Loading
 
 
 
Loading
 
Mais de 9,5 milhões de missas são celebradas anualmente na Espanha
Loading
 
8 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Madri - Espanha (Quinta-feira, 08-06-2017, Gaudium Press) A Conferência Episcopal Espanhola (CEE) apresentou a Memória anual de Atividades da Igreja Católica correspondente ao exercício do ano de 2015; informe que vem se dando a conhecer desde 2008.

O propósito da memória, como assinala o Cardeal Ricardo Blázquez, Presidente da CEE, é o de "aproximar a todos, por mais um ano, a atividade que levaram a cabo a Igreja; a celebração dos sacramentos, o anúncio do Evangelho, as obras caritativas sociais e culturais que se realizam graças ao trabalho e a entrega de milhões de pessoas que com seu tempo ou seus bens participam da missão da Igreja conscientes de que ele é também uma contribuição ao bem da sociedade".

Mais de 9,5 milhões de missas são celebradas anualmente na Espanha.jpg

A informação foi tomada de várias fontes, especialmente das 69 Dioceses espanholas, mais o Arcebispado castrense. Está dividida em duas partes: a primeira, corresponde ao Imposto de Renda de 2015 e a distribuição dos fundos; a segunda, à atividade que a Igreja Católica realiza no país desde o aspecto celebrativo, pastoral, educativo, caritativo, evangelizador e cultural.

Quanto a atividade da Igreja Católica, em termos de prática sacramental no país, em 2015 houve 231.254 batismos, 240.094 primeiras comunhões, 115.164 confirmações e 51.810 matrimônios. Se celebraram mais de 9,5 milhões de missas por ano e mais de 10 milhões de fiéis as assistiram periodicamente nas cerca de 30 mil paróquias que acompanham mais de 18 mil sacerdotes.

Em matéria educativa são 1.476.918 os alunos que se formam em centros católicos. "Os centros católicos, além de transmitir aos jovens os valores que se derivam do Evangelho, supõem uma economia ao Estado de 2.563 milhões de euros", sublinha a CEE em um comunicado.

Da memória, a Conferência Episcopal Espanhola destacou que a Igreja investe na sociedade mais de 138% do que recebe por Imposto de Renda. "Com todos estes dados pode-se afirmar que, ainda que valorizar em termos econômicos a contribuição que realiza a Igreja à sociedade é uma missão complexa, suporia uma economia de milhares de milhões de euros para as arcas públicas. É mais, a quantia que recebe em termos de Imposto de Renda gera na sociedade mais de 138% do montante recebido", ressalta a CEE. (EPC)

Loading
Mais de 9,5 milhões de missas são celebradas anualmente na Espanha

Madri - Espanha (Quinta-feira, 08-06-2017, Gaudium Press) A Conferência Episcopal Espanhola (CEE) apresentou a Memória anual de Atividades da Igreja Católica correspondente ao exercício do ano de 2015; informe que vem se dando a conhecer desde 2008.

O propósito da memória, como assinala o Cardeal Ricardo Blázquez, Presidente da CEE, é o de "aproximar a todos, por mais um ano, a atividade que levaram a cabo a Igreja; a celebração dos sacramentos, o anúncio do Evangelho, as obras caritativas sociais e culturais que se realizam graças ao trabalho e a entrega de milhões de pessoas que com seu tempo ou seus bens participam da missão da Igreja conscientes de que ele é também uma contribuição ao bem da sociedade".

Mais de 9,5 milhões de missas são celebradas anualmente na Espanha.jpg

A informação foi tomada de várias fontes, especialmente das 69 Dioceses espanholas, mais o Arcebispado castrense. Está dividida em duas partes: a primeira, corresponde ao Imposto de Renda de 2015 e a distribuição dos fundos; a segunda, à atividade que a Igreja Católica realiza no país desde o aspecto celebrativo, pastoral, educativo, caritativo, evangelizador e cultural.

Quanto a atividade da Igreja Católica, em termos de prática sacramental no país, em 2015 houve 231.254 batismos, 240.094 primeiras comunhões, 115.164 confirmações e 51.810 matrimônios. Se celebraram mais de 9,5 milhões de missas por ano e mais de 10 milhões de fiéis as assistiram periodicamente nas cerca de 30 mil paróquias que acompanham mais de 18 mil sacerdotes.

Em matéria educativa são 1.476.918 os alunos que se formam em centros católicos. "Os centros católicos, além de transmitir aos jovens os valores que se derivam do Evangelho, supõem uma economia ao Estado de 2.563 milhões de euros", sublinha a CEE em um comunicado.

Da memória, a Conferência Episcopal Espanhola destacou que a Igreja investe na sociedade mais de 138% do que recebe por Imposto de Renda. "Com todos estes dados pode-se afirmar que, ainda que valorizar em termos econômicos a contribuição que realiza a Igreja à sociedade é uma missão complexa, suporia uma economia de milhares de milhões de euros para as arcas públicas. É mais, a quantia que recebe em termos de Imposto de Renda gera na sociedade mais de 138% do montante recebido", ressalta a CEE. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87819-Mais-de-9-5-milhoes-de-missas-sao-celebradas-anualmente-na-Espanha. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A iniciativa de oração pretende unir milhares de pessoas ao redor do mundo para rezar pela paz, re ...
 
A notícia foi conhecida por meio de um edito assinado pelo Cardeal Angelo de Donatis. ...
 
Para Dom Orani Tempesta, a fortaleza para superar as várias dificuldades e situações foi uma das ...
 
Segundo o bispo de Imperatriz (MA), a Jornada nos ensina que a Igreja precisa aprender a trabalhar a ...
 
A prefeita de Roma, Virginia Raggi, assegurou que as moedas coletadas em outras fontes da capital it ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading