Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo
Loading
 
13 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Roma - Itália (Terça-feira, 13-06-2017, Gaudium Press) A Igreja Católica Russa Bizantina realiza seu primeiro Sínodo em um século, convocando na Itália aos principais líderes da que constitui uma das Igrejas de rito oriental em plena comunhão com a Santa Sé menor do mundo, com menos de 30 mil membros. Devido a seu pequeno tamanho, os representantes desta Igreja renovaram sua petição ao Papa de uma graça que lhes ajudaria a fortalecer-se: poder ter seu próprio Bispo.

Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo.jpg
"O que está em jogo é a sobrevivência da Igreja Católica Russa", declarou ao Wall Street Journal o Padre Lawrence Cross, sacerdote desta igreja que exerce seu ministério em Melbourne, Austrália. "Uma das coisas essenciais que necessitamos para sobreviver, como qualquer Igreja ou família, é um pai". Contar com um Bispo próprio e meios suficientes para formar aos seus próprios sacerdotes representam os principais desafios desta Igreja, os quais já foram expostos à Congregação para as Igreja Orientais.

Os católicos russos de rito bizantino expressaram sua preocupação pela influência do Patriarcado Ortodoxo de Moscou, o qual poderia tentar pressionar a Igreja para evitar uma nomeação deste tipo. O Patriarcado não se opõem ao ministério da Igreja Católica com os fiéis de ascendência alemã ou polonesa, "mas se Roma nomeia alguém para liderar aos católicos etnicamente russos, os ortodoxos russos enlouqueceriam", explicou à WSJ o Padre Ronald Robertson, conselheiro da Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos. O último Bispo foi Dom Andrei Katkov, que faleceu em 1996.

A maioria dos católicos bizantinos russos residem fora da Rússia e os que habitam seus países de origem dependem de um Bispo de rito latino na Sibéria. Cerca de 900 mil católicos de rito latino habitam na Rússia e sua procedência é majoritariamente alemã ou polonesa. A Santa Sé buscou uma progressiva aproximação aos ortodoxos desde 1965 e o Papa Francisco é o primeiro Pontífice a encontrar-se com o Patriarca de Moscou, registrado em 2016. (EPC)

Loading
Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo

Roma - Itália (Terça-feira, 13-06-2017, Gaudium Press) A Igreja Católica Russa Bizantina realiza seu primeiro Sínodo em um século, convocando na Itália aos principais líderes da que constitui uma das Igrejas de rito oriental em plena comunhão com a Santa Sé menor do mundo, com menos de 30 mil membros. Devido a seu pequeno tamanho, os representantes desta Igreja renovaram sua petição ao Papa de uma graça que lhes ajudaria a fortalecer-se: poder ter seu próprio Bispo.

Igreja Católica Russa Bizantina pede ao Papa seu próprio Bispo.jpg
"O que está em jogo é a sobrevivência da Igreja Católica Russa", declarou ao Wall Street Journal o Padre Lawrence Cross, sacerdote desta igreja que exerce seu ministério em Melbourne, Austrália. "Uma das coisas essenciais que necessitamos para sobreviver, como qualquer Igreja ou família, é um pai". Contar com um Bispo próprio e meios suficientes para formar aos seus próprios sacerdotes representam os principais desafios desta Igreja, os quais já foram expostos à Congregação para as Igreja Orientais.

Os católicos russos de rito bizantino expressaram sua preocupação pela influência do Patriarcado Ortodoxo de Moscou, o qual poderia tentar pressionar a Igreja para evitar uma nomeação deste tipo. O Patriarcado não se opõem ao ministério da Igreja Católica com os fiéis de ascendência alemã ou polonesa, "mas se Roma nomeia alguém para liderar aos católicos etnicamente russos, os ortodoxos russos enlouqueceriam", explicou à WSJ o Padre Ronald Robertson, conselheiro da Conferência de Bispos Católicos dos Estados Unidos. O último Bispo foi Dom Andrei Katkov, que faleceu em 1996.

A maioria dos católicos bizantinos russos residem fora da Rússia e os que habitam seus países de origem dependem de um Bispo de rito latino na Sibéria. Cerca de 900 mil católicos de rito latino habitam na Rússia e sua procedência é majoritariamente alemã ou polonesa. A Santa Sé buscou uma progressiva aproximação aos ortodoxos desde 1965 e o Papa Francisco é o primeiro Pontífice a encontrar-se com o Patriarca de Moscou, registrado em 2016. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/87907-Igreja-Catolica-Russa-Bizantina-pede-ao-Papa-seu-proprio-Bispo. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cerimônia foi presidida por Dom José Carlos de Oliveira, bispo emérito de Rubiataba, em Goiás. ...
 
100 anos se passaram, mas, em todo o mundo a Igreja o reverencia celebrando sua memória litúrgica. ...
 
Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading