Loading
 
 
 
Loading
 
Igreja em Uganda inicia processo de beatificação de primeiros missionários no país
Loading
 
20 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Hoima - Uganda (Terça-feira, 20-06-2017, Gaudium Press) O Bispo de Hoima, Uganda, Dom Vincent Kirabo, aproveitou a multitudinária Festa dos Mártires de Uganda no Santuário de Namugongo no dia 03 de junho para anunciar um fato notável da Igreja local: o início da causa de beatificação do Padre Lourdel 'Mapeera' e o Irmão Adams, primeiros missionários em Uganda e evangelizadores dos mártires cuja memória a Igreja venerava nessa data.

Igreja em Uganda inicia processo de beatificação de primeiros missionários no país.jpg

Apesar do anúncio ter dado a conhecer ao mundo a possibilidade de que estes religiosos membros da comunidade dos Padres Blancos cheguem aos altares, este fato é fruto de um notável trabalho de investigação desenvolvido desde 1987 e posto a consideração da Congregação para as Causas dos Santos, a qual já havia dado seu visto bom de acordo com o Padre Richard Nnyombi, membro da mesma comunidade missionária.

"Muito já se fez e muitas pessoas tem dado testemunho de ter recebido favores e milagres através de sua intercessão", explicou o Padre Nnyombi ao boletim da Conferência Episcopal de Uganda. "No entanto, de acordo com as normas e regras desta investigação, há procedimentos específicos que devem ser seguidos meticulosamente". A primeira audiência do processo de beatificação se realizou na Catedral de Lubaga e foi presidida pelo Arcebispo de Kampala, Dom Cyprian Kizito Lwanga, no dia 06 de novembro de 2016.

O templo escolhido para a cerimônia está edificado no mesmo lugar no qual os dois missionários obtiveram do rei Kabaka Muteesa I a autorização para permanecer no país e ensinar a Fé Católica à povoação. A perseguição religiosa no país chegaria depois às mãos de seu sucessor, Kabaka Mwanga II, que acusaria aos membros da corte que se tinham feito cristãos de serem traidores da pátria em benefício de países estrangeiros. A objeção dos fiéis às condutas imorais do mandatário pode ser o motivo real por trás da morte dos mártires, formados na Fé pelo Padre Lourdel e o Irmão Adams. (EPC)

Loading
Igreja em Uganda inicia processo de beatificação de primeiros missionários no país

Hoima - Uganda (Terça-feira, 20-06-2017, Gaudium Press) O Bispo de Hoima, Uganda, Dom Vincent Kirabo, aproveitou a multitudinária Festa dos Mártires de Uganda no Santuário de Namugongo no dia 03 de junho para anunciar um fato notável da Igreja local: o início da causa de beatificação do Padre Lourdel 'Mapeera' e o Irmão Adams, primeiros missionários em Uganda e evangelizadores dos mártires cuja memória a Igreja venerava nessa data.

Igreja em Uganda inicia processo de beatificação de primeiros missionários no país.jpg

Apesar do anúncio ter dado a conhecer ao mundo a possibilidade de que estes religiosos membros da comunidade dos Padres Blancos cheguem aos altares, este fato é fruto de um notável trabalho de investigação desenvolvido desde 1987 e posto a consideração da Congregação para as Causas dos Santos, a qual já havia dado seu visto bom de acordo com o Padre Richard Nnyombi, membro da mesma comunidade missionária.

"Muito já se fez e muitas pessoas tem dado testemunho de ter recebido favores e milagres através de sua intercessão", explicou o Padre Nnyombi ao boletim da Conferência Episcopal de Uganda. "No entanto, de acordo com as normas e regras desta investigação, há procedimentos específicos que devem ser seguidos meticulosamente". A primeira audiência do processo de beatificação se realizou na Catedral de Lubaga e foi presidida pelo Arcebispo de Kampala, Dom Cyprian Kizito Lwanga, no dia 06 de novembro de 2016.

O templo escolhido para a cerimônia está edificado no mesmo lugar no qual os dois missionários obtiveram do rei Kabaka Muteesa I a autorização para permanecer no país e ensinar a Fé Católica à povoação. A perseguição religiosa no país chegaria depois às mãos de seu sucessor, Kabaka Mwanga II, que acusaria aos membros da corte que se tinham feito cristãos de serem traidores da pátria em benefício de países estrangeiros. A objeção dos fiéis às condutas imorais do mandatário pode ser o motivo real por trás da morte dos mártires, formados na Fé pelo Padre Lourdel e o Irmão Adams. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88039-Igreja-em-Uganda-inicia-processo-de-beatificacao-de-primeiros-missionarios-no-pais. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading