Loading
 
 
 
Loading
 
Os fiéis não devem compartilhar notícias falsas nas redes sociais, exortam Bispos das Filipinas
Loading
 
26 de Junho de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Manila - Filipinas (Segunda-feira, 26-06-2017, Gaudium Press) Através de uma Exortação Pastoral intitulada "Consagra-os na Verdade", a Conferência de Bispos Católicos das Filipinas fez um chamado aos fiéis católicos do país a colocar um basta à difusão de notícias falsas nas redes sociais. Os prelados recordaram que "o cristão não pode fazer parte da falsidade, o engano e as mentiras".

Os fiéis não devem compartilhar notícias falsas nas redes sociais, exortam Bispos das Filipinas.jpg

O tema da verdade é de grande importância nos Evangelhos, expuseram os prelados, que recordaram que Jesus orou e pediu que seus discípulos foram consagrados na verdade: "Nós, a nação filipina, somos parte da comunidade de discípulos por quem Ele orou". Os Bispos recordaram que a verdade é objetiva e que quando se negam fatos reais, se cai no erro ou na mentira, se se tem a intenção de enganar.

"O dever de falar com a verdade é uma demanda tão elementar da moralidade e da boa ordem social que dificilmente pode ser reduzida a preceitos mais elementares", expuseram os prelados. "É quase tão fundamental como o primeiro princípio de toda moralidade: 'fazer o bem, evitar o mal'". Se as pessoas se enganam umas as outras seria impossível manter a convivência humana e a informação precisa é necessária para a tomada decisões adequadas.

A difusão de notícias falsas "engendram decisões erradas que muitas vezes têm desastrosas consequências a longo prazo para as pessoas e as comunidades", alertou a Conferência Episcopal, que denunciou que isto já acontece nas Filipinas. A informação confiável é protegida pelos meios de comunicação, as instituições educativas e as editoras, mas se encontra ameaçada nos meios sociais onde abundam informações falsas e confusas. "Isto é mais fundamentalmente, um pecado contra a caridade porque impede as pessoas de tomas boas e adequadas decisões e os induz em seu lugar a decisões erradas".

Os Bispos concluíram sua Exortação enunciando quatro princípios básicos sobre este tema. Os católicos estão obrigados por sua Fé a abster-se de popularizar e apoiar as fontes de "fatos alternativos", além de refutar a falsidade enquanto a identificam em dados e fatos reportados. Os fiéis não podem prover este tipo de conteúdos nem disseminá-los nas redes sociais ou outras formas de expressão e ainda devem identificar as fontes das notícias falsas para alertar aos seus irmãos sobre a impossibilidade de fiar-se dessa informação. "Nós, seus Bispos nos unimos a Jesus em sua oração para que todos sejamos consagrados na verdade, porque a Palavra do Senhor é a verdade", concluíram. (EPC)

Loading
Os fiéis não devem compartilhar notícias falsas nas redes sociais, exortam Bispos das Filipinas

Manila - Filipinas (Segunda-feira, 26-06-2017, Gaudium Press) Através de uma Exortação Pastoral intitulada "Consagra-os na Verdade", a Conferência de Bispos Católicos das Filipinas fez um chamado aos fiéis católicos do país a colocar um basta à difusão de notícias falsas nas redes sociais. Os prelados recordaram que "o cristão não pode fazer parte da falsidade, o engano e as mentiras".

Os fiéis não devem compartilhar notícias falsas nas redes sociais, exortam Bispos das Filipinas.jpg

O tema da verdade é de grande importância nos Evangelhos, expuseram os prelados, que recordaram que Jesus orou e pediu que seus discípulos foram consagrados na verdade: "Nós, a nação filipina, somos parte da comunidade de discípulos por quem Ele orou". Os Bispos recordaram que a verdade é objetiva e que quando se negam fatos reais, se cai no erro ou na mentira, se se tem a intenção de enganar.

"O dever de falar com a verdade é uma demanda tão elementar da moralidade e da boa ordem social que dificilmente pode ser reduzida a preceitos mais elementares", expuseram os prelados. "É quase tão fundamental como o primeiro princípio de toda moralidade: 'fazer o bem, evitar o mal'". Se as pessoas se enganam umas as outras seria impossível manter a convivência humana e a informação precisa é necessária para a tomada decisões adequadas.

A difusão de notícias falsas "engendram decisões erradas que muitas vezes têm desastrosas consequências a longo prazo para as pessoas e as comunidades", alertou a Conferência Episcopal, que denunciou que isto já acontece nas Filipinas. A informação confiável é protegida pelos meios de comunicação, as instituições educativas e as editoras, mas se encontra ameaçada nos meios sociais onde abundam informações falsas e confusas. "Isto é mais fundamentalmente, um pecado contra a caridade porque impede as pessoas de tomas boas e adequadas decisões e os induz em seu lugar a decisões erradas".

Os Bispos concluíram sua Exortação enunciando quatro princípios básicos sobre este tema. Os católicos estão obrigados por sua Fé a abster-se de popularizar e apoiar as fontes de "fatos alternativos", além de refutar a falsidade enquanto a identificam em dados e fatos reportados. Os fiéis não podem prover este tipo de conteúdos nem disseminá-los nas redes sociais ou outras formas de expressão e ainda devem identificar as fontes das notícias falsas para alertar aos seus irmãos sobre a impossibilidade de fiar-se dessa informação. "Nós, seus Bispos nos unimos a Jesus em sua oração para que todos sejamos consagrados na verdade, porque a Palavra do Senhor é a verdade", concluíram. (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Este difícil trabalho foi qualificado pelo Diretor Internacional de Padroeiros das Artes nos Museus ...
 
As JMJ foram iniciadas por pelo Papa São João Paulo II que as instituiu em 1985. ...
 
No Recife, o templo localizado no bairro Casa Forte empossará no cargo Dom Limacêdo Antonio da Sil ...
 
O primeiro capítulo da série mostra o protocolo utilizado pela Guarda para acolher os chefes de Es ...
 
A iniciativa em memória do Padre Pelágio Sauter é celebrada juntamente com os Missionários Reden ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading