Loading
 
 
 
Loading
 
Papa denuncia perseguição a Cristãos e lembra Mártir lituano
Loading
 
26 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 26-06-2017, Gaudium Press) Durante o tradicional encontro com os fiéis reunidos na Praça São Pedro para a Audiência Geral dos domingos, o Papa Francisco destacou a denúncia das perseguições contra os cristãos pelo mundo afora e elogiou o testemunho de Fé que eles oferecem a todos:

 Papa denuncia perseguição a Cristãos e lembra Mártir lituano.jpg
Beato Teófilo Matulionis, mártir da Lituânia | Foto: reprodução

"Também nos nossos dias a perseguição contra os cristãos está presente. Rezamos pelos nossos irmãos e irmãs que são perseguidos e louvamos Deus porque, apesar disso, continuam a testemunhar com coragem e fidelidade a sua fé", disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro para a recitação do ângelus.

Coragem, Exemplo, testemunho diário de Cristo

Francisco pediu que o exemplo destes fiéis ajude todos os católicos a "não hesitar em tomar posição a favor de Cristo", testemunhando a sua fé "corajosamente" nas situações de cada dia.

"O Senhor, também hoje, envia-nos como sentinelas ao meio das pessoas que não querem ser despertadas do seu torpor mundano, que ignora as palavras de verdade do Evangelho, construindo as suas próprias verdades efémeras", acrescentou.

"Jesus não nos deixa sós, porque somos preciosos para Ele", sublinho o Papa Francisco pedindo aos cristãos que não tenham "medo" da violência ou da rejeição, nem vivam com uma ilusão de "tranquilidade" na sua ação missionária, porque a ação do verdadeiro missionário incomoda.

Beato Teófilo Matulionis, mártir da Lituânia

Após a oração do Angelus, o Papa recordou ainda Dom Teófilo Matulionis que foi martirizado na Lituânia, em 1962, com a idade próxima dos 90 anos de quem a cerimônia de beatificação estava sendo realizada na capital lituana Vilnius:

"Demos graças a Deus pelo testemunho deste acérrimo defensor da Igreja e da dignidade do homem", declarou, pedindo aos presentes uma sonora manifestação de aplauso ao mais recente Beato e a "todo o povo lituano". (JSG)

Loading
Papa denuncia perseguição a Cristãos e lembra Mártir lituano

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 26-06-2017, Gaudium Press) Durante o tradicional encontro com os fiéis reunidos na Praça São Pedro para a Audiência Geral dos domingos, o Papa Francisco destacou a denúncia das perseguições contra os cristãos pelo mundo afora e elogiou o testemunho de Fé que eles oferecem a todos:

 Papa denuncia perseguição a Cristãos e lembra Mártir lituano.jpg
Beato Teófilo Matulionis, mártir da Lituânia | Foto: reprodução

"Também nos nossos dias a perseguição contra os cristãos está presente. Rezamos pelos nossos irmãos e irmãs que são perseguidos e louvamos Deus porque, apesar disso, continuam a testemunhar com coragem e fidelidade a sua fé", disse, perante milhares de pessoas reunidas na Praça de São Pedro para a recitação do ângelus.

Coragem, Exemplo, testemunho diário de Cristo

Francisco pediu que o exemplo destes fiéis ajude todos os católicos a "não hesitar em tomar posição a favor de Cristo", testemunhando a sua fé "corajosamente" nas situações de cada dia.

"O Senhor, também hoje, envia-nos como sentinelas ao meio das pessoas que não querem ser despertadas do seu torpor mundano, que ignora as palavras de verdade do Evangelho, construindo as suas próprias verdades efémeras", acrescentou.

"Jesus não nos deixa sós, porque somos preciosos para Ele", sublinho o Papa Francisco pedindo aos cristãos que não tenham "medo" da violência ou da rejeição, nem vivam com uma ilusão de "tranquilidade" na sua ação missionária, porque a ação do verdadeiro missionário incomoda.

Beato Teófilo Matulionis, mártir da Lituânia

Após a oração do Angelus, o Papa recordou ainda Dom Teófilo Matulionis que foi martirizado na Lituânia, em 1962, com a idade próxima dos 90 anos de quem a cerimônia de beatificação estava sendo realizada na capital lituana Vilnius:

"Demos graças a Deus pelo testemunho deste acérrimo defensor da Igreja e da dignidade do homem", declarou, pedindo aos presentes uma sonora manifestação de aplauso ao mais recente Beato e a "todo o povo lituano". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/88164-Papa-denuncia-perseguicao-a-Cristaos-e-lembra-Martir-lituano. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading