Loading
 
 
 
Loading
 
“Imitem os mártires de seu país”, recomenda Papa a bispos Albaneses
Loading
 
31 de Maio de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 31-05-2017, Gaudium Press) Os Bispos albaneses que estão em Roma para a "Visita ad Limina Apostolorum" forma recebidos em audiência pelo Santo Padre nesta terça-feira.

O encontro com o Papa Francisco constituiu-se em um diálogo intenso no qual os prelados manifestaram as esperanças e dificuldades desta pequena comunidade de fiéis.

 Imitem os mártires de seu país, recomenda Papa a bispos Albaneses.jpg
Os 38 Mártires da Albânia | Foto: reprodução

Os católicos albaneses ocupam um lugar especial no coração dos cristãos de todo o mundo, e do Papa também. Na Albânia, a Igreja sofreu por cinquenta longos anos debaixo de uma ditadura comunista que procurou eliminá-la fisicamente e, mais que isto, extirpar da alma dos albaneses o espírito católico. Mas, os marxistas não conseguiram seu intento.

Imitar os Mártires da Albânia

Quando visitou Tirana, capital da Albânia, em 2014, o Pontífice convidou a comunidade católica a voar alto como a águia da bandeira albanesa, mas sem se esquecer do ninho, ou seja, os sofrimentos pelos quais passaram os fiéis católicos e, sobretudo, os dos mártires.
Trinta e oito albaneses que, por ódio à Fé, foram torturados e barbaramente assassinados pelo regime dos comunistas foram beatificados em novembro de 2016, depois de serem considerados mártires pela Igreja.

No encontro com os membros do episcopado, o Papa exortou os bispos a imitar o exemplo dessas autênticas testemunhas do Evangelho que pagaram com suas vidas a fidelidade a Cristo nas circunstâncias as mais adversas.

Visita ad Limina

O encontro como Pontífice "Foi uma experiência muito bonita, paterna. Uma hora e meia de diálogo, sem pressa. Estávamos muito à vontade, como se estivéssemos em casa", disse o Arcebispo de Scutari, Dom Angelo Massafra, a propósito do encontro com o Papa.

"Falamos com o Santo Padre de uma Igreja muito viva, bonita, mas pobre e mártir. Um ponto em que insistiu muito foi o da Igreja em saída, o ter zelo, esperança, utopia, ou seja, um olhar intenso e esperançoso em Deus. Esta utopia é muito bonita. Devemos ir adiante porque Cristo ressuscitou e nós devemos proceder com Cristo. Depois, ele nos convidou a promover as vocações, pastoral que passa sempre pelo testemunho, pelo estar unidos entre nós e estar também serenos, felizes, pois se uma pessoa é tranquila e feliz, se torna também um modelo", disse o prelado.

Mensagem

Sobre a mensagem que os bispos levarão à Igreja na Albânia depois do encontro com o Papa, o prelado disse que "a mensagem fundamental é a de estar em comunhão entre nós, nos comprometer com a família e os pobres. Já temos um compromisso com os encarcerados e as famílias com pessoas com necessidades especiais. Com base nas palavras do Papa, convidaremos a ter esperança, a rezar, a praticar a adoração eucarística. Com Cristo podemos ir adiante e ter este olhar rumo ao futuro e o Papa nos encorajou e abençoou a todos. " (JSG)

Loading
“Imitem os mártires de seu país”, recomenda Papa a bispos Albaneses

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 31-05-2017, Gaudium Press) Os Bispos albaneses que estão em Roma para a "Visita ad Limina Apostolorum" forma recebidos em audiência pelo Santo Padre nesta terça-feira.

O encontro com o Papa Francisco constituiu-se em um diálogo intenso no qual os prelados manifestaram as esperanças e dificuldades desta pequena comunidade de fiéis.

 Imitem os mártires de seu país, recomenda Papa a bispos Albaneses.jpg
Os 38 Mártires da Albânia | Foto: reprodução

Os católicos albaneses ocupam um lugar especial no coração dos cristãos de todo o mundo, e do Papa também. Na Albânia, a Igreja sofreu por cinquenta longos anos debaixo de uma ditadura comunista que procurou eliminá-la fisicamente e, mais que isto, extirpar da alma dos albaneses o espírito católico. Mas, os marxistas não conseguiram seu intento.

Imitar os Mártires da Albânia

Quando visitou Tirana, capital da Albânia, em 2014, o Pontífice convidou a comunidade católica a voar alto como a águia da bandeira albanesa, mas sem se esquecer do ninho, ou seja, os sofrimentos pelos quais passaram os fiéis católicos e, sobretudo, os dos mártires.
Trinta e oito albaneses que, por ódio à Fé, foram torturados e barbaramente assassinados pelo regime dos comunistas foram beatificados em novembro de 2016, depois de serem considerados mártires pela Igreja.

No encontro com os membros do episcopado, o Papa exortou os bispos a imitar o exemplo dessas autênticas testemunhas do Evangelho que pagaram com suas vidas a fidelidade a Cristo nas circunstâncias as mais adversas.

Visita ad Limina

O encontro como Pontífice "Foi uma experiência muito bonita, paterna. Uma hora e meia de diálogo, sem pressa. Estávamos muito à vontade, como se estivéssemos em casa", disse o Arcebispo de Scutari, Dom Angelo Massafra, a propósito do encontro com o Papa.

"Falamos com o Santo Padre de uma Igreja muito viva, bonita, mas pobre e mártir. Um ponto em que insistiu muito foi o da Igreja em saída, o ter zelo, esperança, utopia, ou seja, um olhar intenso e esperançoso em Deus. Esta utopia é muito bonita. Devemos ir adiante porque Cristo ressuscitou e nós devemos proceder com Cristo. Depois, ele nos convidou a promover as vocações, pastoral que passa sempre pelo testemunho, pelo estar unidos entre nós e estar também serenos, felizes, pois se uma pessoa é tranquila e feliz, se torna também um modelo", disse o prelado.

Mensagem

Sobre a mensagem que os bispos levarão à Igreja na Albânia depois do encontro com o Papa, o prelado disse que "a mensagem fundamental é a de estar em comunhão entre nós, nos comprometer com a família e os pobres. Já temos um compromisso com os encarcerados e as famílias com pessoas com necessidades especiais. Com base nas palavras do Papa, convidaremos a ter esperança, a rezar, a praticar a adoração eucarística. Com Cristo podemos ir adiante e ter este olhar rumo ao futuro e o Papa nos encorajou e abençoou a todos. " (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87644--ldquo-Imitem-os-martires-de-seu-pais-rdquo---recomenda-Papa-a-bispos-Albaneses. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading