Loading
 
 
 
Loading
 
Coro mais antigo da Austrália oferecerá concerto de Música Sacra em seus 200 anos
Loading
 
22 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Austrália - Sidney (Quinta-feira, 22-06-2017, Gaudium Press) O Coro da Catedral de Santa Maria de Sidney iniciará as celebrações pelos seus 200 anos de história e sua condição como a instituição musical mais antiga da Austrália com um concerto de música sacra no 'City Recital Hall' no próximo dia 30 de junho. O coro completará seu bicentenário em 2018 e a iniciativa de realizar concertos corresponde a sua "missão mais ampla" de levar a música sagrada às pessoas distanciadas da Igreja e compartilhar a riqueza do patrimônio da Fé.

Coro mais antigo da Austrália oferecerá concerto de Música Sacra em seus 200 anos.jpg

"Ainda que a Catedral de Santa Maria seja em muitas formas a locação perfeita para escutar a música sacra devido sua acústica e sua beleza arquitetônica, o concerto será uma oportunidade para aqueles que não visitam usualmente a Catedral", indicou a Arquidiocese de Sidney em um comunicado sobre o evento. O diretor do coro, Thomas Wilson, compartilhou sua esperança de que "seja capaz de atrair não apenas aos nossos amigos que nos escutaram antes na Catedral mas as pessoas que normalmente não nos escutariam".

Além de ser o coro mais antigo, é também o mais ativo. "Consiste de 24 crianças, os mais jovens no terceiro ano, e 13 homens dos quais são todos cantores profissionais", expôs a Arquidiocese. "Cantam até em 11 serviços corais por semana na Catedral, somando cerca de 500 serviços corais por ano". Segundo seu Diretor, trata-se do único coro profissional que interpreta com tanta frequência. O Coro acompanha as Vésperas e a Missa da tarde de todos os dias, exceto nas sextas-feiras.

"Meu trabalho aqui não tem descanso. A liturgia da Igreja nunca se detêm", comentou o diretor. "Assim que há um sentimento de que nunca podemos parar e isso é cansativo mas não tenho que esforçar-me para recordar o afortunado que sou. Há muitos poucos lugares no mundo nos quais a liturgia e portanto a música é considerada tão importante como creio que deveria ser".

A criação do Coro da Catedral de Santa Maria tem uma história marcada pela devoção. Em 1818, a leiga Catherine Fitzpatrick organizou um grupo de homens -incluindo aos seus filhos- que pudesse cantar para a Exposição do Santíssimo que se realizava em uma casa particular. Isto em um momento em que ainda não se contava com sacerdotes na Colônia. Por este motivo o coro não é apenas a primeira instituição musical, mas uma das primeiras instituições do país. (EPC)

Loading
Coro mais antigo da Austrália oferecerá concerto de Música Sacra em seus 200 anos

Austrália - Sidney (Quinta-feira, 22-06-2017, Gaudium Press) O Coro da Catedral de Santa Maria de Sidney iniciará as celebrações pelos seus 200 anos de história e sua condição como a instituição musical mais antiga da Austrália com um concerto de música sacra no 'City Recital Hall' no próximo dia 30 de junho. O coro completará seu bicentenário em 2018 e a iniciativa de realizar concertos corresponde a sua "missão mais ampla" de levar a música sagrada às pessoas distanciadas da Igreja e compartilhar a riqueza do patrimônio da Fé.

Coro mais antigo da Austrália oferecerá concerto de Música Sacra em seus 200 anos.jpg

"Ainda que a Catedral de Santa Maria seja em muitas formas a locação perfeita para escutar a música sacra devido sua acústica e sua beleza arquitetônica, o concerto será uma oportunidade para aqueles que não visitam usualmente a Catedral", indicou a Arquidiocese de Sidney em um comunicado sobre o evento. O diretor do coro, Thomas Wilson, compartilhou sua esperança de que "seja capaz de atrair não apenas aos nossos amigos que nos escutaram antes na Catedral mas as pessoas que normalmente não nos escutariam".

Além de ser o coro mais antigo, é também o mais ativo. "Consiste de 24 crianças, os mais jovens no terceiro ano, e 13 homens dos quais são todos cantores profissionais", expôs a Arquidiocese. "Cantam até em 11 serviços corais por semana na Catedral, somando cerca de 500 serviços corais por ano". Segundo seu Diretor, trata-se do único coro profissional que interpreta com tanta frequência. O Coro acompanha as Vésperas e a Missa da tarde de todos os dias, exceto nas sextas-feiras.

"Meu trabalho aqui não tem descanso. A liturgia da Igreja nunca se detêm", comentou o diretor. "Assim que há um sentimento de que nunca podemos parar e isso é cansativo mas não tenho que esforçar-me para recordar o afortunado que sou. Há muitos poucos lugares no mundo nos quais a liturgia e portanto a música é considerada tão importante como creio que deveria ser".

A criação do Coro da Catedral de Santa Maria tem uma história marcada pela devoção. Em 1818, a leiga Catherine Fitzpatrick organizou um grupo de homens -incluindo aos seus filhos- que pudesse cantar para a Exposição do Santíssimo que se realizava em uma casa particular. Isto em um momento em que ainda não se contava com sacerdotes na Colônia. Por este motivo o coro não é apenas a primeira instituição musical, mas uma das primeiras instituições do país. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88088-Coro-mais-antigo-da-Australia-oferecera-concerto-de-Musica-Sacra-em-seus-200-anos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading