir é porque tem alguma ligação não boa com o rebanho, um vínculo que não é purificado pela Cruz de Jesus".

"O pastor sabe que está em caminho"

Aconteceu com São Paulo. Ele chamou todos os presbíteros de Éfeso e em uma espécie de "conselho presbiteral" se despede.
Francisco comenta a atitude de São Paulo:

"Enquanto guiava a Igreja era com a atitude de não fazer compromissos; agora, o Espírito pede a ele para se colocar em caminho, sem saber o que vai acontecer. E continua, porque ele não possui nada seu, ele não fez do seu rebanho uma apropriação indevida. Ele serviu.

'Agora Deus quer que eu vá embora? Vou embora sem saber o que vai acontecer comigo.

Sei somente que o Espírito Santo de cidade em cidade me confirma que me esperam correntes e tribulações'. Isso ele sabia.
Não vou me aposentar. Vou para outro lugar para servir outras Igrejas. Sempre o coração aberto à voz de Deus: deixo isso, vou ver o que o Senhor me pede. E aquele pastor sem compromissos é agora um pastor em caminho".

Paulo diz: "Eu não considero de nenhum modo preciosa a minha vida": não é "o centro da história, da história grande ou da história pequena", não é o centro, é "um servo". Francisco cita um ditado popular: "Como você vive, você morre; como você vive, você se despede". E Paulo se despede com uma "liberdade sem compromissos" e em caminho. "Assim se despede um pastor":

"Com este exemplo tão bonito rezemos pelos pastores, pelos nossos pastores, pelos párocos, pelos bispos, pelo Papa, para que a sua vida seja uma vida sem conluios, uma vida em caminho, e uma vida onde eles não pensem estar no centro da história e assim aprendam a se despedir, finalizou o Papa. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87625-Papa--Na-Igreja--um-pastor-deve-preparar-se-para-dizer-adeus. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading